Vencedor do Inova Senai, dispositivo para troca automática de baterias poupa até 20% do tempo gasto com reposições manuais

Alice Assunção, Agência Indusnet Fiesp

Em 320 horas, Andréa Silva Pinto, Bruno Ribeiro Barbosa, Felipe Barros Rojo e Tatiane Lourenço de Siqueira arquitetaram e produziram um dispositivo para a troca de baterias de empilhadeiras que reduz em até 20% o tempo de troca pelo meio convencional. Os quatro jovens, com idades entre 17 e 19 anos, são alunos do Senai Mercedes-Benz, em São Bernardo do Campo, e venceram o Inova Senai deste ano na categoria Processos. A premiação envolve invenções dos alunos e professores do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de São Paulo (Senai-SP).

A iniciativa foi realizada em setembro de 2013, no Anhembi, durante a São Paulo Skills, maior competição do ensino profissionalizante do estado.

Os alunos desenvolveram o equipamento para a montadora Mercedes-Benz. O processo que antes era feito manualmente, com a ajuda de uma talha para suspender a bateria e levá-la ao recarregador, foi substituído por uma espécie de carro com rodas e trilhos fixados em uma mureta, além de quatro cilindros pneumáticos que erguem e encaixam a mesa de recarga na altura desejada e roletes que garantem um movimento mais livre das baterias de acordo com a altura e tamanho dos recarregadores.

O professor Valdir José Espíndola, orientador do grupo, explicou que o dispositivo é fruto de um projeto que o Senai de São Bernardo do Campo tem há  alguns anos com as fabricantes da região.

A equipe campeã da categoria Processos durante premiação no Inova Senai 2013, no Anhembi, com Paulo Skaf e Walter Vicioni. Foto: Arquivo Pessoal

A equipe campeã da categoria Processos durante premiação no Inova Senai 2013, no Anhembi, com Paulo Skaf e Walter Vicioni (ao centro). Foto: Arquivo Pessoal


“A gente identifica um problema na empresa e analisa se os nossos alunos têm condições de trabalhar com esse problema. Feito isso, chegamos a uma conclusão com o grupo”, afirmou Espíndola.  Ele calculou que a escola produz ao menos oito projetos por semestre, envolvendo cerca de 50 alunos no total.

Andréa é uma das 15 alunas da turma de Mecânica Produção Veicular que se forma em dezembro deste ano. De 48 alunos, 15 são meninas.

“Nosso projeto foi voltado para a Mercedes e a patente fica com a fábrica”, afirmou a aluna. “Provavelmente vou ser efetivada de aprendiz para funcionário na empresa”, completou.

Assim como Andréa, Tatiane também é aprendiz na montadora alemã e vislumbra uma posição melhor na empresa após vencer o Inova Senai. O pai e a irmã de Tatiane também trabalham na montadora.  “Eu espero ser efetivada também”, disse ela, que já se sente beneficiada por participar da disputa e ainda vencer o Inova Senai. “E a gente achou que não ia conseguir participar, pensamos que não daria tempo aprontar as máquinas”, disse ela sobre o equipamento que está sendo usado pela Mercedes-Benz desde 2012.

O dispositivo

A bateria de uma empilhadeira deve ser trocada a cada oito horas. Cada bateria pesa entre 350 e 480 quilos. Na operação manual, o funcionário conta apenas com uma talha para erguer a peça até uma espécie de raque onde elas são recarregadas.

Com o carro, o tempo de troca é reduzido em 20%. Além disso, contribui para que o “operário não corra riscos de acidentes”, segundo disseram os criadores.

De acordo com os cálculos dos alunos, o projeto do dispositivo automático para a troca de baterias custou R$ 15.351,14. Os gastos com materiais foram estimados em R$ 4.349,54, enquanto a mão de obra foi calculada em R$ 11.001,60.

Deseg/Fiesp realiza missão empresarial de segurança na Itália

Marília Carrera, Agência Indusnet Fiesp

Imagem relacionada a matéria - Id: 1545230879

Ricardo Lerner e Selma Migliori (do Deseg, ao centro), com Claudinei Freire (vice-presidente da Abese-BR), Jincai Yang, (presidente da Feira de Segurança de Shenzhen), Giuseppe Garri (gerente da Unidade de Tecnologia do Grupo Feira Milano) e Flávio Peres (diretor do Ciesp Marilia) e empresários da missão, na Feira Sicurezza 2012


O Departamento de Segurança (Deseg) da Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp) liderou um grupo de empreendedores do setor de segurança empresarial e monitoramento eletrônico durante uma missão realizada em Milão, na Itália, entre os dias 5 e 9 de novembro.

A missão teve como objetivo promover o conhecimento de tecnologias e processos em instalações como aeroportos, centros de comando e controle de arenas esportivas, além de promover relações institucionais e empresariais entre profissionais do ramo.

De acordo com diretor-titular do Deseg, Ricardo Lerner, cada vez mais a segurança tem sido demandada em nível estratégico nas organizações empresariais de qualquer setor industrial. “Ela está deixando de ser tratada como despesa e sendo devidamente classificada como investimento, tanto por seus colaboradores quanto nos demonstrativos e controles orçamentário”, explicou.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1545230879

Antonio Amato, subcomandate da Polícia de Milão, Selma Migliori, diretora do Deseg, Flávio Perez, diretor do Ciesp Marília e empresários integrantes da missão durante visita ao QG da Polícia de Estado da Itália, em Milão

Durante a missão empresarial de segurança, o grupo brasileiro teve a oportunidade de conferir e participar de reuniões da Feira Internacional de Segurança Sicurezza 2012, um dos principais eventos mundiais da indústria de segurança.

Lerner e a diretora do Deseg, Selma Migliori, conversaram com líderes internacionais do setor, como o gerente geral da Unidade de Tecnologia do Grupo Feira Miliano, Guiseppe Garri, e com a comitiva chinesa liderada pelo presidente da Shenzhen Security & Protection Industry Association, Jincai Yang, que apresentou a feira de segurança Shenzhen 2013.

Aproveitando o período de exposição da feira, o grupo brasileiro também fez visitas técnicas a organizações de segurança empresarial e entidades que prezam pela utilização de alta tecnologia no combate e prevenção a violações em seus estabelecimentos. Entre as quais, o Aeroporto de Malpensa, em Milão; a empresa de automação comercial e residência, Dummegi, no Estádio Giuseppe Meazza, em San Siro; a Questura di Milano, Polizia de Istato de Milão; e a empresa de monitoramento eletrônico de segurança, Axitea.

O Deseg/Fiesp contou com o apoio da Feira Milano e da agência para a promoção no exterior e internacionalização das empresas italianas (ICE – Escritório São Paulo) para a organização desta missão.

Abertura da Semana Nacional da Conciliação tem apoio da Fiesp e do Sesi-SP

Agência Indusnet Fiesp

Imagem relacionada a matéria - Id: 1545230879

Desembargador João Claudio Caldeira, representando o presidente da Fiesp, Paulo Skaf, durante abertura do evento. Foto: Everton Amaro.

Começou nesta quarta-feira (07/11) a Semana Nacional de Conciliação 2012, evento anual realizado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e tribunais regionais de todo o Brasil. Com o objetivo de reduzir o grande número de processos estocados na justiça brasileira, os tribunais selecionam os processos com possibilidade de acordo e intimam as partes envolvidas para a solução dos conflitos.

Com apoio da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e do Serviço Social da Indústria (Sesi-SP), a abertura do evento aconteceu no Salão de Atos Tiradentes, no Memorial da América Latina, em São Paulo, com a presença de diversas autoridades – entre elas, o desembargador Ivan Ricardo Garisio Sartori, presidente do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo

O desembargador João Claudio Caldeira representou no evento o presidente da Fiesp, Paulo Skaf, que cumpre missão no exterior.

Até o dia 14 de novembro, a população de São Paulo será atendida em um único lugar para ações que tramitam na Justiça Federal, Justiça Estadual, e poderá solucionar as lides na hora. Foi preparado um amplo espaço para receber a população no Parque Dr. Fernando Costa, localizado na Avenida Francisco Matarazzo, 455, no bairro da Água Branca – telefone: (11) 3865-4131.

As conciliações pretendidas durante a Semana são chamadas de processuais, ou seja, quando o caso já está na Justiça. No entanto, há outra forma de conciliação: a pré-processual ou informal, que ocorre antes do processo ser instaurado e o próprio interessado busca a solução do conflito com o auxílio de conciliadores e/ou juízes.

Segundo a assessoria de imprensa do CNJ, não há estimativa do número de audiências que serão realizadas este ano. Em 2011, foram realizadas cerca de 350 mil audiências que atenderam 780 mil pessoas em 54 tribunais participantes.

Veja o vídeo institucional da Semana de Conciliação:

FecomercioSP e Cietec realizam a Expocietec 2012 em outubro

Agência Indusnet Fiesp

A inovação e o empreendedorismo estão em alta no Brasil. Parte da sociedade começou a perceber que a consolidação do crescimento do País está atrelada ao desenvolvimento de produtos e serviços com valor agregado, com marcas, patentes, tecnologias e processos nacionais.

No intuito de fomentar este crescimento, a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), em parceria com o Centro de Inovação, Empreendedorismo e Tecnologia (Cietec), realiza no dias 15 e 16 de outubro a Expocietec 2012, na sede da FecomercioSP.

O objetivo do encontro é desenvolver o ambiente de negócios para as micro e pequenas empresas de base tecnológica e ressaltar a importância de iniciativas inovadoras. O evento vai contar com a participação de empresas expositoras ligadas aos setores de meio ambiente, medicina e saúde, eletroeletrônicos, química, tecnologia da informação e biotecnologia, além de incubadoras e parques tecnológicos de São Paulo e de outros Estados.

A programação do evento contará com uma Rodada de Negócios, na qual os empreendedores participantes da Expocietec 2012 apresentarão seus produtos e serviços para potenciais clientes, em SeedForum, com foco em investidores e a Conferência, cujo tema central é “O Mapa da Inovação na Micro e Pequena Empresa”.

Para mais informações, acesse: www.expocietec.com.br

Serviço
Evento: Expocietc 2012
Datas: 15 e 16 de outubro de 2012
Local: Na sede da FecomercioSP – Rua Doutor Plínio Barreto, 285, Bela Vista, capital