Senai São Paulo Design anuncia vencedores do prêmio de excelência

Rosângela Gallardo, Agência Indusnet Fiesp

Trinta e cinco trabalhos da indústria paulista dentre os 53 selecionados pela comissão julgadora do primeiro Prêmio Senai-SP Excellence Design foram laureados no Teatro do Sesi São Paulo, na noite desta segunda-feira (8).

Concebido e idealizado pelo Senai-SP, o prêmio tem por objetivo promover produtos e projetos desenvolvidos por empresas do estado que apresentam o design como elemento aliado à inovação, funcionalidade e competitividade.

No total, foram distribuídos 40 troféus, sendo 35 deles representando ouro, prata e bronze em quatro categorias principais – Ambientes, Corpo, Inter-relações e Transformação – e cinco para as modalidades especiais Design Sustentável, Design Universal, Material, Inovação e Voto Popular. Este último escolhido pelo público ao longo de três meses, via site da entidade.

Na opinião de Walter Vicioni, diretor regional do Senai-SP e superintendente operacional do Senai-SP, os investimentos em design se revertem em maior competitividade para a indústria, especialmente em um país de economia aberta, como é o caso do Brasil.

Formação e oportunidades

“O design e a inovação são diferenciais para se alcançar os mercados internacionais, mas para que isso se torne realidade é preciso investir na formação das pessoas e na educação de qualidade”, afirmou.

Vicioni concluiu sua fala afirmando que o Senai-SP e o Sesi-SP formam um sistema educacional que apoia e valoriza esse segmento. “Nossa meta é contribuir para que o Brasil tenha sua própria marca, identificada e valorizada no exterior.”

Pierangelo Rossetti, coordenador do Conselho do Senai São Paulo Design, destacou o valor agregado criado pelo design. “No ano passado, o design de luxo acessível movimentou no mundo US$ 600 bilhões e o de luxo médio alto, mais de US$ 380 bilhões, totalizando US$ 980 bilhões. Isto mostra a amplitude desse mercado, que compreende sapatos, roupas, mobiliário, eletrodomésticos, construção, decoração e produtos para o lar”, destacou.

Pierangelo lembrou, ainda, que no ano passado foram solicitados mais de 90 mil pedidos de patentes de design em âmbito mundial e que neste ano estimasse-se que os pedidos do gênero cheguem a 120 mil. “O design é um mundo maravilhoso de fantasia, mas também um oásis de oportunidade”, opinou.

Clique aqui para conhecer os vencedores ouro, prata e bronze das categorias Ambientes, Corpo, Inter-relações e Transformação:

Produtos com premiação dupla

  • Validador Iconn (Trends Engenharia e Tecnologia), desenvolvido pela Questto Design, ouro na categoria Inter-relações e vencedor na categoria especial Design Universal;

  • Torneira com Filtro Twinn (Deca), desenvolvido por Ana Lúcia de Lima Pontes, Orlovitz e Luiz Moquiuti Morales, ouro na categoria ambiente e ganhador do Prêmio Especial Inovação;

  • Café do Ponto Safra Especial (Sara Lee Cafés do Brasil), desenvolvido por Benchmark Design Total, vencedor da prata na categoria Inter-relações e do prêmio especial Design Sustentável;

  • Roda S183 – Linha Silício 7 (Scorro Indústria e Comércio), desenvolvido pela Questto Design, que levou a prata na categoria Inter-relações e o prêmio especial Material;

  • Fiber Garden (Fasa Indústria Comercio de Importação), desenvolvido pela equipe Fasa de criação, ganhador da prata na categoria Ambiente e do prêmio especial Voto Popular.