Autor da peça Pororoca concorre ao prêmio CPT 2010

Por Karina Silva

O dramaturgo maranhense Zen Salles, que integrou a segunda turma do Núcleo de Dramaturgia Sesi-British Council, é um dos indicados ao Prêmio Cooperativa Paulista de Teatro 2010, pelo texto Pororoca.

A peça foi escrita durante as atividades do Núcleo, sob orientação da dramaturga e jornalista Marici Salomão. Pororoca foi selecionada para montagem, escolhida entre os 12 textos finalizados pelos participantes da segunda turma.

Salles concorre com outros importantes autores, como Luís Alberto de Abreu e Rogério Toscano, na categoria Dramaturgia – Criação individual ou coletiva em espetáculo apresentado em sala convencional, rua ou espaço não convencional.

O anúncio e a entrega do prêmio serão realizados no dia sete de fevereiro, no Teatro Coletivo – Rua da Consolação, 1623, São Paulo, Capital.

Lendas e mitos

No texto, inspirado em lendas e mitos brasileiros, o autor apresenta personagens marcantes e trilha sonora composta por canções populares maranhenses tocadas ao vivo. A peça retrata o impacto e as transformações que a Pororoca – ou “onda destruidora”, no dialeto indígena – causa nos ribeirinhos de Mearim.

Pororoca teve lotação de público durante temporada no Mezanino do Centro Cultural Fiesp – Ruth Cardoso, entre setembro e novembro de 2010. Quase 3.000 pessoas assistiram ao espetáculo do jovem autor, cujo texto ganhou a direção de Sério Ferrara e um elenco de batutas, como Juçara Freire e Rogério Brito. A peça terá reestreia em fevereiro, de quinta-feira a domingo, no Teatro do Sesi.

Mais informações pelo telefone (11) 3146-7406.