Sesi-SP assina PAF com prefeitura de São Caetano do Sul para atender 500 alunos

Guilherme Abati, Agência Indusnet Fiesp, de São Caetano do Sul

O Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) e a prefeitura de São Caetano do Sul firmaram no início da tarde desta quinta-feira (22/05), na sede do governo municipal da cidade do ABC paulista, convênio para o desenvolvimento do Programa Atleta do Futuro (PAF) no município.

No total, a iniciativa vai atender 500 alunos da rede municipal de ensino com vivências nas modalidades esportivas futebol, futsal, vôlei e natação. Em uma fase inicial, 300 alunos participam das atividades.

O acordo foi oficializado em solenidade que contou com a presença do presidente do Sesi-SP e da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf.

Na ocasião, o presidente ressaltou a importância do esporte para o desenvolvimento humano. “Esporte educa, é saúde. É fundamental que cada vez mais jovens pratiquem esporte. Hoje já são 100 mil alunos que participam do programa”, afirmou.

Skaf (sentado, à direita): “Esporte educa, é saúde. É fundamental que cada vez mais jovens pratiquem esporte.” Foto: Ayrton Vignola/Fiesp

Skaf (sentado, à direita): “Esporte educa, é saúde. É fundamental que cada vez mais jovens pratiquem esporte.” Foto: Ayrton Vignola/Fiesp

 

“Na gestão de Paulo Skaf, foi criada a possibilidade de transferência tecnológica entre o Sesi-SP e as escolas dos municípios do Estado de São Paulo, dessa maneira, o Sesi-SP pode atender um número maior de jovens”, explicou o diretor de Esporte e Qualidade de Vida do Sesi-SP, Alexandre Pflug.

O prefeito da cidade, Paulo Pinheiro, comemorou a parceria e agradeceu a Skaf pelo “belo trabalho” realizado à frente do Sesi-SP e do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de São Paulo (Senai-SP).

Para o vereador José Roberto Xavier, a “comunhão com o Sesi-SP engrandecerá ainda mais a cidade”.

Visita à obra do Senai-SP

Após a formalização do PAF, Skaf visitou as obras da nova unidade do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de São Paulo (Senai-SP) em São Caetano do Sul.

A escola substituirá a unidade atual e ampliará o atendimento nas áreas de mecatrônica e mecânica de manutenção. A previsão de investimentos é de R$ 52,1 milhões.