Fiesp participa das negociações climáticas pré-COP18

Lucas Alves, Agência Indusnet Fiesp

A Convenção-Quadro da Organização das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (para a sigla em inglês UNFCCC) voltará a se reunir, nesta semana, com a árdua tarefa de construir as bases de um acordo para o segundo período de compromissos do Protocolo de Quioto (KP).

O resultado deverá ser validado pelos países-membros da ONU no final deste ano, durante a COP18, que será realizada no Qatar.

“É preciso acompanhar as circunstâncias em que se dará o acordo do novo período de Quioto e os possíveis impactos para o setor produtivo brasileiro”, afirma o segundo vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e presidente do Comitê de Mudança do Clima da entidade, João Guilherme Sabino Ometto.

A reunião em Bangkok também deverá definir a extensão do mandato dos grupos de trabalho que discutem o Protocolo de Quioto e os Compromissos de Longo Prazo (LCA, em inglês) dos países e a implementação da Plataforma de Durban, definida na última Conferência do Clima, realizada em dezembro do ano passado, na África do Sul.

“Vamos acompanhar as discussões da implementação das iniciativas previstas na Plataforma de Durban e analisar a posição do Brasil na construção deste futuro acordo”, destaca Ometto.