Diretor da Fiesp elogia novo sistema para fechamento de empresas

Patrícia Ribeiro, Agência Indusnet Fiesp

Lançado na quinta-feira (27/2), o novo Sistema Nacional de Baixa Integrada deve agilizar o processo de encerramento de uma empresa faz parte esforços do governo federal para desburocratizar processos de abertura e fechamento de pequenas e médias organizações.

“Fechar uma empresa no Brasil era quase impossível. Agora temos uma maneira bem mais facilitada. Estamos na direção certa”, afirmou Milton Bogus, diretor do Departamento da Micro e Pequena Indústria (Dempi) da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

A nova plataforma não exige certidões negativas para concluir a baixa no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ). Segundo o novo regulamento em uso desde o ano passado, qualquer débito ligado ao CNPJ é transferido para o Cadastro de Pessoa Física (CPF) do responsável pela organização.