Seminário Finanças e Financiamento – Viabilizando o investimento na PME_17.11.14

Confira as apresentações

SEMINÁRIO FINANÇAS E FINANCIAMENTO:
Viabilizando o Investimento na Pequena e Média Empresa

realizado no dia 17/11/2014 na sede da Fiesp.


Programa realizado:

Abertura do Seminário
Carlos Bittencourt, Diretor do Departamento da Micro, Pequena e Média Indústria

Contextualização: “A Relação do Crédito com as Pequenas e Médias Empresas”

  • Flavio Vital, Assessor de Projetos do Departamento da Micro, Pequena e Média Indústria
  • Profa. Dariane Castanheira, Fundação Instituto de Administração – FIA

Palestra: Soluções do BNDES para Pequenas e Médias

  • Ricardo Garcia, Gerente do BNDES
  • Rafael Petrocelli, Economista do BNDES

A Estratégia dos Bancos para Atender às PMEs
Moderador: Claudio Luis Miquelin, Diretor do Departamento da Micro, Pequena e Média Indústria

Palestrantes:

  • Paula Figueiredo Pulcinelli, Superintendente de Repasses do Banco Santander
  • Carlos Eduardo Ferron Rossi, Superintendente de Produtos do Banco Santander
  • Eduardo Tadeu Saggiorato, Superintendente de Negócios da Desenvolve SP
  • José Ramos Rocha Neto, Diretor Departamental de Empréstimos e Financiamentos do Bradesco

Finanças: Organizando as Informações Empresariais
Moderador: Paulo Carvalho, Diretor do Departamento da Micro, Pequena e Média Indústria

  • Flavio Vital, Assessor de Projetos do Departamento da Micro, Pequena e Média Indústria
  • Profa. Dariane Castanheira, Fundação Instituto de Administração – FIA

Acesse ao lado a apresentação de seu interesse e faça o download.

Sala de crédito atende representantes de empresas de micro, pequeno e médio porte

Ariett Gouveia, Agência Indusnet Fiesp

Em sua última edição em 2014, a Sala de Crédito da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) alcançou seus objetivos, atendendo nesta segunda-feira (17/11) a cerca de 60 empresários de empreendimentos de pequeno e médio porte em busca de informação sobre linhas de financiamento.

Realizado pelo Departamento da Micro, Pequena e Média Indústria (Dempi) da entidade, o evento reúne instituições como Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Bradesco, Santander e Agência de Fomento Desenvolve SP.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540127151

Empresários tiveram oportunidade de reunir-se com diversos agentes financeiros em um só espaço. Foto: Helcio Nagamine/Fiesp


Além de informar e orientar sobre linhas de financiamento de longo prazo, a Sala de Crédito tem como objetivo facilitar o acesso ao crédito para as micro, pequenas e médias indústrias. Tudo associado a uma orientação estratégica para as demandas de financiamento, seja quanto a aquisição de equipamentos; construção ou reforma de instalações; projetos de pesquisas e desenvolvimento; exportação; projetos de sustentabilidade; e capital de giro e compra de matéria-prima.

“Recebemos médias empresas que, mesmo com a perspectiva negativas para o ano que vem, vieram procurar financiamento para expandir seus negócios, que é um dos principais focos da Sala de Crédito: mostrar como fazer esse tipo de operação e qual a linha de crédito mais adequada”, conta o analista de projetos do Dempi, Valdair Tonon.

Segundo ele, é possível fazer uma composição das opções, para fazer o melhor atendimento possível ao empresário. “Tivemos a visita de uma empresa em busca de financiamento para relocalização, porque não tem mais espaço para crescer em São Paulo e vai criar mais uma unidade no interior. Fizemos uma combinação de duas linhas de financiamento para poder atendê-la.”

A próxima edição da Sala de Crédito está prevista para março de 2015.

Mudanças no Simples Nacional beneficiam micro e pequenas empresas

Agência Indusnet Fiesp 

De acordo com as mudanças das Resoluções 96 e 97, a partir de agora, as empresas poderão contar com a prorrogação para pagamentos de tributos para a apresentação da declaração anual. O prazo dos tributos relativos a janeiro e que venceriam em 20 de fevereiro também foi prorrogado. Com a medida, o empresário tem até o dia 12 de março para quitar seus débitos.

Outra decisão, tomada pelo Comitê Gestor do Simples Nacional, que beneficiará as empresas é a mudança nas datas de vencimento de tributos de empresas localizadas em municípios abrangidos pelo decreto estadual que tenham reconhecido estado de calamidade pública. Para esses casos, os vencimentos dos impostos ficam prorrogados para o último dia útil do sexto mês subsequente ao do vencimento original. Entenda as mudanças das Resoluções 96 e 97, que estão sendo encaminhadas para publicação no Diário Oficial da União.

a) Os tributos do Simples Nacional relativos ao período de apuração janeiro/2012 poderão ser pagos até 12/03/2012. O aplicativo de cálculo, denominado PGDAS-D, estará disponível em 05/03/2012;

Esse prazo é válido também para o Microempreendedor Individual (MEI). Caso o MEI queira aproveitar o Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS) que porventura tenha emitido, relativo ao mês de janeiro/2012, poderá quitá-lo, desde que até o vencimento original (20/02/2012). Na hipótese de querer usufruir do novo prazo, deverá aguardar a atualização dos sistemas para emitir novamente a guia de pagamento.

b) A DASN-2012, relativa ao ano-calendário 2011, poderá ser entregue pela ME ou EPP até 16/04/2012. O aplicativo estará disponível em 01/03/2012.

O prazo de entrega da DASN-SIMEI relativa ao ano-calendário 2011 não foi alterado, devendo tal declaração ser entregue pelo MEI até 31/05/2011.