Localização, infraestrutura e mão de obra são atrativos da Pensilvânia para investimentos brasileiros, afirma governador do estado

Guilherme Abati, Agência Indusnet Fiesp

Thomas Corbett apresentou as vantagens competitivas do estado americano durante encontro. (Foto: Julia Moraes)

“A Pensilvânia é a melhor opção para empresas brasileiras que querem investir e prosperar no mercado americano”, afirmou o governador do estado, Thomas Corbett, que esteve presente no seminário “Oportunidades de Negócios no Estado da Pensilvânia”, realizado nesta quinta-feira (11/04), na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), em São Paulo.

No encontro com empresários, Corbett apresentou as oportunidades de investimentos existentes na região e as possibilidades de cooperação entre o estado e empresas brasileiras. “O objetivo de nossa visita é aproximar as relações entre a Pensilvânia, São Paulo e o Brasil. É uma honra estar aqui falando em nome dos cidadãos e da indústria do meu estado”, disse.

Segundo Corbett, vários motivos fazem da Pensilvânia o lugar ideal para investimentos de empresas do Brasil. “Nossa localização é estratégica, estamos muito próximos dos principais mercados americanos. Temos também um sistema educacional forte, que forma mão de obra não apenas qualificada, como educada e produtiva”, disse.

Logo após o governador, o secretário de comércio Alan Walker procurou demostrar o poder econômico da unidade federativa. “Nossa economia girará, em 2013, em torno de 600 bilhões de dólares. O que faz do nosso estado a sexta maior economia dos Estados Unidos. Se fossemos um país, estaríamos no G20”, disse.

Segundo Walker, o estado é o portão de entrada para qualquer empresa que queira obter sucesso no mercado americano. “Temos o pacote completo para as empresas que querem prosperar. Nossa rede de transportes torna o escoamento da produção eficaz e rápida. Estamos ao lado de importantes faculdades e centros de pesquisa e temos inúmeras assistências e facilidades financeiras para empresas interessadas. A Pensilvânia é um ótimo local para investimentos – e será ainda mais no futuro”, finalizou.

Na abertura do encontro, o embaixador Rubens Barbosa, presidente do Conselho Superior de Comércio Exterior (Coscex) da Fiesp, agradeceu a presença do governador Corbett e de sua delegação. “Em nome do presidente Paulo Skaf, dou as boas vindas. Tenho certeza que as conversas que aqui ocorrerão serão fundamentais para a formação de parcerias proveitosas e para o aumento da interação entre as empresas da Pensilvânia e do Brasil”, disse.

Além de Barbosa, participaram do encontro Dennis Hankins (cônsul geral dos Estados Unidos em São Paulo) e Mauro Oliveira (vice-presidente da Ci&T, empresa brasileira de tecnologia que opera na Pensilvânia).