Escolas do Sesi-SP são fábricas de bons brasileiros, diz Skaf em Penápolis

Agência Indusnet Fiesp

Na inauguração da Escola Sesi de Penápolis, neste sábado (19 de agosto), o presidente da Fiesp, do Senai-SP e do Sesi-SP, Paulo Skaf, destacou a importância do projeto de educação completa. “As escolas do Sesi-SP são fábricas de bons brasileiros.” O investimento na nova unidade foi de R$ 19,4 milhões.

Skaf também assinou convênio de desenvolvimento esportivo do Programa Sesi-SP Atleta do Futuro, que tem como parceiros a Prefeitura Municipal de Penápolis e a Retesp Indústria de Vedantes. Serão beneficiadas 1.140 crianças e adolescentes de 6 a 17 anos, que poderão praticar badminton, capoeira, natação e voleibol. Ainda na tarde de sábado, o presidente da Fiesp, Sesi-SP e Senai-SP  assinou convênio do Programa Sesi-SP Atleta do Futuro com a prefeitura de Birigui e com a Sameka Modas, parceiros no programa, que beneficiará 65 alunos na modalidade de ginástica artística.

A Escola Sesi de Penápolis tem 12 salas de aula, um laboratório de informática, um de física, um de química e biologia e um de ciências e tecnologia. Também há biblioteca escolar com acervo atualizado e duas áreas de convivência. Completando a estrutura, há refeitório com cozinha e despensa, quadra poliesportiva coberta e vestiários.

Esses modernos ambientes pedagógicos foram projetados para oferecer educação de qualidade a todos os alunos. A escola oferece Ensino Fundamental em tempo integral do 1° ao 5º ano, o que permite que os alunos permaneçam nos períodos da manhã e tarde na escola realizando vivências de esporte, arte, cultura e tecnologia, e recebem refeições diárias compostas de café da manhã, almoço e lanche da tarde. Dos 371 estudantes atendidos, 289 estão no Ensino Fundamental e 82 no Ensino Médio.

O prefeito de Penápolis, Célio de Oliveira (PSDB), destacou que a nova escola do Sesi-SP é a maior unidade escolar do município. Oliveira estudou no Sesi-SP, e agora seu filho frequenta a escola. Todo mundo quer estudar no Sesi-SP, disse o prefeito. “É um momento histórico para Penápolis” a entrega de um projeto do porte a nova escola do Sesi-SP.

Também lembrou que Penápolis usa o Sistema Sesi-SP de Ensino nas escolas municipais. “Brigamos pelo Sistema Sesi nas nossas escolas. O Sesi tem uma história com a gente, temos uma história com o Sesi. Para nós é um prazer ter uma parceria com uma instituição assim.”

Imagem relacionada a matéria - Id: 1539857676

Paulo Skaf na inauguração de escola do Sesi-SP em Penápolis. Foto: Everton Amaro/Fiesp


Birigui

O projeto Praças do Amanhã levou a Birigui neste sábado (19 de agosto) diversas atividades de lazer, esporte e cultura, além de todo o romantismo do cantor Daniel em show gratuito. O projeto itinerante, que percorre todo o Estado de São Paulo desde maio deste ano, é uma oportunidade para que a população conheça de perto os programas do Sesi-SP e Senai-SP nas áreas de educação, lazer, cultura, esporte e ensino profissionalizante.

Um exemplo de atividades interativas oferecidas está na Escola Móvel Senai de Nanotecnologia, com jogos, microscópios eletrônicos e equipamentos de alta tecnologia. A ideia é mostrar na prática exemplos de como a indústria utiliza a nanociência para fabricar novos produtos e serviços.

Dicas de como manter uma dieta saudável e equilibrada ficaram a cargo da equipe da unidade móvel Sesi de Alimentação. E a equipe do Senai-SP esclareceu dúvidas sobre carreiras e mercado de trabalho.

E para fechar o dia com chave de ouro, o cantor Daniel subiu ao palco do Praças do Amanhã.

‘Temos as melhores escolas de ensino médio e fundamental’, diz Paulo Skaf em visita a São José do Rio Preto

Agência Indusnet Fiesp

Em viagem ao interior paulista para visitar obras de escolas do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP), o presidente da Fiesp e do Sesi-SP, Paulo Skaf, ainda aproveitou para conversar com pais e alunos. Na manhã desta quinta-feira (26/01), Skaf esteve em Penápolis (a 481 quilômetros da capital), reservando a tarde para compromissos em São José do Rio Preto (a 440 quilômetros da capital).

Em São José do Rio Preto, esteve na obra do Centro de Atividades (CAT) local. “As chuvas reduziram o ritmo das obras, mas há expectativa de término até o final do mês de março”, disse Skaf. “Temos as melhores escolas de ensino médio e fundamental, damos aos alunos a possibilidade de formação completa de sala de aula, laboratórios, esportes e atividades culturais”, afirmou.

Já as reuniões com pais e alunos da rede foram pensadas “para ter certeza de que, além das instalações, se na visão de pais e alunos há algo para ser melhorado”.

Outra agenda prevista para a tarde desta quinta-feira (26/01) era discutir parcerias entre a indústria paulista e a prefeitura de São José do Rio Preto. “Podemos implantar o Sistema Sesi-SP de Ensino na rede municipal e o Programa Atleta do Futuro (PAF), que podemos fazer em parceria”, disse. “Outra possibilidade é pensar em ações com o Senai-SP focando a formação profissional”.

Paulo Skaf Visita obra do CAT de Ribeirão Preto

Skaf visita obra do CAT de São José do Rio Preto: referência em ensino, lazer e esporte. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp


Município de Penápolis renova convênio com o Programa Atleta do Futuro do Sesi-SP

Juan Saavedra, Agência Indusnet Fiesp, de Penapólis

Imagem relacionada a matéria - Id: 1539857676

Renovado convenio do Programa Atleta do Futuro em Penapolis. Foto: Tamna Waqued/FIESP

Na Câmara Municipal de Penápolis, o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP), Paulo Skaf, assinou no final da tarde de sexta-feira (16/05) a renovação do convênio do Programa Atleta do Futuro (PAF), com o prefeito do município de Penápolis, Célio de Oliveira.

Com o acordo, o programa para o desenvolvimento de formação esportiva vai atender um total de 270 alunos da rede pública, que praticarão natação, futebol, karatê, basquete, voleibol e judô.

Presente na solenidade, o vereador Reginaldo Sacomani elogiou a plataforma educacional do Sesi-SP. “Ficamos mais felizes quando o prefeito trouxe o Sistema Sesi-SP de Ensino para Penápolis. E hoje temos a alegria de tê-lo como cidadão penapolense”, disse Sacomani.

Em seu discurso, Celio de Oliveira afirmou que o município teve a coragem de adotar o Sistema Sesi-SP de Ensino e destacou que a cidade é boa para fazer parcerias e pediu ao presidente da Fiesp que aumente a presença local do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de São Paulo (Senai-SP).

Em suas palavras, Skaf  ressaltou  que o principal é que as pessoas tenham oportunidades. “Ninguém precisa de favor. O que se precisa é de oportunidade. E a melhor forma de dar oportunidade é através da educação.”

Com relação ao pedido do prefeito, Skaf encarregou um funcionário do Senai-SP na região de promover uma atualização dos equipamentos do centro de treinamento na cidade. “A demanda que tiver de mão de obra, o Senai-SP deve atender”, assinalou, explicando que esse atendimento pode se dar por meio de escolas móveis, cursos em chão de fábrica ou em canteiros de obras ou pelo próprio centro de treinamento. “No momento em que houver uma demanda constante específica, esse centro de treinamento pode caminhar para uma escola.”

Momentos antes, Skaf visitou as obras da nova escola do Sesi-SP. Depois de cumprimentar pedreiros e visitar o espaço em fase de acabamento, Skaf pediu que seja avaliada a possibilidade de construir um campo de futebol society, com grama sintética, em espaço disponível nas proximidades dos vestiários da quadra poliesportiva. O espaço restante fica para paisagismo e uma possível ampliação no futuro.

A abertura está programada para o segundo semestre e o ensino em tempo integral será implantado a partir de 2015, do primeiro ao nono ano.

Na Fiesp, prefeituras de Cajati e Penápolis assinam convênio para implantação do Sistema Sesi-SP de Ensino

Guilherme Abati, Agência Indusnet Fiesp

O Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) e as prefeituras municipais de Cajati e Penápolis assinaram, na tarde desta terça-feira (17/12), na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), um convênio para a implantação do Sistema Sesi-SP de Ensino.

Participam da solenidade Paulo Skaf, presidente do Sesi-SP e da Fiesp, Walter Vicioni Gonçalves, superintendente do Sesi-SP e diretor regional do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de São Paulo (Senai-SP), Luiz Henrique Koga, prefeito de Cajati, Célio José de Oliveira, prefeito de Penápolis, e autoridades da área de educação dos dois municípios.

Antes da assinatura do convênio, Skaf ressaltou a importância da educação. “Esses convênios são contribuições importantes para a melhoria educacional no estado de São Paulo”, analisou.

Para ele, o convênio é um passo importante para as duas cidades. “Serão 34 escolas em Cajati que receberão o Sistema Sesi-SP de Ensino a partir de fevereiro de 2014, com 3.516 alunos. E 24 escolas em Penápolis, beneficiando 3.700 alunos”, informou.

Os diretores do Departamento de Ação Regional (Depar), Samir Nakad (da regional de Araçatuba) e Carlos Alberto Puzzi (da regional de Registro) realizaram forte articulação junto às prefeituras, no intuito de divulgar o Sistema Sesi de Ensino.

Da esquerda para a direita: Koga, Skaf, Oliveira e Vicioni Gonçalves: em nome da educação. Foto: Tâmna Waqued/Fiesp

Da esquerda para a direita: Koga, Skaf, Oliveira e Vicioni Gonçalves: parceria pela educação. Foto: Tâmna Waqued/Fiesp

Segundo Vicioni Gonçalves, o acordo beneficiará muito as regiões. “Teremos escolas públicas de muita qualidade nos dois locais”, afirmou. Segundo Vicioni, em 2014, o sistema de ensino do Sesi estará presente em 196 escolas, atendendo mais de 39 mil alunos.

Cajati

Para o prefeito de Cajati, o convênio assinado representa um grande avanço para o município. “Aproveitaremos muito essa benéfica ferramenta que nos foi dada. Tenho certeza que o projeto dará um futuro melhor para a nossa população”, disse Koga.

Para Carlos Alberto Puzzi, diretor titular do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp) e da Fiesp no Vale do Ribeira, esse será o primeiro de muitos novos convênios entre o Sesi-SP e as cidades da região. “Esperamos uma melhoria notável no ensino das escolas de Cajati. E também que essa seja a primeira de muitas prefeituras do Vale do Ribeira a realizarem esta parceria”, disse.

Puzzi: “Esperamos uma melhoria notável no ensino das escolas de Cajati. E também que essa seja a primeira de muitas prefeituras do Vale do Ribeira a realizarem esta parceria”. Foto: Tâmna Waqued/Fiesp

Puzzi: “ Que essa seja a primeira de muitas prefeituras a realizarem esta parceria”. Foto: Tâmna Waqued/Fiesp

Penápolis

Segundo Célio José de Oliveira, prefeito de Penápolis, dez escolas do ensino fundamental e 14 pré-escolas da cidade receberão o sistema Sesi-SP de ensino. “Será um benefício para milhares de pessoas”, afirmou.

Para o prefeito, a cidade de Penápolis passa a ser uma semente que gerará frutos na região noroeste do estado de São Paulo. “Tenho certeza de que, a partir do exemplo da nossa cidade, muitas municípios do interior paulista passarão a incorporar esse método educacional em suas escolas”, afirmou Oliveira.


Sesi-SP e prefeituras municipais de Cajati e Penápolis assinam convênio para implantação do Sistema Sesi de Ensino nesta terça-feira (17/12)

Agência Indusnet Fiesp

O Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) e as prefeituras municipais de Cajati, que integra o Vale do Ribeira, e Penápolis, localizada na região administrativa de Araçatuba, assinam nesta terça-feira (17/12), na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), convênio para a implantação do Sistema Sesi de Ensino.

Participam da solenidade Paulo Skaf, presidente do Sesi-SP e da Fiesp; Walter Vicioni Gonçalves, superintendente do Sesi-SP e diretor regional do Senai-SP; Luiz Henrique Koga, prefeito de Cajati; Célio José de Oliveira, prefeito de Penápolis; e autoridades da área de educação dos dois municípios.

Em Cajati, o Sistema atenderá 34 escolas municipais e serão beneficiados 3.516 alunos. A implantação também envolverá 33 gestores e 181 professores do município. Esses profissionais receberão 159 horas de capacitação.

No município de Penápolis, o Sistema será adotado em 24 escolas, beneficiando 3.700 alunos. A capacitação envolverá 40 gestores e 187 professores da cidade que terão 159 horas de acompanhamento técnico.

Com o Sistema Sesi-SP de Ensino as duas cidades receberão o know-how pedagógico e educacional do Sesi-SP, o que permitirá a transferência tecnológica do modelo educacional desenvolvido pela entidade em todo o estado.

Atualmente, o a entidade mantém convênios com 14 municípios, o que significa 193 escolas atendidas, mais de 39 mil alunos de escolas municipais beneficiados e 403 gestores envolvidos.

Diferentemente de outros programas existentes, o Sistema Sesi-SP de Ensino não se limita à entrega do material didático e à capacitação de docentes. O modelo oferecido às prefeituras contempla a formação da equipe gestora e a realização de reuniões periódicas com o secretário de Educação de cada cidade, além do acompanhamento de todo o processo de implantação do Sistema nas escolas dos municípios.