Atleta do Sesi-SP brilha em vitória da seleção brasileira feminina de vôlei sentado

Agência Indusnet Fiesp, com informações do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB)

A Seleção Brasileira Feminina de Vôlei Sentado, que conta com seis atletas do Sesi-SP, venceu a Eslovênia, por 3 sets a 2 (25/17, 30/28, 19/25, 21/25 e 15/7), na tarde do domingo (02/09), e obteve a primeira vitória do Brasil nesta categoria em uma Paralimpíada.

O técnico do Sesi-SP e da seleção brasileira, Ronaldo Gonçalves, ficou satisfeito com o desempenho das atletas. “Esta é a primeira participação do Brasil no voleibol sentado feminino e muitos dirigentes elogiaram a nossa equipe. Hoje temos um time muito competitivo e que vai dar trabalho no futuro”, avaliou Gonçalves.

O destaque da partida foi a atleta do Sesi-SP, Jana, a maior pontuadora da partida, com 32 bolas no chão. “Somos um time que disputa a primeira paralimpíada e as meninas sentiram um pouco essa coisa de jogar com casa cheia. Ficamos ansiosas demais para esse jogo por causa da história com a Eslovênia, mas tivemos garra para sair daqui com uma vitória que mostra o nosso valor”, explicou a atacante, de 35 anos ao site do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB).

Nos últimos dois jogos contra as eslovenas, o time brasileiro perdeu no tie-break, o que tornou a partida do domingo bastante disputada. Apesar de ter vencido o primeiro set com facilidade, a seleção brasileira teve dificuldade em fechar os dois sets seguintes.

O próximo jogo do Brasil é contra o antigo rival EUA, nesta segunda-feira (03/09), às 15h30, e garante vaga na próxima fase.

Brasil x China
No sábado (07/09), a seleção brasileira perdeu a partida contra a China por 3 sets a 1.
O Brasil dominou o terceiro set, mas a seleção chinesa venceu o jogo.

Brasil x EUA 
A seleção brasileira perdeu a partida desta segunda-feira (03/09) contra as rivais norte-americanas por 3 sets a 0.

Veja outras notícias no site do Sesi em Londres: http://www.sesisp.org.br/esporte/equipes-do-sesi/sesi-em-londres.html

Paralimpíadas de Londres: 10 atletas do Sesi-SP disputam medalhas em atletismo, vôlei sentado e bocha

Lucas Dantas, Agência Indusnet Fiesp

Chegou a hora dos atletas paralímpicos. Duas semanas após o término das Olimpíadas de Londres, a capital britânica abre suas portas para aqueles que, além de uma medalha, buscam vitórias pessoais e de superação na maior coleção de histórias emocionantes que só o esporte pode proporcionar.

Nesta quarta-feira (29/08) começa a XIV Paralimpíada e o Brasil está motivado para superar as 47 medalhas obtidas em Pequim (2008). Com 182 atletas, o Brasil será o país com maior participação nos esportes coletivos:

  • Futebol de 5 (deficientes visuais);
  • Futebol de 7 (paralisados cerebrais);
  • Golbol Masculino e Feminino;
  • Basquete em Cadeira de Rodas Feminino;
  • Vôlei Sentado Masculino e Feminino.

Das competições coletivas, o Brasil não terá equipe apenas no Rúgbi e no Basquete em Cadeira de Rodas Masculino.

Seguindo a meta de desenvolver o esporte no Brasil formando atletas em diversas modalidades, o Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) teve dez atletas convocados para as Paralimpíadas.

São eles: Luciano dos Santos Pereira (salto triplo, lançamento de disco e de peso); Marco Aurélio Lima Borges (lançamento de disco e de peso); Luísa Lisboa dos Reis (bocha); Carlos Augusto Barbosa (voleibol sentado masculino); e seis nomes do voleibol sentado feminino (Aderlandi Borges da Silva, Ana Paula de Araújo Alves, Gilvania José de Lima, Janaina Petit Cunha, Nathalie Filomena de Lima Silva e Suellen Cristine Dellangelica Lima).

Além dos atletas, também foram convocados o técnico de vôlei sentado feminino, Ronaldo Gonçalves de Oliveira, e seu assistente, Celio César Mediato.

Segundo o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e do Sesi-SP, Paulo Skaf, a convocação é prova do trabalho bem feito. Ele ressaltou ainda a lição de vida que os atletas paralímpicos revelam com suas conquistas diárias.

“Essas pessoas passaram por adversidades em suas vidas, mas com muita força de vontade conseguiram superar os obstáculos e foram convocadas para a principal competição esportiva do mundo. Esse é o objetivo do nosso projeto no Sesi-SP: dar oportunidade a todos. As lições de vida e dedicação repassadas por esses atletas servem de estímulo para todos nós que acreditamos no esporte.”

Para acompanhar o desempenho dos atletas do Sesi-SP em Londres, preparamos um hotsite com informações sobre os convocados, datas dos jogos e notícias exclusivas. Basta acessar http://www.sesisp.org.br/esporte/equipes-do-sesi/sesi-em-londres.html

Leia mais