Vicioni: Olimpíada do Conhecimento une tradição e progresso

Alice Assunção e Flávia Dias, Agência Indusnet Fiesp

Imagem relacionada a matéria - Id: 1544801975

Vicioni: expectativa é de vitórias do Senai-SP na competição. Foto: Junior Ruiz

A 7ª Olimpíada do Conhecimento, que começa esta semana, em São Paulo, deve desfazer um mito: o do antagonismo entre a tecnologia e os conceitos clássicos do ensino profissionalizante. A avaliação é do diretor regional do Senai São Paulo, Walter Vicioni, durante cerimônia de abertura do evento, na tarde desta segunda-feira (12/11).

A sétima edição do principal torneio de estudantes do ensino profissionalizante, vai testar conhecimentos de 640 alunos em 54 profissões que vão desde a manutenção aeronáutica até joalheria.

“Tradição e progresso não são inimigos. Eles andam junto. A tradição dos valores e da cultura e o progresso por responder às inquietações e avanços tecnológicos da indústria brasileira. São coisas que se associam e é isso que nós queremos mostrar nesta Olimpíada, que é possível conviver com o progresso e a tradição”, afirmou Vicioni.

De acordo com Vicioni, a expectativa é de vitórias do Senai-SP na etapa nacional desta Olimpíada.

“São Paulo vai ter um bom desempenho. E é natural, porque [o Senai-SP] é uma entidade que cuida bem do seu processo educacional e que usa bem a sua tecnologia. Evidentemente vamos colher os resultados deste processo”, completou.

São Paulo conquista 35 medalhas e vence a Olimpíada do Conhecimento Nacional

Agência Indusnet Fiesp

Com a conquista de 19 medalhas de ouro, oito de prata e oito de bronze e seis menções honrosas, os 54 competidores da delegação paulista se consagram os grandes vencedores da Olimpíada do Conhecimento, encerrada no último domingo, no Riocentro, Rio de Janeiro.

O paulistano Paolo Haji de Carvalho Bueno, 19 anos, que defendeu a ocupação de Tecnologia da Informação, conseguiu mais um título para o Estado: a maior nota de toda a competição.

Os 49 estudantes do Senai-SP que representaram a área industrial contabilizaram 18 ouros, 7 pratas e 8 bronzes. A área do comércio, com 5 competidores do Senac, entrou na disputa em quatro modalidades e levou uma medalha dourada com enfermagem.

Durante a semana do torneio, os participantes desenvolveram tarefas relacionadas a 45 ocupações profissionais em ambientes que reproduziram o ambiente real de trabalho. Todas as fases do desenvolvimento das atividades puderam ser acompanhadas em tempo real pelos visitantes e os avaliadores.

Na edição passada, realizada em três cidades do Sul do Brasil (Blumenau, Porto Alegre e Curitiba), o Senai-SP foi o grande vencedor da competição ao garantir 37 medalhas, sendo 18 de ouro, 11 de prata e 8 de bronze.

Vencedores de São Paulo:


Ouro

  • Polimecânica – Rodrigo da Silva Panifer – Escola Senai João Martins Coube (Bauru)
  • Metrologia Dimensional – Matheus Barbosa Felício – Escola Senai João Martins Coube
  • Tornearia – Gelson Vitor dos Santos – Escola Senai João Martins Coube
  • Mecatrônica – Wellington e Welison Meneguini de Fátima – Escola Senai Armando Arruda Pereira (São Caetano do Sul)
  • Marcenaria – Rafael Rosan Trombini – Escola Senai Santo Paschoal Crepaldi (Presidente Prudente)
  • Ferramentaria – Lucas Silva Terra – Escola Senai Nadir Dias de Figueiredo (Osasco)
  • Fresagem – Adriano Francisco Bruni – Escola Senai Luiz Simon (Jacareí)
  • Design Gráfico – Guilherme de Souza Vieira – Escola Senai Fundação Zerrenner (Cambuci, Capital)
  • Desenho Assistido por Computador (CAD) – Escola Senai Morvan Figueiredo (Mooca, Capital)
  • Tecnologia da Informação – Paolo Haji de Carvalho Bueno – Escola Senai Suíço-Brasileira (Santo Amaro, Capital)
  • Robótica Móvel – César Ruy Espolaor e Roney Cavalcante dos Santos – Escola Senai Mariano Ferraz (Vila Leopoldina, Capital)
  • Sistemas de Transporte de Informação – Othon Alonso Almeida – Escola Senai Roberto Simonsen (Brás, Capital)
  • Manufatura Integrada – Jofre Bezerra Félix, Eliana Rodrigues Martins; Takashi Onishi – Escola Senai Roberto Simonsen (Brás, Capital)
  • Mecânica de Precisão – Caio César da Silva Fernandes – Escola Senai Roberto Simonsen (Brás, Capital)
  • Mecânica Geral – Henrique Silva do Nascimento – Escola Senai Roberto Simonsen (Brás, Capital)
  • Robótica Industrial – Anderson dos Santos Alves; Rafael Costa Nogueira; Bruno Cortez de Almeida Saramelo – Escola Senai Roberto Simonsen (Brás, Capital)
  • Mecânica a Diesel – Erik Chinen – Escola Senai Conde José Vicente de Azevedo (Ipiranga, Capital)
  • Confecção de Roupas – Samanta Aparecida Araújo Pimenta – Escola Senai Eng. Adriano José Marchini (Bom Retiro, Capital)
  • Enfermagem – Yara Cristina de Lima e Amanda Silva de Souza (Senac)


Prata

  • Soldagem – Wellington dos Santos – Escola Senai Mário Henrique Simonsen (Piracicaba)
  • Eletricidade Industrial – Afonso Matheus Gonçalves – Escola Senai Antônio Devisate (S. J. Rio Preto)
  • Caldeiraria – Flávio Ferreira dos Santos – Escola Senai Félix Guisard (Taubaté)
  • Confecção de Calçados – Marcus Vinicius Rosa Lopes – Escola Senai Márcio Bagueira Leal (Franca)
  • Instrumentação e Controle de Processos – Filipe Souza de Campos e Diego de Oliveira Ramos – Escola Senai Prof. Dr. Euryclides de Jesus Zerbini (Campinas)
  • Jardinagem – Gabriel de Castro Dottori e Washington do Nascimento – Escola Senai Orlando Laviero Ferraiuolo (Tatuapé, Capital)
  • Tornearia a CNC – Aristóteles Guido Rodrigues – Escola Senai Mariano Ferraz (Vila Leopoldina, Capital)
  • Serviço de Restaurante – Bruno Rodrigues Gomes (Senac)


Bronze

  • Mecânica de automóveis – Rogério Rodrigues Herera Leite – Escola Senai João Martins Coube (Bauru)
  • Eletrônica Industrial – Kleber Lima da Silva – Escola Senai José Polizotto (Marília)
  • Mecânica de Manutenção – Paulo Junio da Silva – Escola Senai Santos Dumont (S.J. Campos)
  • Fresagem a CNC – Leonardo Pereira da Silva – Escola Senai Roberto Mange (Campinas)
  • Confeitaria – Weslley Vieira Nunes – Escola Senai Horácio Augusto da Silveira (Barra Funda, Capital)
  • Panificação – Danilo da Silva Góis – Escola Senai Horácio Augusto da Silveira (Barra Funda, Capital)
  • Mecânica de Refrigeração – João Manoel Delcídio Carvalho – Escola Senai Oscar Rodrigues Alves (Ipiranga)
  • Design de Moda – Alan da Silva Primo – Escola Senai Eng. Adriano José Marchini (Bom Retiro, SP)