Em homenagem na Fiesp, Skaf destaca coragem e disposição de Temer

Agência Indusnet Fiesp

Em cerimônia realizada nesta quinta-feira (6 de dezembro), o presidente Michel Temer recebeu a Ordem do Mérito Industrial São Paulo, no grau Grã-Cruz, o mais elevado. A comenda foi entregue a Temer por Paulo Skaf, presidente da Fiesp e do Ciesp. “Nesta casa de produção quero transmitir uma mensagem de otimismo”, afirmou Temer em seu pronunciamento.

Skaf, em nome do setor produtivo, disse “muito obrigado” a Michel Temer, por sua disposição, coragem e capacidade de enfrentamento. “Durante seu mandato curtinho, muitas coisas de que se falou durante décadas ele fez pelo país”, destacou. Entre os avanços citou a lei do petróleo, a PEC do limite de gastos públicos, a modernização das leis trabalhistas – trazendo mais segurança jurídica – e a regulamentação da terceirização. Reforma do Ensino Médio e liberação do FGTS e do PIS, além do fim do imposto sindical obrigatório, também fazem parte das conquistas do governo Temer, afirmou Skaf. “Foi ele que teve a coragem de fazer essas mudanças”, disse.

O presidente da Fiesp e do Ciesp também lembrou que houve recuperação da confiança por parte dos empresários, e para 2019 já se estima crescimento do PIB de 3%. Skaf mencionou ainda criação de novas vagas de trabalho e redução da inflação durante o mandato de Temer.

Para simbolizar o agradecimento a Fiesp concedeu a Ordem do Mérito Industrial São Paulo a Michel Temer, em grau Grã-Cruz, o mais elevado.

Temer sintetizou sua sensação em relação à solenidade com a palavra amizade, dizendo-se amigo de longa data de Newton de Lucca – homenageado no mesmo dia com o lançamento de um livro – e de Skaf, a quem agradeceu por sua dedicação à atividade pública e aos interesses do Brasil. O mesmo em relação ao ministro da Justiça, Torquato Jardim, também presente ao evento. Classificou de estupendo o relato feito por Skaf sobre seu governo. “Conseguimos nesta gestão”, disse Temer, “produzir resultados benéficos ao país. Trouxemos o Brasil para o século 21.”

Temer citou a recuperação das empresas estatais entre os pontos em que houve avanço, destacando a Petrobras. A transposição do rio São Francisco, cuja obra estava parada, depois da injeção de R$ 2 bilhões já teve um eixo inaugurado e terá outro terminado ainda este ano. “Fizemos muito pelo Nordeste. E no tópico social mantivemos programas como Bolsa Família e Minha Casa Minha Vida.”

A Fiesp entregou placa em homenagem ao desembargador Newton de Lucca, por serviços prestados à sociedade, assinada por Paulo Skaf. De Lucca destacou o maior peso em relação a outras línguas do termo em português para indicar agradecimento, com o sentido de um compromisso: muito obrigado.

De Lucca entregou a Temer, Skaf e Torquato Jardim os primeiros exemplares autografados do livro.

Skaf com Temer na cerimônia de entrega da Ordem do Mérito Industrial São Paulo. Foto: Everton Amaro/Fiesp

Skaf com Temer na cerimônia de entrega da Ordem do Mérito Industrial São Paulo. Foto: Everton Amaro/Fiesp

A comenda

A Ordem do Mérito Industrial São Paulo, criada pela Fiesp em 2007, é destinada a condecorar personalidade e instituições nacionais e estrangeiras, que se tenham tornado dignas do reconhecimento ou da admiração da indústria.

A comenda de alta distinção, no grau Grã-Cruz, foi concedida, antes de a Temer, a 53 autoridades, a maioria chefes de Estado ou de Governo, como reis, presidentes e primeiros-ministros.

Temer também participou, na Fiesp, do lançamento do livro Direito Empresarial, Direito do Espaço Virtual e outros Desafios do Direito, coletânea de textos em homenagem a Newton De Lucca. O prefácio da obra é de Temer, colega de docência e amigo pessoal de De Lucca.

A história do homenageado e sua contribuição ao Direito brasileiro vêm refletidas na diversidade de temas abordados pelos mais de 100 autores, divididos em dez grandes áreas do Direito, a saber: Direito Constitucional, Filosofia do Direito, Direito Ambiental, Direito Comercial, Direito do Espaço Virtual, Direito do Consumidor, Direito Penal, Direito Civil, Direito Processual Civil e Direito do Trabalho e Previdenciário.

Ouça o boletim de áudio dessa notícia:

Michel Temer recebe homenagem na Fiesp

Juan Saavedra e Talita Camargo – Agência Indusnet Fiesp

Diante de autoridades, juristas, empresários e amigos, o vice-presidente da República Michel Temer participou nesta quinta-feira (28/06), em São Paulo, do evento de lançamento do livro “Direito Constitucional Contemporâneo” – a publicação da editora Quartier Latin é composta por artigos assinados por personalidades nacionais e internacionais em homenagem a Temer.

Temer, presidente em exercício por conta de uma viagem da presidente Dilma Rousseff à Argentina, disse ficar honrado. “Esta homenagem veio do coração porque o Newton de Lucca [presidente do TRF-3, um dos organizadores da obra] revelou a real intenção desta homenagem, no dizer dele, de um amigo.”

Marcela Temer, esposa do vice-presidente da República, leu uma mensagem da presidente Dilma para parabenizar o vice pelo lançamento. “O conhecimento jurídico e, sobretudo a sabedoria do constitucionalista aliam-se à capacidade de articulação política para fazer do vice-presidente Michel Temer um dos alicerces do nosso governo”, disse a presidente da República na mensagem.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1548043986

Michel Temer: "Fico honradíssimo com a homenagem". Ao lado, o jurista Sidney Sanches, Marcela Temer e Paulo Skaf, presidente da Fiesp . Foto: Junior Ruiz.

“Esta formação democrática [mencionada nas palavras enviadas pela presidente Dilma] deriva do fato de sermos da área jurídica”, afirmou Temer.

“O jurista está muito habilitado a exercer a vida pública, especialmente a exercê-la na democracia porque esta é o regime da contestação, da contrariedade, da controversa, e nós que estamos na área jurídica vivemos da contestação”, acrescentou Michel Temer.

“Eu me sinto gratificado porque devemos homenagear as pessoas enquanto estão vivas”, disse Newton de Lucca.

Paulo Skaf: ‘honra para a Fiesp’

O presidente da Fiesp, Paulo Skaf, disse ficar satisfeito pelo fato da federação dar apoio institucional ao lançamento do livro. “Michel Temer é o nosso presidente da República em exercício. E ele receber  esta homenagem na nossa Fiesp, na casa da indústria. no dia em que coincidentemente está exercendo a presidência da República é gratificante e muito nos honra.”

Skaf, um dos 89 autores convidados para escrever artigos no livro, disse ainda que a homenagem é merecida. “[Temer] É um homem público que já passou por tantas missões importantes: seis mandatos de deputado, presidente da Câmara dos Deputados, hoje vice-presidente da República, secretário de segurança, chefe do ministério público, enfim, uma carreira que orgulha qualquer homem público.”

Imagem relacionada a matéria - Id: 1548043986

Na foto, o presidente em exercício Michel Temer, a primeira-dama em exercício Marcela Temer e o presidente da Fiesp, Paulo Skaf.

O evento recebeu a presença de juristas como o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal, Sydney Sanches, e nomes da vida pública como o do advogado, jurista, professor, escritor Gabriel Chalita, e do ex-governador de São Paulo, Luiz Antônio Fleury Filho; o ex-deputado federal José Genoíno; o ex-ministro da Justiça e ex-senador Bernardo Cabral, entre outros.


Livro

Organizado pelos professores Mariana Barboza Baeta Neves, Samantha Meyer-Pflug e Newton de Lucca, o livro trata de temas do direito constitucional pátrio como o Estado Democrático de Direito, a relação entre os poderes, a governabilidade, a efetividade dos direitos fundamentais e a internacionalização do direito.

Para os textos, foram convidados 89 autores, entre eles os professores Joaquim Gomes Canotilho (Portugal), Friederich Müller (Alemanha), e o presidente do Senado, José Sarney.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1548043986

Michel Temer autografa 'Direito Constitucional Contemporâneo'