Senai-SP abre unidades de ensino para visitação nos dias 10 e 11 de setembro

Agência Indusnet Fiesp

O Senai-SP promove nos dias 10 e 11 de setembro, das 9 às 20 horas, visitas monitoradas em 43 unidades de ensino no estado. Denominada Mundo Senai, a ação tem por objetivo divulgar as opções de capacitação profissional para estudantes de escolas públicas e particulares, e também apresentar às indústrias os serviços técnicos e tecnológicos oferecidos pela entidade.

Os visitantes poderão participar de palestras gratuitas, exposições e conhecer as oficinas e laboratórios de tecnologia das unidades participantes. O público também poderá esclarecer dúvidas sobre educação profissional nos dois dias de programação e obter informações detalhadas sobre o conteúdo prático e teórico dos cursos ministrados.

Docentes e outros profissionais do Senai-SP apresentarão aos participantes os cursos oferecidos, inclusive os gratuitos, a estrutura laboratorial instalada, dados sobre o mercado de trabalho, perfil dos profissionais requisitados e os segmentos industriais atendidos.

Tradição – Desde o final da década de 1990, o Senai-SP cultiva a prática de abrir as portas para a comunidade. Inicialmente conhecido como open house, o evento era realizado de forma independente pelas escolas, que agendavam as datas de visitas. A partir de 2009, a entidade começou a promover a ação de forma simultânea em todo o estado, sob o nome Senai de Braços Abertos.

Atualmente intitulada Mundo Senai, a edição 2015 apresentará a empresários, trabalhadores e estudantes os programas de inovação tecnológica e o modelo de ensino profissionalizante desenvolvido pela entidade no estado.

Os cursos do Senai-SP são planejados para atender às reais necessidades do mercado de trabalho no setor industrial. Pesquisas de empregabilidade realizadas com ex-alunos dos cursos técnicos apontam que, após um ano de conclusão de curso, 84% dos entrevistados estavam empregados na área da formação profissional escolhida.

A programação de cada unidade que participa do Mundo Senai pode ser consultada nos sites das escolas.

 

 

Unidades participantes:

 

Capital e Grande São Paulo:

 

Escola Senai “Roberto Simonsen” – Brás

Escola Senai “Humberto Reis Costa” – Vila Alpina

Escola Senai “Morvan Figueiredo” – Mooca

Escola Senai “Horácio Augusto da Silveira” – Barra Funda

Escola Senai “Mariano Ferraz” – Vila Leopoldina

Escola Senai “Francisco Matarazzo” – Brás (Têxtil)

Escola Senai “Oscar Rodrigues Alves” – Ipiranga (Refrigeração)

Escola Senai Anchieta – Vila Mariana

Escola Senai “Frederico Jacob” – Tatuapé (Manutenção Industrial)

Escola Senai Fundação Zerrener – Cambuci

Escola Senai “Conde José Vicente Azevedo” – Ipiranga (Automobilística)

Escola Senai “Suzana Dias” – Santana de Parnaíba

Escola Senai Mario Amato – São Bernardo do Campo

Escola Senai “Nami Jafet” – Mogi das Cruzes

Escola Senai “Nadir Dias de Figueiredo” – Osasco

Escola Senai “Luis Eulálio de Bueno Vidigal Filho” – Suzano

Escola Senai de Mauá – Mauá

Escola Senai “Prof. Vicente Amato” – Jandira

 

 

Interior e litoral

 

Escola Senai “Antonio Souza Noschese” – Santos

Escola Senai “Hessel Horácio Cherkassky” – Cubatão

Escola Senai “Félix Guisard” – Taubaté

Escola Senai de Cruzeiro – Cruzeiro

Escola Senai “Gaspar Ricardo Júnior” – Sorocaba

Escola Senai “Antonio Ermírio De Moraes” – Alumínio

Escola Senai “Roberto Mange” – Campinas

Escola Senai “Alexandre Siciliano Conde” – Jundiaí

Escola Senai “Mario Dedini” – Piracicaba

Escola Senai “Luiz Varga” – Limeira

Escola Senai “Prof. João Baptista Salles Da Silva” – Americana

Escola Senai “Luiz Scavone” – Itatiba

Escola Senai “Mario Henrique Simonsen” – Piracicaba

Escola Senai Jaguariúna – Jaguariúna

Escola Senai “Alvares Romi” – Santa Bárbara d’Oeste

Escola Senai “Celso Charuri” – Rafard

Escola Senai de Araras – Araras

Escola Senai “Marcio Bagueira Leal” – Franca

Escola Senai “Oscar Lúcio Baldan” – Matão

Escola Senai “João Martins Coube” – Bauru

Centro de Treinamento Senai “Edward Sávio” – Jaú

Escola Senai de Lençóis Paulista – Lençóis Paulista

Centro de Treinamento Senai Ourinhos – Ourinhos

Escola Senai “Santo Paschoal Crepaldi” – Presidente Prudente

Escola Senai “José Polizotto” – Marília

Mundo Senai oferece ‘degustação’ de cursos a interessados em ingressar na escola

Alice Assunção e Giovanna Maradei, Agência Indusnet Fiesp 

Curso de cup cake no Senai-SP Alimentos, na Barra Funda. Foto: Beto Moussalli/Fiesp

As 78 escolas dos Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de São Paulo (Senai-SP)  abriram as portas para os moradores do entorno da unidade para apresentarem seus cursos e suas áreas de atuação. Na escola da Barra Funda, na zona oeste da capital, os moradores não só conhecem as instalações da unidade como também colocam a mão na massa, literalmente.

O Senai Horácio Augusto da Silveira está oferecendo desde quinta-feira (17/09) mini cursos de chocolataria, hambúrguer e cup cakes. São aulas com duração de até quatro horas onde os alunos aprendem a manipular os alimentos sob o padrão da indústria, controlando peso da matéria prima, as temperaturas durante o preparo e o tempo.

“O objetivo é fazer uma demonstração do que é a atuação do Senai-SP. Aqui a pessoa faz uma degustação de todas as etapas do curso, dos processos que ele pode aprender nesta unidade e, a partir dessa degustação, ela opta por algum que tem mais a ver com sua característica como profissional”, explicou a diretora da unidade da Barra Funda, Silvia Helena Carabolante.

Silvia Helena Carabolante, diretora da unidade da Barra Funda. Foto: Beto Moussalli/Fiesp

Sandra Aparecida dos Santos Silva, 48 anos, é enfermeira e se inscreveu para o mini curso de hambúrguer. Segundo ela, a oportunidade de conhecer como funciona um curso do Senai-SP a aproxima de ter o seu próprio negócio um dia.

“Eu quero agregar conhecimento para ter uma noção como é a manipulação de alimentos no mercado. Como eu amo culinária, eu pretendo me aperfeiçoar e buscar novos conhecimentos aqui para produzir o meu também como uma micro empresária ou coisa parecida”, afirmou Sandra.

A oficina de Sandra tem duração de quatro horas. A turma, com sete alunos, vai aprender como faz um hambúrguer com base nos padrões de fabricação de uma indústria, segundo o professor do grupo, Alan Tavella.

Senai-SP Alimentos Barra Funda: capricho de profissionais para os amadores. Foto: Beto Moussalli/Fiesp

“Eles aprendem não seguindo aquela receita tradicional de casa, mas com as técnicas de manipulação, cuidados com higiene, métodos de conservação, congelamento e armazenamento de produtos”, afirmou o professor. Tavella leciona no curso de Manipulação de Alimentos, oferecido pela escola.  Ele ponderou, no entanto, que as práticas desenvolvidas no mini curso “podem ser levadas para a rotina deles”.

A professora Lucilene Pino orienta na oficina que, segundo ela mesma, “está na moda”: produção e cup cake, pequeno bolo de origem inglesa que serve uma pessoa.

“A maioria é aluno de gastronomia e pessoas que querem ingressar nessa área de alimentos, eles vem pra ter um diferencial lá fora”, afirma sobre o perfil de suas turmas, cada uma com 25 alunos. “Também tem as donas de casa que querem melhorar a renda”, completa Lucilene.

Em cerca de duas de oficina, o aluno aprende como fazer e decorar um cup cake recheado. “A gente separa, pesa tudo para ter um produto padronizado então há um pouco de dificuldade nessa parte e eles vão se habituando”.

Cup cakes feitos pelos alunos do curso realizado durante o Mundo Senai. Foto: Beto Moussalli/Fiesp

O Senai Barra Funda oferece cursos de qualificação, com duração de dois a seis meses, dependendo da carga horária semanal, nas áreas de panificação, confeitaria, sorveteiro, pizzaiolo, salgados, confeitaria para cafeteria e manipulação de alimentos.

Na modalidade curso técnico, a unidade oferece a formação de técnico em alimentos, com duração de dois anos. A escola também oferece graduação, o curso para tecnólogo em alimentos dura três anos.

Têxtil e Vestuário

Na Escola Senai Francisco Matarazzo, no bairro do Brás, na zona leste de São Paulo, são oferecidos cursos do nível técnico a pós-graduação, ligados às áreas têxtil e vestuário. Por isso, durante o Mundo Senai, os visitantes têm a oportunidade de conhecer praticamente todo o processo de produção de uma peça de roupa, desde a produção da linha e do tecido até a parte de corte, costura e modelagem.

Na dinâmica, cada aluno apresenta a área de conhecimento que cursa. Os estudantes do curso técnico de têxtil, por exemplo, apresentam as oficinas de tecelagem e fiação enquanto os do curso de vestuário falam sobre as atividades de corte e de costura. Mas todos são unânimes em dizer que se sentem muito orgulhosos ao mostrar o que fazem e de ver a reação do grupo visitante.

“Até chega a ser prazeroso mostrar aquilo que a gente realmente gosta e que a gente trabalha. É interessante isso. Mostrar para as pessoas o que a gente idealiza para a nossa vida”, disse Elton Vasconcelos  que está no quarto semestre do curso técnico de vestuário e é um dos alunos responsáveis por guiar os visitantes pela unidade.

Não há quem não se impressione com as máquinas que fazem dos tufos de algodão, linhas ou das que transforma essas linhas em tecidos e malhas. Por isso mesmo também não são raros os visitantes que se empolgam durante a visita e já saem dela pensando no próximo curso que podem fazer.

Luciana Favato e Simone Pansera são alunas do curso via rápida de modelagem do Senai-SP. Mesmo estudando lá, ambas ficaram impressionadas ao conhecer outro lado da escola. “Dá vontade de fazer os cursos também e se aperfeiçoar mais. Cada sala que  a gente entra tem vontade de entender e saber como funciona”, testemunhou, animada, Simone.

De acordo com o coordenador técnico da escola, Paulo Sérgio Salve, muitas pessoas procuram a escola pensando apenas no “glamour” que envolve o mundo da moda, mas desconhecem todo o trabalho que tem por trás da produção de cada peça.

“O Mundo Senai é importante por causa disso. Você consegue mostrar o que realmente você faz. A pessoa não imagina o trabalho que é fazer uma roupa”, afirmou Salve.

O Mundo Senai prossegue no sábado (19/10). A Escola Senai Francisco Matarazzo está com inscrições abertas para o processo seletivo de todos os seus cursos.

Clique aqui para mais informações sobre o Mundo Senai 2013.

 

Senai-SP promove visitas monitoradas para a comunidade, de 17 a 19 de outubro

Agência Indusnet Fiesp 

Setenta e oito unidades do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de São Paulo (Senai-SP) promovem, no período de 17 a 19 de outubro, o Mundo Senai, que são visitas monitoras para a comunidade. Cada unidade terá sua própria programação, que pode ser conferida no site www.mundosenai.com.br.

O objetivo da ação é apresentar as atividades educacionais e os serviços técnicos e tecnológicos da instituição a empresas e estudantes das redes pública e particular de ensino do estado. Os visitantes serão recepcionados por monitores e instrutores do Senai-SP.

Durante a programação, esses profissionais ficarão à disposição para dar informações sobre os diferentes cursos oferecidos. A iniciativa de abrir as portas das escolas paulistas para a comunidade começou no fim dos anos 90. Na época, a ação era conhecida como Open House e cada unidade determinava a melhor data para promover as visitas assistidas. Há três anos, o projeto foi batizado como Casa Aberta e passou a ter âmbito nacional, envolvendo mais de 300 unidades instaladas em todo o país. Desde o ano passado, ele foi rebatizado como Mundo Senai.

Para Walter Vicioni, diretor regional do da entidade, a iniciativa é importante para que a sociedade em geral conheça as instalações, as tecnologias, os recursos humanos e o modelo de ensino profissionalizante da instituição. “Durante seus 70 anos de existência, o Senai-SP vem mostrando que é capaz de atender as demandas da indústria com agilidade e inovação. Isso reflete a capacidade da entidade de absorver demandas e transformá-las em renovadas oportunidades de aprendizado e formação.”

Em São Paulo, as escolas promovem atividades direcionadas aos diferentes grupos de visitantes (alunos, empresas e comunidade). Dentre as ações planejadas destacam-se: apresentação de vídeos; palestras sobre cursos e serviços oferecidos nas unidades; visitação monitorada; orientação para tirar dúvidas; e fornecimento de material informativo sobre programas educacionais e serviços disponíveis em cada unidade.

Os cursos do Senai-SP são projetados para atender as reais necessidades do mercado de trabalho no setor industrial. Segundo pesquisa feita com ex-alunos dos cursos técnicos após um ano de conclusão de curso, 84% dos entrevistados estavam empregados no segmento da formação profissional escolhida.

Serviço
Mundo Senai 2013
Data: de 17 a 19 de outubro
Informações: www.mundosenai.com.br

Mundo Senai: minicursos atraem 60 visitantes para unidade do Senai Barra Funda

Flávia Dias, Agência Indusnet Fiesp

MUNDO SENAI 2012. Foto: Mauren ErcolaniO mercado de alimentação esta cada vez mais em alta no Brasil. Para revelar alguns dos segredos do mundo da culinária, a escola do Senai Horácio Augusto da Silveira abriu as portas na quinta-feira (27/09) para que 60 pessoas participassem dos minicursos de geleia, mini pizza e sorvete.

Os cursos são apenas algumas das atrações do Mundo Senai, projeto realizado entre os dias 27 e 29 de setembro em 79 unidades do Senai em todo o Estado de São Paulo.

Entre os participantes estava técnica em mecatrônica Ivana Ribeiro Santos, que pretende aplicar os conhecimentos adquiridos no minicurso de sorvete para abrir o seu próprio negócio, após a mudança para Fortaleza, no Ceará. “Sempre tive vontade de fazer sorvete. Quero aprender a fazer outros tipos e, talvez, ainda ganhar dinheiro com isso”, disse a técnica.

MUNDO SENAI 2012. Foto: Mauren ErcolaniNa avaliação da coordenadora de Atividades Técnicas do Senai-SP, Cristina Ambiel, a programação especial do Mundo Senai serve como um chamariz para que a comunidade conheça os cursos e serviços oferecidos pela instituição. “Os minicursos são um atrativo para que eles possam vir até a escola e possam conhecer a estrutura como um todo”, afirmou.

E foi justamente a estrutura do Senai Barra Funda que impressionou Silvana Gomes Coelho, ao participar do minicurso de geleia: “Quando vi o anúncio do Mundo Senai, fiquei curiosa e decidi fazer a minha inscrição no curso. Quando cheguei aqui, descobri que não sabia nada sobre o Senai-SP. Estou impressionada com a estrutura e também com a quantidade de cursos que ele [instituição] oferece”, comentou.

Mundo Senai: escola de Mecânica Automobilística recebe a visita de estudantes da rede pública

Flávia Dias, Agência Indusnet Fiesp

MUNDO SENAI 2012 - Automobilística. Foto: Mauren Ercolani

Visita monitorada: alunos da escola municipal Paulo Duarte, no Ipiranga, tomam contato com a rotina do curso de mecânica automobilística do Senai-SP

Com o intuito de orientar jovens de 14 a 16 anos sobre a importância da formação técnica na busca do primeiro emprego, a unidade do Senai-SP “Conde José Vicente de Azevedo” recebeu nesta quinta-feira (27/09) um total de 48 estudantes da 8ª série do ensino fundamental da escola municipal Paulo Duarte, no bairro do Ipiranga, na capital.

A visita monitorada é apenas uma das atrações do Mundo Senai – projeto realizado entre os dias 27 e 29 de setembro, em 79 unidades da instituição de ensino da indústria em todo o Estado de São Paulo. A iniciativa é dirigida à comunidade em geral.

Durante a visita, Yuri Nakahari e outros alunos do Curso de Aprendizagem Industrial (CAI) de Mecânica Automobilística apresentaram as instalações da unidade escolar aos convidados e sanaram dúvidas com relação ao curso e à rotina de estudo ali adotada.

MUNDO SENAI 2012 - Automobilística. Foto: Mauren Ercolani

Os alunos do CAI de Mecânica Automobilística, Amanda Couto Duarte dos Santos e Yuri Nakahari

“Quando os alunos visitam o Senai, conhecem um leque cheio de opções de curso. Muitos [visitantes] não sabiam que o Senai tem cursos de alimentação, informática e na área de moda”, contou Nakahari.

Informações estas que foram úteis para Mikaela Mayara, 14 anos, que deseja fazer um curso na área de alimentação. “Achei a visita muito legal. Aqui tem bastante coisa. Antes eu só conhecia o Senai de ouvir falar, nunca tinha entrado na escola”, disse.

Apaixonada pelos roncos dos motores, Amanda Couto Duarte dos Santos é única representante do gênero feminino na turma do 2º ano do CAI Mecânica Automobilístico. Na opinião da estudante, que já conseguiu seu primeiro trabalho, os cursos do Senai-SP são uma excelente porta de entrada dos jovens no mercado de trabalho.

“Acho interessante mostrar para os alunos o que é o Senai e como funciona a instituição. Eles viram que os estudantes daqui ganham um diferencial no mercado de trabalho, e isso é importante para que eles consigam uma vaga na indústria, como foi comigo”, afirmou.

Luciana Borsare, agente de Apoio ao Ensino do Senai-SP, acredita que a visita monitorada amplia os vínculos da instituição com a comunidade: “Muitos alunos e moradores da comunidade não sabem o que tem atrás dos muros do Senai e, com estas visitas, os jovens tiram dúvidas, conhecem a estrutura do curso e descobrem como o Senai pode ajudá-los a ingressar no mercado de trabalho”.

Mundo Senai oferece programação especial à comunidade

 Flávia Dias, Agência Indusnet Fiesp

Visitantes participam da oficina de confecções de brinde de couro

O conhecimento ao alcance de todos. Com este objetivo, o Serviço Nacional da Indústria (Senai-SP) abriu as portas de 79 das 130 unidades espalhadas pelo Estado de São Paulo para edição do Mundo Senai. Por três dias – de 27 a 29 de setembro –, as unidades do Senai-SP oferecem uma programação especial para que estudantes, trabalhadores e toda a comunidade possam conhecer as atividades educacionais e serviços técnicos e tecnológicos oferecidos pela instituição.

A baixa temperatura registrada na manhã desta quinta-feira (27/09), na cidade de São Paulo, não foi um empecilho para dona de casa Ana Lúcia, por exemplo, comparecer à unidade do Senai Maria Angelina V.A Franceschini, no bairro do Ipiranga, e participar da oficina de confecções de brinde de couro.

“Eu não sabia o que era o Senai e confesso que me encantei. Desde a forma como fui atendida e, também, com todo o conhecimento que eu vou conseguir absorver”, declarou, acrescentando que pretende fazer sua inscrição no curso de confeccionador de bolsa em couro sintético.

Durante a oficina, Ana Lúcia e outros participantes contaram com a ajuda de alunos, como Júlia Bolognesi, estudante do Curso de Aprendizagem Industrial (CAI) de Artefatos de Couro. “É bem legal participar deste projeto. Acho que é uma forma de as pessoas de fora conhecerem um pouco mais sobre o curso e também sobre o que a gente faz”, disse a estudante de 15 anos.

Em pouco mais de uma hora, a oficina de confecções de brinde de couro recebeu a visita de mais de 80 pessoas.

Para coordenadora de Atividades Pedagógicas do Senai Artefatos de Couro, Renata Miquelazzo Conde, o projeto Mundo Senai é uma excelente porta de entrada para que a comunidade conheça os cursos e serviços oferecidos pela instituição: “É difícil as pessoas escolherem alguma coisa que elas não conhecem. Então, a proposta do Senai Mundo é fazer com que os visitantes conheçam os cursos e, assim, aumentar o número de inscritos no processo seletivo do CAI”, explicou Renata.

Senai-SP promove visitas monitoradas para a comunidade, de 27 a 29/09

Rosângela Gallardo, Agência Indusnet Fiesp

De 27 a 29 de setembro, 79 unidades do Senai-SP em todo o Estado promoverão nos períodos da manhã, tarde e noite visitas monitoras para a comunidade. No sábado, as ações serão realizadas apenas nos períodos matutino e vespertino. O objetivo da ação, denominada Mundo Senai, é apresentar as atividades educacionais e os serviços técnicos e tecnológicos da instituição a empresas e estudantes das redes pública e particular de ensino do Estado.

Mundo Senai. Foto: Divulvação

Mundo Senai. Foto: Divulvação

Todos os visitantes serão recepcionados por monitores e instrutores do Senai-SP. Durante a programação (veja aqui), esses profissionais ficarão à disposição para tirar dúvidas sobre os diferentes cursos oferecidos.

A iniciativa de abrir as portas das escolas paulistas para a comunidade começou no fim dos anos 1990. Na época, a ação era conhecida como open house e cada unidade determinava a melhor data para promover as visitas assistidas.

Há dois anos, o projeto foi batizado como Casa Aberta e passou a ter âmbito nacional, envolvendo mais de 300 unidades instaladas em todo o país. Nesta edição, ele volta com o nome Mundo Senai.

Segundo Walter Vicioni, diretor regional do Senai-SP e superintendente do Sesi-SP, a iniciativa é uma grande oportunidade para que os empresários, trabalhadores e estudantes das redes pública e particular de todo o Brasil conheçam as instalações, os recursos humanos, as tecnologias e o modelo de ensino profissionalizante desenvolvido pelo Senai.

Ações em SP

Em São Paulo, as escolas promoverão atividades direcionadas aos diferentes grupos de visitantes (alunos, empresas e comunidade). Dentre as ações planejadas destacam-se: apresentação de vídeos; palestras sobre cursos e serviços oferecidos nas unidades; visitação monitorada; orientação para tirar dúvidas; e fornecimento de material informativo sobre programas educacionais e serviços disponíveis em cada unidade.

Os cursos do Senai-SP são projetados para atender às reais necessidades do mercado de trabalho no setor industrial. Segundo pesquisa feita com ex-alunos dos cursos técnicos após um ano de conclusão de curso, 86% dos entrevistados estavam empregados no segmento da formação profissional escolhida.

Os visitantes também poderão conhecer os cursos que estão com inscrições abertas em outubro – como os de Aprendizagem Industrial e os Técnicos, que são gratuitos –, os Cursos Superiores de Tecnologia (que possuem sistema de financiamento próprio e diversas possibilidades de bolsas de estudo) e os cursos de Formação Continuada, que são pagos e têm programação anual de inscrição.