Paulo Skaf recebe nadadora do Sesi-SP bicampeã mundial

Amanda Demétrio, Agência Indusnet Fiesp

A nadadora Ana Marcela Cunha, atleta do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP), chegou nesta segunda-feira (3/8) a São Paulo com três medalhas na bagagem, vindo de Kazan (Rússia). Ela trouxe do Mundial de Esportes Aquáticos medalha de ouro nos 25 km, prata nos 5 km em equipe e bronze nos 10 km, medalha que lhe garantiu uma vaga nos Jogos Olímpicos Rio 2016. Ela é bicampeã mundial nos 25 km, prova que ganhou também em 2011 em Xangai.

Ana Marcela foi recebida pelo presidente do Sesi-SP, Paulo Skaf, na unidade da Vila Leopoldina. “Hoje é dia de festa aqui no Sesi-SP, com você (Ana Marcela), suas medalhas e suas conquistas, que são conquistas do Brasil. Você merece todos os aplausos”, disse Skaf, também presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), à atleta.

É no Sesi-Vila Leopoldina que Ana Marcela treina – e como todas as nadadoras da equipe feminina, sente-se em casa.

Dona de 3 das 4 medalhas do país que aparecem no quadro geral da competição até o momento, Ana vibra com o resultado e aposta nos colegas para a evolução desse número. “Pela primeira vez conquistei tudo isso, fico muito feliz de poder fazer história. Acho que estamos só no começo, depois da maratona vem a natação, com várias provas, e acredito que eles trarão mais medalhas para o país”.

Ana Marcela com as medalhas conquistadas em Kazan. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp

Ana Marcela com as medalhas conquistadas em Kazan. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp

 

“Agradeço muito pela natação feminina crescer o que cresceu nos últimos três anos, tempo em que o Sesi-SP vem investindo, e por encontrar um clube que queira investir na maratona, o que é difícil. Agradeço pelo Sesi-SP ter confiado no meu trabalho e deixo também o meu agradecimento ao [técnico do Sesi-SP e da seleção] Fernando Possenti, estou muito feliz de poder seguir trabalhando com ele”, completou.

>>Ouça entrevista com Ana Marcela

O Sesi-SP semeou um projeto de estímulo à natação feminina no Brasil e colheu ouro. Antes da medalha trazida por Ana Marcela, que venceu a prova de 25 km no Mundial de Kazan (Rússia), veio o ouro de Etiene Medeiros nos 100 m costas em Toronto, o primeiro ganho por uma brasileira em todas as edições dos Jogos Pan-Americanos.

O Projeto Sesi-SP Rendimento Esportivo Natação e Maratonas Aquáticas começou em 2009 na Vila Leopoldina. Foi ampliado a partir de 2010. Hoje funciona também nas unidades de A.E. Carvalho, São José do Rio Preto, Osasco e Sertãozinho. Os atletas são divididos nas categorias Petiz, Infantil, Juvenil, Junior e Sênior.