Workshop na Fiesp discute motores premium, mais eficientes e duráveis

Anne Fadul, Agência Indusnet Fiesp

Visando à promoção dos motores elétricos da linha premium, a Eletrobrás promoveu um workshop na Fiesp na tarde desta quarta-feira (22/6), para debater os ganhos decorrentes da aplicação desses equipamentos para o aumento da competitividade na atividade industrial.

Carlos Aparecido Ferreira, representante da Eletrobrás, afirmou que o motor elétrico é responsável por aproximadamente 70% da energia elétrica que é processada pelo setor industrial. “Eles são usados nos mais variados setores da indústria nacional. O movimento em direção aos motores premium também é visto como uma iniciativa para tornar a indústria mais competitiva e reduzir os seus custos”, disse Ferreira. Os motores elétricos fazem parte dos sistemas industriais e estão presentes em todos os sistemas motrizes elétricos. Além disso, a idade de operação média dos motores elétricos presentes nas indústrias brasileiras é de 17 anos, com rendimentos inferiores aos disponíveis atualmente.

Na escala internacional de eficiência energética, esses motores estão enquadrados na classificação nos rendimentos de nível IR3. Entre as principais vantagens desse motor estão a redução no consumo de energia e a maior vida útil.

Segundo Ferreira, a utilização do motor premium acarreta benefícios econômicos. “Um motor IR3 de 50 cv (cavalos-vapor) leva 17 meses para gerar economia que pague sua diferença de custo em relação ao IR2. Após este período, o ganho anual é superior a 10% do custo de compra. Com maior eficiência, o motor IR3 esquenta menos e tende a ter uma vida útil maior que o IR2”, destacou.

Durante o evento foi lançado o Guia Técnico sobre Motor Premium, que faz parte de uma parceria entre a International Copper Association (Procobre) e a Eletrobras, com apoio técnico do Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica. ”É um instrumento que temos para estimular a utilização de motores mais eficientes pela indústria brasileira”, explicou Ferreira. Além da versão impressa, o guia também vai estar disponível no site do Procel Info.

O encontro foi mediado pelo diretor do Departamento de Infraestrutura da Fiesp (Deinfra)  Ruy Bottesi. Participaram também do evento Dener Pioli, representante do Senai; Antonio Cesar da Silva, diretor de Equipamentos Industriais da Abinee, e André Cavalcanti, representante do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540345338

Workshop na Fiesp discutiu vantagens dos motores premium em aplicações industriais. Foto: Helcio Nagamine/Fiesp