Superliga masculina: Sesi-SP fica em 2º e enfrenta São Bernardo nos playoffs

Alice Assunção, Agência Indusnet Fiesp

Na última rodada da fase classificatória da Superliga 2013/2014, o time masculino de vôlei do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) venceu o Montes Claros por 3 sets a 1 (17/21, 21/14, 21/17 e 21/19), em partida na noite desta quarta-feira (26/02) na cidade mineira. Apesar do resultado positivo, o time comandado pelo técnico Marcos Pacheco não conseguiu assumir a liderança da competição em função da vitória do Sada Cruzeiro sobre o RJ Vôlei por 3 sets a 0, em jogo simultâneo.

Com os resultado, o Sada Cruzeiro terminou essa fase inicial com 56 pontos enquanto o Sesi-SP ficou com 55 pontos. Para ultrapassar o Sada Cruzeiro e assumir o primeiro lugar na pontuação geral, o Sesi-SP precisava que a equipe do RJ Vôlei ganhasse ao menos dois sets contra o líder do campeonato.

Nas quartas de finais, o Sesi-SP (2º) vai enfrentar o time São Bernardo Vôlei (7º), em jogo ainda sem data definida. A fase de quartas de final terá ainda os seguintes confrontos: Sada Cruzeiro (1º) x Moda/Maringá (8º), Brasil Kirin (3º) x Kappesberg Canoas (6º) e Vivo/Minas (4º) x RJ Vôlei (5º).

O jogo

No primeiro set, o Sesi-SP fez 12 pontos de ataque contra oito do Montes Claros, mas entre erros e acertos, os adversários mineiros levaram a melhor e fecharam por 21/17.

No segundo período, o time se recuperou marcando 11 pontos de ataque contra sete da equipe adversária e resolveu o set por 21/14.

No terceiro set a equipe Sesi-SP repetiu o bom desempenho no ataque e fechou por 21/17.

Mesmo com mais erros que a equipe Montes Claros, ao todo nove contra sete do oponente, o time venceu o quarto set por 21/19.

O maior pontuador a partida foi o oposto Evandro, com 21 acertos. O líbero Serginho levou o troféu Viva Vôlei da partida.

Em jogo de cinco sets, Sesi-SP vence Montes Claros de virada na Superliga masculina

Juan Saavedra, Agência Indusnet Fiesp

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540252398

Lucarelli marcou 20 pontos. Foto: Lucas Dantas/Fiesp

Foi mais difícil do que poderia supor a boa torcida que compareceu ao ginásio do Sesi Vila Leopoldina, em São Paulo (SP). Atuando em casa, a equipe do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) superou na noite de sábado (14/12) o time do Montes Claros Vôlei (MG). O placar do jogo foi de 3 sets a 2 (21/15, 20/22, 18/21, 21/13 e 15/13) em 2h15.

O ponteiro Murilo, do Sesi-SP, foi eleito o melhor em quadra e ganhou o Troféu Viva Vôlei – uma escolha do técnico Marcos Pacheco para valorizar o esforço do medalhista olímpico em seu processo de recuperação de uma cirurgia no ombro. A partida foi válida pela décima primeira rodada do turno da Superliga masculina 13/14 de vôlei. Com o resultado, o Sesi-SP acumula nove vitórias em dez jogos na competição.

Para o técnico Marcos Pacheco, o Sesi-SP cometeu um número excessivo de erros. “Montes Claros tem um time muito agressivo e foram competentes na proposta deles. Nós erramos demais. Erramos pontos de ataque, de saque”, analisou Pacheco após a partida.

Lucarelli, um dos destaques do jogo, com 20 pontos, disse que a postura do time deve melhorar para os próximos jogos. “A gente começou sacando muito bem, bloqueando muito bem, depois o bloqueio sumiu. Acho que essa foi a diferença”

De acordo com o central Rogério, a partida foi mais difícil do que imaginava. “A gente não trabalha para jogar do jeito que jogou hoje. O primeiro set a gente jogou muito bem, depois ficamos travados e deixamos eles gostarem do jogo. Mas fico feliz com a vitória.”

O jogo

No primeiro set, o Sesi-SP foi bem no ataque e no bloqueio, fundamental responsável por seis pontos: 21/15.

No segundo set, o Montes Claros soube aproveitar erros do Sesi-SP para empatar a partida: 20/22. A equipe mineira seguiu bem e com o ataque funcionando bem, conseguiu a virada: 18/21.

O Sesi-SP melhorou no bloqueio e conseguiu controlar o jogo até fechar em 21/13. No tie-break, os visitantes chegaram a abrir três pontos de vantagem, mas Lucarelli começou a atacar de todos os lados, levando a equipe à virada. O último ponto foi do central Rogério: 15/13.

Sesi-SP enfrenta Montes Claros no meio de semana e já convoca a torcida para o jogo contra o Cimed no próximo sábado, 14

Rodrigo Marinheiro, Agência Indusnet Fiesp

Equipe masculina do Sesi-SP tem o objetivo de somar mais seis pontos nos próximos dois jogos para continuar dependendo apenas de suas próprias forças para terminar o primeiro turno na liderança da competição. O time da indústria está na segunda colocação da Superliga com 14 pontos e é detentor da melhor defesa e da melhor recepção do torneio.

Na equipe, até o momento, são destaques os atletas com a melhor recepção e maior pontuação da Superliga 2011/2012, o ponta Léo Mineiro e oposto Wallace com 104 pontos, respectivamente.

Ciente de que tem uma tabela muito difícil nas próximas rodadas deste primeiro turno (Montes Claros fora de casa, Cimed/Sky em casa, Vivo/Minas fora de casa, Vôlei Futuro em casa e o Sada/Cruzeiro fora de casa), o técnico Giovane Gávio falou da importância de continuar somando pontos.

“Não tem jogo fácil nessa Superliga. Sabemos que é muito importante buscarmos sempre os três pontos para terminarmos o primeiro turno liderando a competição, mas é fundamental continuarmos evoluindo o nosso jogo. Os jogos fora de casa são sempre muito difíceis e contra o Montes Claros não será diferente. Em casa, nós também enfrentaremos rivais duríssimos em clássicos onde não existem favoritos”, disse Giovane. “Por isso, contamos com o apoio da nossa fanática torcida, são eles que podem fazer a diferença numa competição tão equilibrada como essa”, concluiu o treinador.

Serviço:
Superliga Masculina de Vôlei
7ª Rodada  8ª Rodada
BMG/Montes Claros x Sesi-SP
Data/horário: 11 de janeiro (quarta-feira), às 19h30
Local: Ginásio Poliesportivo Presidente Tancredo Neves
Endereço: Av. Lago Três Marias s/nº – Bairro Monte Carmelo; Montes Claros – MG
Data/horário: 14 de janeiro (sábado), às 21h
Sesi-SP x Cimed/SKY
Local:Ginásio SESI-SP Vila Leopoldina
Endereço: Rua Carlos Weber, nº 835 – Vila Leopoldina; São Paulo – SP.
Entrada franca

Sesi-SP vence o BMG Montes Claros e permanece invicto na Superliga

Flávia Dias, Agência Indusnet Fiesp

Um duelo de Titãs. Esta é a melhor definição para a partida entre os dois melhores times da Superliga Masculina de Voleibol, o Sesi-SP e o BMG Montes Claros, realizada na noite de quinta-feira (7) no Ginásio Marcello de Castro Leite, do Sesi Vila Leopoldina, na Capital.

As equipes disputaram ponto a ponto a liderança da competição. O apoio da torcida nas arquibancadas e as belas defesas do líbero Serginho, porém, foram decisivos para vitória do Sesi-SP por 3 x 2, parciais: 25 x 22, 25 x 20, 19 x 25, 17x 25 e 15 x 13 (tie-break), em 1h57 de jogo.

O time comandado pelo técnico Giovane Gávio é o único invicto na competição, com 12 vitórias e 24 pontos. Além disso, é líder no ranking de fundamentos por equipe, com aproveitamento de 38% no ataque.

No inicio da partida, a equipe mineira assumiu a liderança no placar. As jogadas do ponteiro Murilo pela esquerda foram decisivas para a virada no placar. O time paulista venceu a preliminar, por 25 x 22, em 27 minutos de jogo.

Destaque da segunda etapa, o líbero Serginho fez belas defesas e foi muito aplaudido pelos torcedores. A equipe paulista venceu o set, por 25 x 20, em 24 minutos de jogo.

Reação do time de Minas

No terceiro set, os jogadores do Montes Claros, mais entrosado, permaneceram à frente do placar. A equipe do Sesi-SP perdeu pontos importantes no bloqueio. Apesar dos gritos de incentivo da torcida, o time mineiro levou a melhor e venceu a preliminar por 25 x 19, em 25 minutos de jogo.

O BMG Montes Claros permaneceu na liderança durante todo quarto set. Apesar da forte marcação, o ponteiro Murilo, destaque da preliminar, fez grandes defesas e pontos importantes de bloqueio. Mas a equipe de Minas tirou proveito dos erros cometidos pelos jogadores do Sesi-SP e conquistou, com facilidade, a preliminar por 25 x 17, em 23 minutos de jogo.

A grande virada

Tensão a cada jogada e gritos de incentivo nas arquibancadas marcaram o quinto e decisivo set. O entrosamento da equipe do Sesi-SP foi decisivo para conquista do set e da partida, por 15 x 13, em 16 minutos de partida. Serginho, líbero da equipe da indústria, foi eleito o melhor jogador em quadra e recebeu o troféu Viva Volei.

O próximo desafio da equipe da indústria será no dia 13 de janeiro, contra o Londrina/Sercomtel, às 19h, no ginásio do Sesi Vila Leopoldina. O time paranaense ocupa 7ª posição, com 17 pontos.

Ficha Técnica
Superliga Masculina de Voleibol – 12ª Rodada
Sesi-SP X BMG Montes Claros
Local: Ginásio Marcello de Castro Leite – Sesi Vila Leopoldina
Endereço: Rua Carlos Weber, 835, Capital
Data/horário: 6 de janeiro, quinta-feira, às 21h
Placar: Sesi-SP 3 X 2. Parciais: 25 x 22, 25 x 20, 19 x 25, 17x 25 e 15 x 13 (tie-break), em 1h57 de jogo.

Equipes

Sesi-SP: Japa, Murilo, Sandro, Tiago Barth, Wallace e Sidão. Líbero: Serginho.
Entraram: Luciano, Pablo, Vini, Jotinha e Léo.
Técnico: Giovane Gávio

Montes Claros: Manius, Rodrigo, Leandro, Bruno, Alberto e Thiago. Líbero: Fábio
Entraram: Rodrigo, Alexander, Giovani e Everaldo.
Técnico: Cézar Douglas

Leia mais:

Acompanhe as notícias do Sesi-SP esporte

Sesi-SP estreia com vitória na Superliga de Voleibol

Flávia Dias, Agência Indusnet Fiesp

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540252398A cidade de Montes Claros, em Minas Gerais, foi o ponto de partida da equipe do Sesi-SP na disputa da Superliga de Voleibol Masculino 2009/2010.

Em um jogo eletrizante, a equipe paulista venceu o time de Montes Claros/Funadem, por 3 sets 1, nesta quinta-feira (3), no Ginásio Poliesportivo Tancredo Neves, em Minas Gerais.

“Foi uma partida emocionante, digna de um campeão paulista e um campeão mineiro”, afirmou Giovane Gávio, técnico do Sesi-SP, no final da partida.

Vários elementos contribuíram para o alto nível do jogo, principalmente a vontade dos jogadores de conquistar a primeira vitória na competição e a animação dos 4.800 torcedores mineiros, que promoveram um bonito espetáculo nas arquibancadas.

O primeiro set foi acirrado. As duas equipes disputavam ponto a ponto a liderança no placar e os pontos perdidos foram muito lamentados. Para delírio da torcida montes-clarence, a equipe mineira venceu a parcial por 27 a 25.

Na segunda etapa, mais adaptados à quadra, os atletas paulistas mantiveram-se à frente no placar e venceram por 25 a 20.

Defesa com o pé, lances de arrancar o fôlego da torcida e marcaram o terceiro set da partida, vencido pela equipe do Sesi-SP por 25 a 23. A parcial comprovou a qualidade técnica das duas equipes, tidas por muitos como grandes candidatas ao titulo da Superliga deste ano.

O quarto set durou quarenta e seis minutos e foi marcado por lances surpreendentes. A torcida mineira incentivava a equipe de Montes Claros na arquibancada, mas a comemoração final foi da equipe paulista, que venceu por 39 a 37. “Nunca participei de um jogo com o placar tão alto, decido em pequenos detalhes”, disse o treinador do Sesi-SP.

Duelo de campeões

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540252398O jogo de ontem foi marcado também pelo primeiro confronto de dois grandes nomes do voleibol brasileiro, Giovane Gávio, técnico do Sesi-SP, e Talmo de Oliveira, treinador da equipe de Montes Claros, que juntos conquistaram a inédita medalha olímpica de ouro, nas Olimpíadas de Barcelona, em 1992.

Novatos na competição, mas com o currículo de dar inveja aos demais clubes, as equipes do Sesi-SP e do Montes Claros/Funadem conquistaram títulos importantes durante a temporada 2009.

Criado no início deste ano pelo presidente da Fiesp, Paulo Skaf, o time que representa a indústria paulista conquistou a Copa São Paulo e o Super Paulistão. A equipe mineira, por sua vez, ganhou três competições regionais, dentre elas, o campeonato mineiro.

O próximo desafio da equipe do Sesi-SP será no sábado (05/12) às 13 horas, contra a equipe Brasil Vôlei Clube, em São Bernardo do Campo (SP), com transmissão ao vivo pela emissora SporTV.

Superliga

A Superliga Brasileira é a principal competição de voleibol do País. A edição 2009/2010 contará com a participação recorde de 17 clubes e promete ser a mais competitiva da história. O campeonato será disputado em dois turnos, classificando-se as oito melhores equipes para os plays-offs finais.

Giovane Gáveo lembra que os principais jogadores da seleção brasileira de vôlei estarão presentes no torneio “A torcida brasileira será a grande vencedora”, afirma o treinador do Sesi-SP.

Investimentos

O presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e do Sesi-SP, Paulo Skaf, anunciou, recentemente, novos investimentos na área de esporte de rendimento.

No próximo ano, serão investidos R$ 17 milhões na expansão da prática esportiva de alta performance e outros R$ 22 milhões em infraestrutura para a construção de novos espaços e modernização dos ambientes de treinamento.

“Nossa meta é dobrar o número de atletas, passando de 300 neste ano para 600 em 2010, além de acrescentar mais sete modalidades ao nosso escopo”, disse o presidente da Fiesp.

Além disso, o Sesi-SP promoverá no mês de dezembro uma peneira com garotos com idades de 13 e 17 anos para formação das categorias de base infanto-juvenil de voleibol.