Moldes ABM 2011 abordará inovação e competitividade

Agência Indusnet Fiesp (com informações de Associação Brasileira de Metalurgia, Materiais e Mineração)

Considerando a inovação um diferencial competitivo, a Comissão Organizadora do 9º Encontro da Cadeia de Ferramentarias, Moldes e Matrizes – Moldes ABM 2011 escolheu o tema Inovação nas ferramentarias – Soluções para o aumento da competitividade para nortear as discussões do próximo evento, em agosto deste ano.

“Vamos buscar trabalhos técnicos que foquem a questão da inovação porque acreditamos que este é o caminho para a implementação da competitividade”, assegura Wagner Aneas, membro da comissão.

Para Aneas, é necessário investir na profissionalização da gestão e nas novas tecnologias. “Precisamos criar produtos e processos mais competitivos. E tudo isso é tema para o nosso encontro, pois é um espaço onde se debate todos os problemas e podemos enxergar oportunidades. O Moldes ABM é um evento consolidado que procura difundir informação entre empresas e universidades”. Wagner enfatiza que, além de adquirir conhecimento e aplicá-lo na fábrica, durante o evento o profissional pode fazer network com possíveis parceiros, fornecedores e até clientes.

O estímulo para trabalhar esse tema é devido ao fato de a inovação ser uma demanda real do mercado neste momento. “O debate sobre inovação é algo recente. E já que o assunto é um novo desafio no setor, transformaremos isso em uma oportunidade”, propõe Aneas.

Competividade

Silvio Antonio Bauco, um dos coordenadores do evento, diz que a expectativa para a edição de 2011 é sempre otimista. “Este encontro é fundamental para a cadeia, precisamos fazer com que o setor seja mais unido para brigar pelo mercado. O cenário asiático, por exemplo, é forte e possui prazos bastante agressivos. Lá, os concorrentes se juntam para conquistar o mercado externo. Precisamos adquirir o mesmo pensamento aqui no Brasil”.

Já Carlos Eduardo Pinedo, coordenador técnico do Moldes ABM, afirma que a grande importância do evento é tornar a cadeia sempre mais competitiva. “Temos um problema de importação e, para melhorar esta questão, necessitamos não somente do trabalho da engenharia como também envolver os setores de Planejamento e Custos”.

Pinedo adverte ainda que só com competitividade no mercado interno este problema será diluído. “Enxergamos a cadeia de forma bastante ampla, por isso é preciso que haja melhor integração entre as áreas – como marketing, gerencial etc – para conseguir aprimorar o produto e vender no Brasil”.

O coordenador técnico tem a expectativa de que o evento seja crescente em relação a 2010. “O importante é ter mais participação do público e diversificação com a presença de diferentes setores da cadeia de moldes, como por exemplo: fornecedores de aço, tratamento térmico, projetistas de moldes, injetores, bem como os setores gerenciais, administrativos e de custos”.

Mesas-redondas

Em relação à programação, Pinedo comenta que os trabalhos técnicos podem tratar não somente de Engenharia, como também de Fabricação de Moldes e Sistemas de Controle. Quanto às mesas-redondas, serão debatidos os aspectos mais importantes do ano que passou e do próximo que virá. “A comissão analisa o cenário do segmento e define os assuntos mais relevantes para alavancar o setor brasileiro”. Além disso, o encontro também contará com palestras convidadas e selecionadas pela comissão.

O 9º Encontro da Cadeia de Ferramentarias, Moldes e Matrizes – Moldes ABM 2011 será realizado nos dias 10 e 11 de agosto de 2011, na sede da ABM – Associação Brasileira de Metalurgia, Materiais e Mineração – localizada à Rua Antonio Comparato, 218, no Campo Belo, em São Paulo.

Os interessados em apresentar trabalhos no evento devem enviar os resumos até o dia 4 de fevereiro, pelo site http://www.abmbrasil.com.br/seminarios/moldes/2011/. Os trabalhos podem abranger os temas de Gestão, Manufatura, Mercado, Projeto e Prazos.

Mais informações sobre inscrições de trabalhos pelo telefone (11) 5534-4333, pelo ramal 124, com Margareth (margareth.nunes@abmbrasil.com.br), ou pelo ramal 173 com Renata (renata@abmbrasil.com.br). Informações gerais sobre o evento pelo ramal 123, com Ludmila (ludmila@abmbrasil.com.br) ou 118, com Rosângela (rosangela@abmbrasil.com.br).