Indústria paulista se mobiliza contra dengue

Agência Indusnet Fiesp

As estações do ano de alta temperatura e de maior incidência de chuvas sempre trazem forte preocupação às autoridades da saúde do Brasil. Uma delas é o aumento do número de casos de dengue. Entre janeiro e fevereiro deste ano, 3.390 pessoas já contraíram a doença no estado de São Paulo, segundo dados do Centro de Vigilância Epidemiológica (CVE).

Os municípios paulistas com mais casos notificados são Ribeirão Preto (1.693), Bauru (241) e Taubaté (104), até 1º de março. Pelo levantamento do CVE nesse período, na cidade de São Paulo, 65 pessoas se infectaram localmente e 144 casos vieram de outras regiões.

A arma contra esse grande mal à saúde pública é a conscientização da população sobre o combate ao agente transmissor da doença, o mosquito Aedes Aegypti. Um trabalho que pode ser feito por todos, com atitudes simples no dia a dia.

A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) tornou-se mais um agente dessa conscientização, atendendo ao convite do Ministério da Saúde ao Comitê da Cadeia Produtiva da Saúde (Comsaude) da Fiesp. As entidades da indústria paulista (Fiesp, Ciesp, Sesi-SP e Senai-SP) divulgarão em seus canais de comunicação (site, intranets e newsletters eletrônicas) as informações da campanha.