Cesar Cielo elogia a estrutura do Sesi Vila Leopoldina

Flávia Dias, Agência Indusnet Fiesp

O medalhista olímpico Cesar Cielo em competição no Sesi Vila Leopoldina

Eleito o melhor atleta de nível técnico da 41ª edição do Troféu José Finkel de Natação, o nadador Cesar Cielo elogiou a estrutura do Sesi-SP Vila Leopoldina, anfitrião do evento encerrado neste sábado (25/08). “Gostei bastante da piscina, ela é rápida, bastante gente nadou bem”, comentou Cielo ao conversar com a reportagem.

“Espero que tenham mais competições aqui e que a gente utilize mais este espaço, que ficou muito bonito e muito prático para nós. Espero que tenha sido o primeiro de muitos campeonatos que a gente tenha aqui”, completou o nadador, campeão olímpico nos 50 metros livre (Pequim-2008) e bronze em Londres-2012 na mesma prova.

Para o supervisor de natação do Sesi-SP, Nilson Garbaz, quando a unidade na Vila Leopoldina se propôs a receber a competição, o objetivo era  o de oferecer uma estrutura no padrão visto em competições internacionais.

“Nós provamos que o Sesi-SP tem condições de sediar o mais importante campeonato de natação. As nossas instalações e piscinas comportaram os medalhistas olímpicos. Isso foi fundamental para mostrar para natação que nós somos uma equipe forte, poderosa e com um grande futuro pela frente”, afirmou Garbaz.

 

Leia mais

Vôlei do Sesi-SP: Paulo Skaf recebe medalhistas olímpicos Sidão, Dani Lins, Murilo e Serginho

Flávia Dias, Agência Indusnet Fiesp

Os medalhistas olímpicos e jogadores da equipe de vôlei masculino do Sesi-SP – o ponteiro Murilo, o líbero Serginho e o central Sidão – e a levantadora da equipe feminina, Dani Lins, visitaram a sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) na manhã desta quinta-feira (16/08), onde foram recebidos por Paulo Skaf, presidente das entidades.

O presidente da Fiesp e do Sesi-SP, Paulo Skaf, com os atletas do vôlei do Sesi-SP Sidão, Dani Lins, Murilo e Serginho. Os atletas de ouro e prata em Londres fizeram questão de homenagear o Sesi-SP colocando suas medalhas no presidente para a foto

 

Skaf elogiou o desempenho dos atletas da indústria paulista que integraram o time da seleção brasileira nos Jogos Olímpicos de Londres e conquistaram a medalha de prata. “Nós ficamos muito orgulhosos de saber que a indústria paulista, através do Sesi-SP, pode dar uma contribuição verdadeira ao Brasil com a participação destes nossos atletas nas Olímpiadas. E sempre se renova aquele sentimento de que está valendo muito a pena investir no esporte de rendimento ”, afirmou o presidente.

Eleito o melhor jogador no vôlei masculino nos Jogos de Londres, o ponteiro do Sesi-SP, Murilo, agradeceu o apoio: “O presidente Paulo Skaf acreditou neste projeto do voleibol. Estou nele [projeto] desde o inicio. Este é o meu quarto ano e me sinto muito honrado. E acho que essa medalha é um pouco de toda a família do Sesi-SP”, disse

Já o líbero Serginho dedicou a conquista da medalha de prata aos alunos e funcionários do Sesi-SP: “Eu posso dizer que sou um cara privilegiado por ter disputado três Olimpíadas e participar de três finais olímpicas. Então, quero que essa medalha seja dedicada aos alunos do Sesi-SP, de todos os CAT [Centro de Atividade] de todas as unidades, e que a gente seja exemplo dentro da quadra, mas principalmente fora dela. Que a gente possa passar o valores do esporte”, agradeceu Serginho.

Opinião compartilhada pelo central Sidão: “Com certeza esta medalha é para todo o Sesi-SP, para todas as crianças que estão sempre no ginásio torcendo pela gente, nos nossos treinos, nos nossos jogos. Então, quero agradecer de coração. Agora nós vamos começar mais uma turnê de campeonato e trazer mais medalhas para o Sesi-SP”, prometeu.

No final do encontro, o presidente da Fiesp e do Sesi-SP lembrou aos jogadores que eles são exemplos para crianças e adolescentes de todo o Brasil: “Ninguém chega onde vocês chegaram sem muita dedicação, muito esforço, trabalho, talento, vontade e determinação”, afirmou Skaf. “Vocês são campeões que dão exemplo no esporte e também em outras coisas. Porque ninguém se destaca, seja no esporte, no mundo empresarial ou em qualquer lugar, se não tiver muito talento e der o sangue para valer. Vocês são bons exemplos de brasileiros e nós todos ficamos muito felizes de fazermos parte de uma mesma família”, completou.

Um exemplo de dedicação foi dado pela levantadora do Sesi-SP, Dani Lins, que superou todas as críticas da imprensa especializada e desempenhou papel de destaque na conquista do bicampeonato olímpico. “Eu estava para ser cortada, mas mantive minha calma, a minha tranquilidade e consegui o meu lugar de titular, porque até então eu estava na equipe reserva até o jogo da Coreia. Foi maravilhoso, graças a Deus, poder ter ajudado o time a ser campeão olímpico, porque foi bem sofrido”, afirmou.

Fabiana e Tandara, medalhistas olímpicas e companheiras de equipe de Dani Lins, também estiveram na sede da Fiesp, na última segunda-feira (13/08), após desfilarem com as atletas da seleção brasileira em carro aberto do Corpo de Bombeiros, pelas ruas de São Paulo (veja mais aqui).

Durante todo o dia de hoje, os jogadores do time de vôlei do Sesi-SP recebem homenagens dos alunos e funcionários do Sesi-SP e de diretores do Ciesp/Fiesp pela conquista da medalha de ouro (seleção feminina) e prata (seleção masculina) nos Jogos Olímpicos 2012, realizados em Londres. Para fechar a programação com chave de ouro, os seis atletas medalhistas do Sesi-SP recebem uma homenagem dos alunos da unidade do Sesi Vila Leopoldina, às 14h.