Conheça a história da Medalha Tiradentes

Imagem relacionada a matéria - Id: 1539795039

Exemplar da Medalha Tiradentes

A Medalha Tiradentes é a comenda mais importante do Poder Legislativo do Rio de Janeiro, destinada a premiar personalidades que tenham prestado relevantes serviços à causa pública.

Foi instituída por ocasião das comemorações do bicentenário da Inconfidência Mineira, em 21 de abril de 1989, representando um marco histórico na perpetuação do Poder Legislativo do Estado do Rio de Janeiro.

Em seu anverso, traz a efígie do Protomártir da Independência, o republicano libertário, Alferes Joaquim José da Silva Xavier, Tiradentes. No seu reverso, a inscrição latina “Libertas Quae Sera Tamen” (Liberdade ainda que tardia), circundada pelo contorno geográfico do Brasil.

O prédio do Palácio Tiradentes, sede do Legislativo do Estado, constituiu-se num significado testemunhal, culminando por motivar a criação da comenda. Foi construído, em 1926, sobre os alicerces da então Cadeia Pública, para onde Tiradentes, advindo de sua prisão da Rua dos Latoeiros, foi conduzido e permaneceu em calabouço, por um curto período, aguardando a leitura da sentença de sua execução à forca, no Largo da Lampadosa, em 21 de abril de 1792.

Agraciados

Na lista de autoridades e personalidades contempladas com a láurea estão o Papa Bento XVI; Jacques Chirac, ex-presidente da França; Luiz Inácio Lula da Silva, ex-presidente do Brasil; ministros Luiz Fux (STJ) e Celso Amorim (Relações Exteriores); Geraldo Alckmin, governador de São Paulo; entre outros.

Empresas como Petrobras, Rede Globo, Infraero e Rede Record também já foram contempladas com a comenda.

A entrega da Medalha Tiradentes acontece anualmente no mês de abril.