Alunos do Senai Mooca demonstram maturidade na preparação para a etapa estadual

Edgar Marcel, Agência Indusnet Fiesp

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540004591

Anthony Silva, coordenador técnico do Senai Mooca

Quando chega o fim de semana todos querem diversão, mas alguns alunos da Escola Senai Morvan Figueiredo fogem à regra em prol de um objetivo. A unidade situada no bairro da Mooca tem cinco estudantes que disputarão a Olimpíada do Conhecimento em novembro, e eles não pensam em outra coisa a não ser realizar, até aos sábados e domingos, os ajustes finais para a competição.

Os jovens vão participar da etapa estadual do evento em cinco modalidades: Fresagem, Tornearia Mecânica, Tornearia Mecânica Adaptada, Desenho Mecânico em CAD e Web design. A disputa ainda não aconteceu, mas já antecipou resultados significativos para seus participantes.

“A preparação para a Olimpíada é interessante porque aproxima bem mais os rapazes ao mercado de trabalho. Três alunos nossos conseguiram emprego em função do treinamento, conduzido pela proatividade e iniciativa. E o conveniente é que o aprendizado no dia a dia ajuda no exercício para o torneio, como um intercâmbio”, explica Anthony Silva, coordenador técnico da unidade.

É o caso de Rodolfo Feitosa, 18 anos, que concluiu o Curso de Aprendizagem Industrial (CAI) na unidade e atualmente cursa o Técnico em Mecânica no Senai Brás. Ele conquistou um estágio há três meses em uma empresa multinacional de tecnologia de inovação em design.

“O fato de eu participar da Olimpíada do Conhecimento, na modalidade Desenho Mecânico em CAD, já me ajudou a conseguir uma vaga”, revelou.

Em busca do sucesso

Douglas Bezerra, 18 anos, fez o CAI em Mecânica de Usinagem, já trabalha no segmento e tem somente os finais de semana para se concentrar para a Olimpíada na modalidade Fresagem. “Mas estou tranquilo, me exercitando para não ter nenhuma surpresa negativa na hora das provas. Aqui tenho toda a estrutura e ambiente favorável”, ressaltou.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540004591

Rodolfo Feitosa (esq.) e Douglas Bezerra já estão inseridos no mercado de trabalho e treinam aos finais de semana para a Olimpíada do Conhecimento 2011



O estudante Debríscio Moura, 19 anos, concluiu o CAI em 2008 e atualmente cursa engenharia de Produção Mecânica. Alcançou o quarto lugar na etapa estadual em 2009 pela modalidade Tornearia Adaptada, e já conhece a pressão exercida sobre os concorrentes na disputa.

“No local da competição pessoas passam a todo momento nos olhando, falando, e qualquer distração de um segundo pode atrapalhar o trabalho de anos”, analisou Moura, ao apresentar notável habilidade com o maquinário durante o treinamento.

O estudante Debríscio Moura, 19 anos, concluiu o CAI em 2008 e atualmente cursa engenharia de Produção Mecânica. Alcançou o quarto lugar na etapa estadual em 2009 pela modalidade Tornearia Adaptada, e já conhece a pressão exercida sobre os concorrentes na disputa.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540004591

Debríscio Moura (esq.) e Gustavo Lima: concentração, foco no objetivo e planos para o futuro



O estreante em Tornearia Mecânica, Gustavo Lima, treinou por seis meses de domingo a domingo, sem descanso. Foi obrigado a diminuir o ritmo por uma causa especial. “Recentemente comecei a trabalhar, e fui obrigado a transferir minha preparação para os finais de semana. Concluí o CAI em Mecânica de Usinagem e pretendo ingressar no curso técnico em Mecatrônica, para no futuro ser professor no Senai”, planeja.

Apoio incondicional

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540004591

José Antonio Figueiredo Souza, diretor do Senai Mooca

Diretor do Senai Mooca há dois meses, José Antonio Figueiredo Souza relatou sua experiência com os alunos competidores no novo ambiente.

“Quando me aproximo durante o treinamento eles ficam retraídos, talvez por se sentirem pressionados, o que não é verdade. Isso está se revertendo naturalmente, mas se estivesse acompanhando o processo desde o começo eu seria parte da paisagem, não chamaria a atenção. Então os observo à distância, pois acho que eles devem fazer por si mesmos”, relata um bem humorado Figueiredo.

Diretor do Senai Mooca há dois meses, José Antonio Figueiredo Souza relatou sua experiência com os alunos competidores no novo ambiente.

Para ele, o fato de os alunos competirem é maravilhoso. “E se vierem com medalhas, os receberemos com festa, sorrisos e abraços. E se não ganharem nada terão a mesma recepção, pois eles superaram suas dificuldades, saíram do lugar comum, e isso é o mais importante”, considerou.

Vitória

A Escola Senai da Mooca recebeu uma ótima notícia na segunda-feira (9). O aluno Guilherme Augusto Franco de Souza conquistou a medalha de ouro na categoria Desenho Mecânico em CAD no WorldSkills 2011, o maior torneio de formação profissional do mundo realizado na semana anterior em Londres, Inglaterra.

Leia mais:

Conheça a página da Escola Senai Morvan Figueiredo