Sesi-SP Mauá cria turma do curso Aprenda a Clicar para deficientes visuais

Agência Indusnet Fiesp

A unidade de Mauá do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) iniciou no último sábado (20/09) curso inédito para deficientes visuais. Trata-se do programa de inclusão digital Aprenda a Clicar, que foi totalmente adaptado para atender desde pessoas com baixa visão até cegos. Todo o material didático utilizado nas aulas foi adaptado pela Escola Ítalo Bologna do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de São Paulo (Senai-SP), unidade instalada no município de Itu e que é especializada na inclusão profissional de pessoas com deficiência. O programa tem o apoio da Associação Mauaense de Apoio aos Deficientes Visuais (Amadevi) e da Previdência Social – Regional Santo André.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1539974031

Edson Lobato participa da primeira aula do Aprenda a Clicar. Foto: Divulgação

“Acho formidável esta inciativa do Sesi-SP de oferecer este curso a um público constantemente excluído. Acredito que irá fazer muito bem para todos nós, tanto pelo novo conhecimento, quanto pela autoestima, que se eleva a cada vez que somos vistos e cuidados. Agora o próximo passo é fazer com que nós mesmos, deficientes visuais, possamos aproveitar esta oportunidade”, afirmou o aluno Edson Lobato, presidente da Amadevi.


Para a aluna Eliane de Moraes Heraclio, o curso serve também como estímulo contra a depressão. “Esse curso vai ajudar muito minha autoestima, porque sei que vou conseguir aprender e não vou largar desta vez! Eu vou até o fim e melhorarei a cada dia. Também acho que essa agilidade que a gente usa aqui na aula serve para melhorar o dia a dia e inclusive vai me ajudar num tratamento que faço contra a depressão”, comentou.

A primeira programação será composta por duas turmas que totalizam 36 alunos, sendo 31 deficientes e cinco acompanhantes. As aulas serão ministradas aos sábados e terão duração de três horas. A unidade já aceita inscrições para novas turmas.

O curso é gratuito e integra o programa Educação Num Clique, que tem o objetivo de facilitar a inserção de jovens e adultos trabalhadores no mundo digital e ampliar seus conhecimentos para atuar no mercado de trabalho. Para se inscrever, o interessado deve ter idade mínima de 14 anos e cursar ou ter concluído o ensino fundamental.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1539974031

Para Eliane de Moraes Heraclio, curso ajudará inclusive no tratamento contra a depressão. Foto: Divulgação

Com duração de 30 horas, o curso Aprenda a Clicar inclui noções básicas de informática e uso de aplicativos como o Word, Excel e Power Point. O aluno também aprenderá conceitos de navegação segura, uso de e-mail e interação social na internet.

As aulas são realizadas em plataforma digital e os instrutores auxiliam os participantes no desenvolvimento do seu potencial. Ao se familiarizar com novas tecnologias e interagir com os outros participantes, o aluno tem a oportunidade de ampliar seu conhecimento, sua cultura e estar mais bem preparado para o mercado de trabalho. Ao término do curso, o aluno recebe certificado de participação.

Para se inscrever, é necessário apresentar original e cópia do RG, CPF e comprovante de residência. O candidato menor de idade deve estar acompanhado pelo pai, mãe ou responsável portando CPF e RG para efetuar a matrícula.

Serviço:
Curso Aprenda a Clicar para Deficientes Visuais
Inscrições na secretaria do Sesi-SP Mauá
Avenida Presidente Castelo Branco, 237 – Bairro Jardim Zaira
Turmas aos sábados em dois horários: das 9h às 12h e das 12h15 às 15h15.
(11) 4542-8951/ 8955
sumaua@sesisp.org.br

Sesi-SP de Mauá e de Franca recebem Projeto Ocupação Artística

Agência Indusnet Fiesp

Duas unidades do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) recebem, no fim do mês de maio, obras do Projeto Ocupação Artística. A entrada para visitar as duas obras é gratuita.

A partir do dia 28 de maio, o Sesi Franca apresenta a obra Jardim das Carpas. Assinada por Camila Mizutani, a intervenção artística, feita no chão do Teatro de Arena da unidade, apresenta um lago repleto de peixes que parecem flutuar sobre o concreto. A obra ficará em cartaz até maio de 2016.

Jardim das Carpas faz referência à tradição japonesa de cultivo de carpas ornamentais, os chamados nishikigois, cujo valor econômico costuma ser avaliado de acordo com as diferentes e exuberantes manchas coloridas estampadas pelo seu corpo. A beleza desses peixes, no entanto, está no fato de que nenhum é igual ao outro. Na cultura oriental a carpa significa sucesso, perseverança e determinação.

Já no Sesi Mauá, a ocupação artística Tchibum! será inaugurada no dia 30 de maio. Assinada pela dupla Pupillas, formada por Mariana Degani e Verônica Alves, a pintura eterniza o ato do mergulho de crianças na água, transmitindo a vivacidade, o movimento e a alegria desse momento.

O trabalho desenvolvido é um site specific, que consiste em obras idealizadas de acordo com as características do espaço a que se destina, neste caso, a caixa de água. As técnicas utilizadas para a execução da obra partem de aguadas coloridas, artifício utilizado com aquarela e transposto para as paredes, apelidado pelo duo de escorrimentos líricos. Esse efeito sobreposto e preenchido por outras camadas é a chave para a criação de uma textura que se poderia chamar de estampa aquática.

Sobre o projeto

Tchibum! e Jardim das Carpas integram o projeto Ocupação Artística no Sesi-SP, no qual espaços diversos, como muros, arquibancadas, jardins e janelas, se transformam em plataformas expositivas, recebendo interferências produzidas em diferentes técnicas e materiais. Criado em 2013, o projeto promove o contato do público com novas linguagens, oferecendo-as em locais de grande visualização e circulação.

Serviço

Ocupação Artística no Sesi-SP Mauá – Tchibum!
Local: Sesi Mauá – av. Presidente Castelo Branco, 237 – Jd. Zaira
Classificação indicativa: livre
Período expositivo: de 30 de maio de 2014 até 29 de maio de 2016 – de segunda a domingo, das 9h às 18h
Informações: (11) 4542-8977
Entrada gratuita

Ocupação Artística no Sesi-SP Franca – Jardim das Carpas

Local: Sesi Franca  – Av. Santa Cruz, 2.870 – Vila Scarabucci
Classificação indicativa: livre
Período expositivo: de 28 de maio de 2014 a 29 de maio de 2016 – de segunda a sexta, das 9h às 18h
Informações: (16) 3712-1600
Entrada gratuita


Renovada, a escola Sesi-SP na cidade de Mauá passa a atender mais de 1600 alunos

Guilherme Abati, Agência Indusnet Fiesp, de Mauá 

Na manhã desta sexta-feira (14/02), o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP), Paulo Skaf, inaugurou as novas instalações da escola Sesi-SP do Centro de Atividades Ministro Raphael de Almeida Magalhães, no município de Mauá, na região do grande ABC paulista.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1539974031

Com a modernização das instalações, os alunos do Sesi-SP Mauá passam a ter novos espaços pedagógicos. Foto: Everton Amaro/Fiesp

A unidade recebeu R$ 12,4 milhões de investimentos em equipamentos e modernização dos espaços pedagógicos.  A importância desses investimentos foi ressaltada pelo presidente da entidade, durante a cerimônia de inauguração. “Acredito que a educação pode transformar nossa sociedade. Se todos tivessem educação integral de qualidade, com práticas esportivas, com atividades culturais e boa alimentação, como as crianças do Sesi-SP têm, não teríamos mais a necessidade de presídios, assim como a Suécia”, disse Skaf.

A opinião é compartilhada pelo superintendente do Sesi-SP, Walter Vicioni Gonçalves. “Educar significa aprender junto. E é isso que os professores e educadores fazem: um movimento do aprender. É isso o que temos feitos nas 175 escolas espalhadas pelo estado”, afirmou, durante a cerimônia de inauguração.

Mais qualidade de ensino

Os alunos do ensino fundamental ministrado em tempo integral e também no ensino médio, com a modernização das instalações, passam a ter novos espaços pedagógicos.

As principais mudanças foram a construção do segundo laboratório de informática, reforma da biblioteca escolar, criação do laboratório de ciência e tecnologia, construção de sala multidisciplinar e de cozinha e refeitório com modernos equipamentos.

Skaf e os alunos da escola do Sesi-SP de Mauá: “Acredito que a educação pode transformar nossa sociedade”. Foto: Everton Amaro/Fiesp

Skaf e os alunos da escola do Sesi-SP: “A educação pode transformar nossa sociedade”. Foto: Everton Amaro/Fiesp


Atualmente, a escola atende 1.658 estudantes, sendo 672 no Ensino Fundamental, 224 no Ensino Médio e 762 na Educação de Jovens e Adultos.

A escola do Sesi-SP em Mauá oferece ensino fundamental em tempo integral, permitindo que os alunos permaneçam nos períodos da manhã e tarde na escola realizando vivências complementares de esporte, arte, cultura e tecnologia, além das refeições diárias compostas de café da manhã, almoço e lanche da tarde.

Benefício para toda a família

Imagem relacionada a matéria - Id: 1539974031

Os familiares dos alunos do Sesi-SP de Mauá podem fazer cursos, como de gastronomia, na escola. Foto: Everton Amaro/Fiesp

Em Mauá, não só os estudantes da unidade usufruem da estrutura de qualidade do Sesi-SP. Familiares dos alunos podem realizar atividades esportivas e frequentar as aulas de cursos de gastronomia e artesanato oferecidos na escola.

A unidade do Sesi-SP em Mauá é comemorada por toda a família de Robson Nogueira de Santos, aluno do terceiro ano do ensino fundamental. “É um benefício para a família toda. Eu, meu marido e minha mãe podemos fazer esporte aqui e aprender também”, afirma Rachel dos Santos, mãe de Robson. Apesar de morar em Santo André, município vizinho , Raquel não se importa de trazer o filho para escola em Mauá. “Não ia deixar meu filho sem estudar numa escola tão boa quanto essa”, diz.

Para o pai, o novo espaço é motivo de orgulho: “Meu filho conseguiu entrar no Sesi-SP em 2013, e isso é uma grande alegria pra mim”.

Mas, para a avó de Robson, Nadjara Maciera Nogueira, o maior fã do Sesi-SP é o seu neto.“Ele adora estudar aqui. É um menino inteligente e esforçado”, conta.

3 municípios do ABCD firmam parceria para participar do Programa Atleta do Futuro

Agência Indusnet Fiesp

As prefeituras de três municípios da região do ABCD – Ribeirão Pires, Mauá e Rio Grande da Serra – assinarão nesta sexta, em Mauá, convênio para formação esportiva do Programa Sesi Atleta do Futuro (PAF). A solenidade terá a presença do presidente do Sesi-SP e da Fiesp, Paulo Skaf, e de todos os prefeitos que estão aderindo ao programa.

Com a inclusão dessas cidades, o PAF passa a atender mais 1710 crianças e jovens na região. Hoje, o programa reúne 74 mil participantes entre 6 e 17 anos em 181 municípios.

Para Skaf, o PAF é uma referência em formação esportiva porque amplia as oportunidades de prática esportiva, gratuita e de qualidade para crianças e jovens.

“Cada vez mais crianças e jovens têm oportunidade de participar do PAF em todo o estado de São Paulo. Com esse programa de formação esportiva, oferecemos a oportunidade de descobrir talentos, preparamos nossos jovens para o futuro e formamos cidadãos para o país. Todos ganham com essa iniciativa. As crianças, que podem praticar diversas modalidades, os pais, que veem seus filhos interagindo e convivendo com jovens de sua idade, e as cidades, que podem atletas sendo criados em suas quadras”, diz Skaf.

Por se tratar de programa de formação esportiva com metodologia própria do Sesi-SP, as aulas esportivas são complementadas por intensa programação nos finais de semana com a participação da família. Todos os profissionais envolvidos passam por capacitações e os alunos têm acesso a todos os materiais necessários para a prática de diferentes modalidades de esporte.

Sesi-SP inaugura novas instalações do CAT de Mauá nesta sexta-feira (14/02), às 9h

Agência Indusnet Fiesp 

O Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) inaugura nesta sexta-feira (14/02), em Mauá, às 09h, as novas instalações da escola Sesi do Centro de Atividades Ministro Raphael de Almeida Magalhães. Com a reforma e a modernização das instalações, alunos ganharam novos espaços pedagógicos utilizados no ensino fundamental ministrado em tempo integral e também no ensino médio. O evento vai contar com a presença do presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e do Sesi-SP, Paulo Skaf.

No total, foram investidos R$ 12,4 milhões entre obras e equipamentos. As principais mudanças foram a construção do segundo laboratório de informática, reforma da biblioteca escolar, criação do laboratório de ciência e tecnologia, construção de sala multidisciplinar e de cozinha e refeitório com modernos equipamentos. Atualmente, a escola atende 1.658 estudantes, sendo 672 no Ensino Fundamental, 224 no Ensino Médio e 762 na Educação de Jovens e Adultos.

A entrega oficial das novas instalações é mais um passo para a consolidação do novo modelo educacional da entidade, iniciado em 2007, e que prevê a oferta de ensino fundamental em tempo integral, ensino médio articulado com a educação profissionalizante do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de São Paulo (Senai-SP) e a construção de cem escolas no estado.

As unidades já entregues oferecem equipamentos modernos e ambientes amistosos para o processo de aprendizagem.

Educação de excelência

A escola do Sesi em Mauá oferece ensino fundamental em tempo integral, o que permite que os alunos permaneçam nos períodos da manhã e tarde na escola realizando vivências complementares de esporte, arte, cultura e tecnologia, além das refeições diárias compostas de café da manhã, almoço e lanche da tarde.

O Sesi-SP desenvolve seu próprio material didático, um diferencial da metodologia conhecida como sistema Sesi-SP de Ensino que engloba processos de ensino, aprendizagem e pesquisa. Essa concepção educacional parte da perspectiva de que toda criança ou adolescente é capaz de aprender se lhe forem oferecidas boas situações de aprendizagem.