Seleção feminina de vôlei sentado conquista 5ª colocação nas Paralímpiadas

Flávia Dias, Agência Indusnet Fiesp 

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540251381

Atleta do Sesi-SP Janaina Cunha foi a maior pontuadora da partida, com 17 finalizações . Foto: Guilherme Taboada/CPB/Divulgação

A seleção brasileira feminina de vôlei sentado encerrou, com chave de ouro, sua participação na disputa dos Jogos Paralímpicos de Londres.

Nesta terça-feira (04/09), a equipe comandada pelo técnico do Sesi-SP, Ronaldo Gonçalves, e que conta com a participação de seis atletas da indústria paulista, derrotou o time da casa, a Grã-Bretanha, por 3 sets a 0. Parciais: 25/19, 25/10 e 25/07, no ExCel Arena, em Londres.

Com o resultado, a seleção brasileira conquistou o 5º lugar nos Jogos Paralímpicos de Londres, um feito inédito na história desta modalidade esportiva.

Uma das principais estrelas da competição, a jogadora do Sesi-SP Janaina Cunha, foi a maior pontuadora da partida, com 17 finalizações, sendo nove ataque, seis aces e dois bloqueios.

Leia mais

Acompanhe as notícias de esporte do Sesi-SP no site: www.sesisp.org.br/esporte

Seleção masculina de vôlei sentado é eliminada das Paralímpiadas

Flávia Dias, Agência Indusnet Fiesp

Seleção brasileira masculina de vôlei sentado. Márcio Rodrigues/CPB/divulgação

Seleção brasileira masculina de vôlei sentado. Márcio Rodrigues/CPB/divulgação

A seleção brasileira masculina de vôlei sentado está fora da disputa dos Jogos Paralímpicos de Londres. Em quadra, o atleta do Sesi-SP, Carlos Eduardo, e os demais jogadores do time brasileiro não resistiram a pressão da seleção da Rússia e perderem, de virada, por 3 sets a 2. Parciais: 25/18, 15/25, 15/25, 25/19 e 08/15 – partida realizada nesta quarta-feira (05/09), no ExCel Arena, pelas quartas de final da competição.

Com o resultado, o time do técnico Fernando Lages Guimarães foi eliminado dos Jogos Paralímpicos, mas o Brasil encerra a sua participação na disputa com um saldo positivo. Durante o torneio, a seleção conquistou duas vitórias (Ruanda e China) e três derrotas (Bósnia e Herzegovina, Irã e Rússia).

O jogo

No primeiro set, a seleção brasileira apresentou bom volume de jogo e abriu vantagem de sete pontos no placar, fechando a parcial em 25/18. No segundo e no terceiro sets, a seleção russa reagiu e venceu as parciais pelo mesmo placar, 15/25.

A equipe brasileira, no entanto, virou o jogo no quarto set, vencendo a parcial por 25/19, o que levou a disputa para o tie-break, porém, no quinto e último set, a equipe russa se reorganizou e, com facilidade, fechou a parcial em 15/08, ganhando a partida por 3 sets a 2.

Leia mais

Atleta do Sesi-SP brilha em vitória da seleção brasileira feminina de vôlei sentado

Agência Indusnet Fiesp, com informações do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB)

A Seleção Brasileira Feminina de Vôlei Sentado, que conta com seis atletas do Sesi-SP, venceu a Eslovênia, por 3 sets a 2 (25/17, 30/28, 19/25, 21/25 e 15/7), na tarde do domingo (02/09), e obteve a primeira vitória do Brasil nesta categoria em uma Paralimpíada.

O técnico do Sesi-SP e da seleção brasileira, Ronaldo Gonçalves, ficou satisfeito com o desempenho das atletas. “Esta é a primeira participação do Brasil no voleibol sentado feminino e muitos dirigentes elogiaram a nossa equipe. Hoje temos um time muito competitivo e que vai dar trabalho no futuro”, avaliou Gonçalves.

O destaque da partida foi a atleta do Sesi-SP, Jana, a maior pontuadora da partida, com 32 bolas no chão. “Somos um time que disputa a primeira paralimpíada e as meninas sentiram um pouco essa coisa de jogar com casa cheia. Ficamos ansiosas demais para esse jogo por causa da história com a Eslovênia, mas tivemos garra para sair daqui com uma vitória que mostra o nosso valor”, explicou a atacante, de 35 anos ao site do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB).

Nos últimos dois jogos contra as eslovenas, o time brasileiro perdeu no tie-break, o que tornou a partida do domingo bastante disputada. Apesar de ter vencido o primeiro set com facilidade, a seleção brasileira teve dificuldade em fechar os dois sets seguintes.

O próximo jogo do Brasil é contra o antigo rival EUA, nesta segunda-feira (03/09), às 15h30, e garante vaga na próxima fase.

Brasil x China
No sábado (07/09), a seleção brasileira perdeu a partida contra a China por 3 sets a 1.
O Brasil dominou o terceiro set, mas a seleção chinesa venceu o jogo.

Brasil x EUA 
A seleção brasileira perdeu a partida desta segunda-feira (03/09) contra as rivais norte-americanas por 3 sets a 0.

Veja outras notícias no site do Sesi em Londres: http://www.sesisp.org.br/esporte/equipes-do-sesi/sesi-em-londres.html

Leia ‘Sesi-SP é Brasil em Londres’, artigo de Paulo Skaf no Diário de S.Paulo

Agência Indusnet Fiesp

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540251381O jornal Diário de S. Paulo e a Rede Bom Dia publicaram na segunda-feira (23/07) um artigo de Paulo Skaf, presidente da Federação e do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp/Ciesp), e também do Serviço Social da Indústria (Sesi-SP), em que afirma que os investimentos da indústria em atletas de alto rendimento tem dois focos: contribuir para a presença do Brasil em competições nacionais e internacionais e criar “dentro de casa” exemplos nos quais alunos do Sesi-SP e milhões de outras crianças e jovens espalhados pelo Brasil querem e podem se espelhar.

Para acessar o artigo na íntegra, clique aqui.

Atletas do Sesi-SP são convocados para os Jogos Paralímpicos 2012

Flávia Dias, Agência Indusnet Fiesp

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540251381

Em pé: Carlos , Natahalie , Suellen, Janaina, Roberto Xavier, Ronaldo Oliveira e Ronaldo Pazini Sentado: Celio Mediato, Ana Paula, Aderlande, Gilvania e Luisa. Foto: Divulgação Sesi-SP

Superação, disciplina e trabalho em equipe. Estes valores fundamentais à prática esportiva estão presentes na vida dos atletas paralímpicos do Sesi-SP que, por meio de esporte, quebraram as barreiras impostas por limitações físicas. Agora, pelo menos oito deles terão a oportunidade de provar que estão prontos também representar o Brasil em disputas internacionais.

Luísa Lisboa, Carlos Augusto Barbosa, Aderlande Borges, Ana Paulo Araújo, Gilvania Lima, Janaina Petit, Nathalie Filomena e Suellen Cristine Delangelica estão na lista dos 182 atletas convocados para os Jogos Paraolímpicos de Londres, que acontecem no mês de julho na capital da Inglaterra.

A lista, divulgada pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) na última sexta-feira (22/06), traz outra boa notícia: a convocação do técnico do Sesi-SP, Ronaldo Gonçalves de Oliveira, e do auxiliar técnico, Celio Cesar Mediato, para dirigir a equipe brasileira de vôlei feminino sentado.

Veja a lista dos atletas convocados:

Bocha Paralímpica:
Luísa Lisboa
Voleibol Sentado Masculino
Carlos Augusto Barbosa

Voleibol Sentado Feminino
Aderlande Borges
Ana Paulo Araújo
Gilvania Lima
Janaina Petit
Nathalie Filomena
Suellen Cristine Delangelica

Comissão Técnica
Ronaldo Gonçalves de Oliveira – Técnico da seleção feminina de Voleibol Sentado
Celio Cesar Mediato – Assistente Técnico da seleção feminina de voleibol sentado