Jogos Estudantis do Sesi unem atletas e torcida em clima de harmonia esportiva

Celso Lopes, Agência Indusnet Fiesp

Os Jogos Estudantis do Sesi, que aconteceu no último sábado (11), em São Carlos (SP), superou expectativas dos organizadores e dos próprios atletas envolvidos na competição.

O evento contou com a participação de cerca de 1000 pessoas entre atletas na faixa de 13/14 anos, professores e torcida, reunindo as equipes campeãs da fase regional realizada em novembro, nas modalidades de handebol (feminino), voleibol (masculino e feminino) e futsal (masculino).

O clima de espírito esportivo, aliado à união de todos, contagiou Paulo Skaf, presidente da Fiesp, do Sesi-SP e do Senai-SP: “É muito bom ver o Sesi-SP unido. Temos aqui a adesão de mais de 80% dos alunos da rede nesta competição e isso é importante para continuarmos acreditando e investindo no esporte brasileiro”, sublinhou.

Cintia Ferreira, gerente de Esportes de Participação e Escolar do Sesi-SP, observou que os Jogos atingiram seus objetivos ao reforçar os valores do esporte, especialmente no que se refere a disciplina e colaboração mútua.

“Foi um dia de múltiplas atividades coexistindo harmonicamente entre todos os envolvidos. Novos amigos foram feitos, escolas foram integradas ao sadio espírito de competitividade. Não houve incidentes, enfim, tudo saiu como esperávamos”, ressaltou.

A gerente também afirmou que a participação das torcidas durante os jogos foi exemplar. E lembrou da partida final entre Mogi-Guaçu e Penápolis no voleibol feminino, que acabou virando uma grande festa, em meio a um clima de muita vibração.

Entre os destaques nas competições, houve participação de jogadoras da equipe de Monte Alto que foram selecionadas para o vôlei de rendimento da equipe do Sesi de Ribeirão Preto e acabaram ficando na terceira colocação nos Jogos Estudantis. “Mas era visível que aquilo pelo qual elas estavam passando era um grande aprendizado para suas vidas”, enfatizou Cintia.

Veja os resultados dos Jogos Estudantis do Sesi

Futsal Masculino
1º) CE 081 Suzano
2º) CE 113 Mogi das Cruzes
3º) CE 031 Itú

Handebol Feminino
1º) CE 255 Santa Rita
2º) CE 431 Suzano
3º) CE 031 Presidente Epitácio

Voleibol Masculino
1º) CE 176 Mogi Guaçu
2º) CE 293 Engenheiro Goulart
3º) CE 124 Itapetininga

Voleibol Feminino
1º) CE 136 Penápolis
2º) CE 176 Mogi Guaçu
3º) CE 227 Monte Alto

Leia mais:

Acompanhe as notícias do Sesi-SP esporte

Atletas fazem festa na grande final da II Copa Senai em Matão

Rubens Toledo, Agência Indusnet Fiesp 

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540058191

Paulo Skaf posa com campeões na modalidade futsal: time masculino sub-22 da Escola Senai Araraquara. Foto: Junior Ruiz

Com um torcedor ilustre nas arquibancadas, o presidente Paulo Skaf, equipes finalistas da II Copa Senai deram “o sangue” nas quadras do Centro de Atividades Azor Silveira Leite do Sesi de Matão, no último sábado (11).

O grito de campeão foi ouvido em cinco modalidades – futebol de salão, voleibol, basquetebol, tênis de mesa e xadrez – e em três categorias: sub-18, sub-22 e categoria livre, uma novidade nesta segunda edição.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540058191

Paulo Skaf posa com campeões na modalidade futsal: equipe feminina sub-18 do Senai Bauru. Foto: Junior Ruiz

“Só vejo vencedores aqui. Parabéns a todos e até a Copa de 2011”, Skaf disse aos 350 alunos competidores, após entregar, pessoalmente, os troféus e medalhas a cada vencedor.

Horas antes, o presidente da Fiesp/Ciesp/Sesi-SP/Senai-SP já havia acompanhado os Jogos Estudantis do Sesi, em São Carlos. Em Matão, Skaf foi recebido pelos diretores do Sesi e Senai e também pelo diretor do Ciesp matonense Roberto Cadioli.

Projeto educacional

A II Copa Senai consolida uma iniciativa inédita dos educadores, que apostam no esporte como instrumento de reforço na construção do caráter e da cidadania. “O ato de competir fortalece a disciplina e desenvolve o espírito de trabalho em equipe”, destacou Ricardo Terra, diretor do Senai-SP.

Participaram ao todo mais de 16 mil alunos, nas três fases da competição, além de quase uma centena de professores de Educação Física, dos quais 91 foram contratados no início do ano.

A ênfase no esporte – marca da gestão Skaf à frente das entidades da indústria paulista – levou os educadores a reintroduzir o ensino de Educação Física no currículo das Escolas Senai-SP, o que já traz ganhos no desempenho dos alunos.

Para os músculos e a mente

Segundo Lucas Parra, de São Carlos, campeão em Xadrez, na categoria sub-18, o esporte ajuda a garantir boas notas em Matemática. “A gente tem mais facilidade para calcular e resolver problemas”, falou o aluno.

Desde a fase interclasses até a finalíssima, Lucas disputou e venceu as 15 partidas que participou. Só faltou enfrentar o grande campeão mundial Mequinho, que esteve em Matão na mesma semana. “Seria uma honra enfrentá-lo”, acrescentou.

Sesi de Matão duplica capacidade de ensino

O Centro de Atividades Azor Silveira Leite – Sesi de Matão, palco da II Copa Senai, está duplicando sua área física. As obras iniciadas em 2009 e que já consumiram cerca de R$ 5 milhões representam dois novos prédios e reforma nos dois já existentes.

“Este investimento, num total de R$ 8 milhões aproximadamente, vai garantir ensino em regime de tempo integral em todas as séries do Ensino Fundamental”, informou o diretor Alexandre Minghin. A previsão é que as obras estejam concluídas em janeiro de 2011.

Segundo Minghin, a área de Esporte recebeu R$ 2,3 milhões em investimentos, aplicados em duas quadras cobertas, um campo de futebol society e instalação de 16 aquecedores em duas piscinas.

Jogos estudantis do Sesi-SP e Copa Senai reforçam investimentos da indústria no esporte

Celso Lopes, Agência Indusnet Fiesp

Dois acontecimentos esportivos marcaram o último sábado (11) para mais de 1.300 alunos das redes Sesi-SP e Senai-SP de todo o estado: os Jogos Estudantis do Sesi e a Copa Senai, realizados nas cidades de São Carlos e Matão, respectivamente. Os eventos contaram com a participação de Paulo Skaf, presidente da Fiesp e também das duas instituições.

A primeira parada de Skaf foi em São Carlos, nos Jogos Estudantis do Sesi. O presidente destacou o espírito esportivo de todos e o ótimo momento pelo qual passa a entidade, ressaltando, especialmente, os resultados obtidos ao longo de 2010.

Visivelmente satisfeito com o empenho dos alunos nas competições e com o envolvimento dos realizadores de ambos os eventos, Skaf chamou atenção para a união de todos.

“É muito bom ver o Sesi-SP unido. Temos aqui a adesão de mais de 80% dos alunos da rede nesta competição e isso é muito importante para continuarmos acreditando e investindo no esporte brasileiro”, sublinhou.

Alexandre Pflug, diretor de Esportes e Lazer do Sesi-SP, complementou o discurso de Skaf reforçando a questão da valorização da rede escolar do Sesi-SP/Senai-SP, em especial o fator humano.

Para Pflug, tão importante quanto a estrutura esportiva de Primeiro Mundo que as entidades da indústria oferecem aos seus alunos é saber que eles recebem suporte físico e emocional. “Do modo como os educamos até a forma como se alimentam, analiso que tudo faz parte de um conjunto que contribui para o sucesso desses jovens”, observa.

Copa Senai

Em Matão, durante a cerimônia de premiação, Paulo Skaf reforçou a filosofia de que o importante é competir e destacou a sinergia das equipes de voleibol, basquetebol, futebol de salão, tênis de mesa e xadrez.

“Todos são vencedores. Fico feliz em ver tantos jovens competindo e buscando superar suas metas pessoais, vindos de várias partes de nosso estado. Algo muito bom está acontecendo em todo o estado de São Paulo e envolvendo todos em uma grande sinergia. É, de fato, um grande estímulo”, enfatizou.

Alexandre Pflug observou que uma das principais ações que presenciou durante a gestão Skaf foi o grande apoio que a educação física recebeu do Sistema Fiesp. Ele sublinhou que eventos como a Copa Senai, que envolveu mais de 16 mil alunos na fase regional, transcendem o fato de ser apenas um acontecimento esportivo para transformar-se em um programa de esportes da rede.

“É importante salientar que a cada edição estamos atingindo um nível de excelência profissional e de infraestrutura cada vez maiores. Sinto que vivemos um momento único em toda nossa história esportiva”, concluiu Pflug.

Leia mais:

Acompanhe as notícias do Sesi-SP esporte