Foto: autoridades participam da abertura solene do 31º Encontro Econômico Brasil-Alemanha

Agência Indusnet Fiesp 

A presidente da República, Dilma Roussef, o presidente da Alemanha, Joachim Gauck, e os presidentes da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Paulo Skaf e Robson Braga de Andrade;  junto a autoridades brasileiras e alemãs, reuniram-se na tarde desta segunda-feira (13/05), para a abertura solene do 31º Encontro Econômico Brasil-Alemanha (EEBA 2013), que aconteceu no WTC, em São Paulo.

Na ocasião, a orquestra Bachiana do Sesi-SP interpretou os hinos da Alemanha e do Brasil,  regida pelo maestro João Carlos Martins.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1539857464

Autoridades na solenidade oficial de abertura do Encontro Econômico Brasil-Alemanha. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp

Na foto, da esquerda para a direita:

1 – [encoberto] Robson de Andrade, presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI)
2 – Fernando Haddad, prefeito de São Paulo
3 – Helena Chagas, ministra-chefe da Comunicação Social da República Federativa do Brasil
4 – Harald Braun, secretário-executivo do Ministério Federal dos Negócios Estrangeiros da da República Federal da Alemanha
5 – Fernando Pimentel, ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior da República Federativa do Brasil
6 – David Gill, secretário-executivo e chefe do gabinete presidencial da República Federal da Alemanha;
7 – Geraldo Alckmin, governador do Estado de São Paulo
8 – Joachim Gauck, presidente da República Federal da Alemanha
9 – Dilma Rousseff, presidente da República Federativa do Brasil
10 – Antonio Patriota, ministro das Relações Exteriores da República Federativa do Brasil
11 – Anne Ruth Herkes, secretária de Estado do Ministério da Economia e Tecnologia da República Federal da Alemanha
12 – Aloizio Mercadante, ministro da Educação da República Federativa do Brasil
13 – Hans-Jürgen Beerfeltz, secretário-executivo do Ministério Federal de Cooperação Econômica da República Federal da Alemanha
14 – Guilherme Afif Domingos, ministro da secretaria da Micro e Pequena Empresa da República Federativa do Brasil
15 – Ulrich Grillo, presidente da Confederação das Indústrias Alemãs (BDI)
16 – Paulo Skaf, presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp)

Dilma pede ao presidente alemão mais parcerias e reciprocidade entre Brasil e Alemanha

Alice Assunção, Agência Indusnet Fiesp

Ao encontrar-se reservadamente com o presidente da Alemanha, Joachim Gauck, durante o 31º Encontro Econômico Brasil-Alemanha 2013, a presidente da República, Dilma Rousseff, reiterou o interesse em aprofundar parcerias estratégicas com a nação germânica e aumentar a reciprocidade de comércio entre os dois países.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1539857464

A presidente Dilma Rousseff encontra-se com o presidente da Alemanha, Joachim Gauck. Foto: Everton Amaro/Fiesp

No ano de 2012, a Alemanha foi o quarto maior parceiro comercial do Brasil e o principal na União Europeia. “O Brasil tornou-se recentemente o quinto maior investidor externo na Europa, com crescente presença na Alemanha. Cerca de 1.600 empresários alemães estão no Brasil; em torno de 50 empresários brasileiros estão hoje na Alemanha”, afirmou a presidente Dilma Rousseff. “Isso é algo a comemorar principalmente no que se refere à novidade da participação de empresários brasileiros na Alemanha.”

Outro assunto tratado no encontro, segundo Dilma, foi o aumento do fluxo de comércio e investimento entre o Brasil e a Alemanha. Entre outras sugestões, a presidente chamou atenção para o estímulo à exportação de produtos brasileiros manufaturados.

“É importante também intensificar nosso intercâmbio comercial ampliando a participação de bens de maior valor agregado na pauta de exportações brasileiras, além de estimular parceria entre as pequenas e médias empresas dos dois lados, fomentando investimentos e parcerias societárias, as quais são um dos vetores da cooperação bilateral”, defendeu Dilma Rousseff.

Para o presidente da Alemanha, Joachim Gauck, a abertura do evento “é um belo dia para as relações bilaterais”. O chefe de Estado alemão disse que na reunião com Dilma foram discutidas as políticas de governo do Brasil. “Não conversamos apenas sobre assuntos econômicos, mas também sobre as prioridades do trabalho do governo da presidente. O que nos impressiona é a pequena taxa de desemprego”, afirmou Gauck.

Direitos humanos

A presidente Dilma Rousseff aproveitou o encontro para pedir ao governo alemão acesso a eventuais arquivos da Alemanha sobre direitos humanos que possam contribuir para as apurações da Comissão da Verdade instalada pelo governo brasileiro.  “Manifesto a minha admiração ao presidente Gauck por sua defesa aos direitos humanos. Pedi a ele acesso a arquivos que eventualmente beneficiem os trabalhos da Comissão da Verdade”, disse.

Ativista dos direitos humanos, o presidente alemão Joachim Gauck elogiou a criação da Comissão da Verdade e afirmou que enfrentar o passado é garantia fundamental para o desenvolvimento social.  “Trata-se de enfrentar o passado. E eu sou perito na matéria. Manifesto meu respeito pelo fato de a presidente Dilma Rousseff ter instituído a Comissão da Verdade. É importante apurar a verdade para devolver dignidade às vitimas”, afirmou.

Após ajudar a conduzir a revolução pacífica que derrubou a Alemanha Oriental comunista, Gauck lutou para assegurar que o povo tivesse acesso ao vasto arquivo de fichas pessoais, mantido pela a polícia secreta, após a reunificação, em 1990.

Sobre o EEBA

O 31ºEncontro Empresarial Brasil-Alemanha é realizado em parceria pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Confederação Nacional das Indústrias (CNI) e Federação das Indústrias Alemãs (BDI).

Dilma Rousseff e presidente alemão Joachim Gauck participam do maior evento de negócios entre Brasil e Alemanha

Agência Indusnet Fiesp

Os presidentes do Brasil, Dilma Rousseff, e da Alemanha, Joachim Gauck, estarão com empresários dos dois países no mais importante evento da agenda bilateral Brasil e Alemanha. Promovido em parceria entre a Confederação Nacional das Indústrias (CNI), sua congênere BDI e a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

O Encontro Empresarial Brasil – Alemanha (EEBA), ocorre nos dias 13 e 14 de maio, na capital paulista. São esperados dois mil empresários, aproximadamente, no evento.

O EEBA reúne desde a sua primeira edição, em 1974, autoridades governamentais e lideranças empresariais de ambos os países, para discutir a ampliação de investimentos, novas formas de cooperação e o fortalecimento do fluxo de comércio entre as duas nações.

Dados de 2012 apontam que exportações brasileiras para a nação germânica somaram US$ 7,27 bilhões (valor ainda considerável ante a diminuição de 19,5% em relação ao ano anterior), enquanto as exportações alemãs foram de US$ 14,2 bilhões.

Em sua 31ª edição, o evento deste ano foi moldado sob o lema “Cooperação Brasil-Alemanha para a Competitividade”, e a programação conta com painéis sobre parcerias entre setor público e privado – em ambos os países – e workshops para debater desafios relacionados às megacidades, entre eles: como agregar valor à matéria-prima, a gestão de megaprojetos e desafios do setor de energia.

Além destes, serão discutidos temas relacionados à inovação e pesquisa, à interação entre pequenas e médias empresas brasileiras e alemãs e à cooperação na área de saúde. O EEBA também engloba a realização da “40ª edição da Comissão Mista de Cooperação Econômica Brasil-Alemanha”, de cunho governamental.

Inscrições

O Encontro Empresarial Brasil – Alemanha é dirigido a empresários que possuam negócios ou tenham interesse em conhecer empresas alemãs com know how e expertise em tecnologia e inovação. Ou ainda gestores e diretores de pequenas e médias empresas que buscam inserção no mercado internacional.

A inscrição no evento é gratuita e pode ser realizada através do site www.eeba2013.com.br. Mais informações pelo telefone (11) 3549-4499.

Dilma Rousseff e Joachim Gauck confirmam presença no Encontro Empresarial Brasil-Alemanha 2013

Agência Indusnet Fiesp

Imagem relacionada a matéria - Id: 1539857464

Dilma Rousseff (Brasil) e Joachim Gauck (Alemanha) estão confirmados

A presidente da República Dilma Rousseff e o chefe de estado alemão, o presidente Joachim Gauck, têm presença confirmada no 31° Encontro Econômico Brasil-Alemanha (EEBA 2013).

O evento, que será realizado no Centro de Convenções World Trade Center, em São Paulo (SP), nos dias 13 e 14 de maio, é promovido em parceria entre a Confederação Nacional das Indústrias (CNI), sua congênere BDI e a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

A inscrição é gratuita, e os empresários que a efetivarem poderão fazer parte de rodadas de negócios, nas quais serão discutidas parcerias em grandes projetos de infraestrutura, energia, inovação e saúde. A credencial também dá acesso a painéis que tratarão sobre parcerias estratégicas bilaterais, fundamentais para a competitividade dos dois países.

Os interessados em participar do evento devem preencher a ficha de interesse no site oficial do 31° Encontro Econômico Brasil-Alemanha.

Para saber mais sobre o evento e conhecer a programação completa, acesse o site do EEBA no Portal da Indústria.