Unidade do Senai-SP em Jandira recebe R$ 16 milhões em investimentos

Adriana Santos, Agência Indusnet Fiesp, de Jandira

O presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de São Paulo (Senai-SP), Paulo Skaf, apresentou, na tarde desta sexta-feira (16/08), os investimentos realizados na Escola Senai Prof. Vicente Amato, instalada em Jandira (SP), a aproximadamente 38 kms da capital.

Ao todo, foram aplicados quase R$ 16 milhões na modernização das instalações e na atualização tecnológica dos equipamentos. O aporte foi destinado às áreas tecnológicas de Mecânica, Elétrica, Ferramentaria, Mecânica de Usinagem, Automobilística, Costura e Automação.

Durante a cerimônia de anúncio dos investimentos, Skaf chamou alguns alunos da unidade ao palco. Entre eles o aluno Caíque Dejuca, de 14 anos, estudante de Mecânica de Usinagem e do primeiro ano do ensino médio. Atualmente, a rotina do jovem consiste em acordar às 6h, sair de casa às 6h40, trabalhar numa indústria das 7h30 às 12h, acompanhar as aulas do Senai-SP à tarde e as do ensino médio à noite, voltando para descansar somente à meia-noite. “Esse é o povo do Brasil que merece respeito. O exemplo dele é o mesmo de milhares de jovens”, disse o presidente da Fiesp e do Senai-SP.

Skaf durante visita à escola do Senai-SP em Jandira: alunos são exemplo de trabalho e esforço. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp

Skaf durante visita à escola do Senai-SP em Jandira: alunos são exemplo de esforço. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp

 

Ao reparar que a quadra poliesportiva da unidade não era coberta, Skaf aproveitou para anunciar que a área vai ganhar uma cobertura em seis meses. “Agora não vai mais ter tempo ruim para a prática de esportes na unidade”.

O pai adotivo do Steve Jobs 

Diretor regional do Senai-SP e superintendente do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP), Walter Vicioni Gonçalves, destacou o quanto as duas instituições valorizam  o “trabalho bem feito”. “Podemos fazer um paralelo entre o Senai-SP e o pai adotivo do Steve Jobs, sempre citado por ele como um homem perfeccionista”, disse ele, numa referência ao fundador da Apple. “O Senai-SP também se inspira no culto à perfeição, transmite o valor do trabalho bem feito”, afirmou. “Os nossos professores também são assim e essa escola de Jandira é uma demonstração completa do ensino do Senai-SP”.

Vicioni: Senai-SP é exemplo de busca pela perfeição. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp

Vicioni: Senai-SP é exemplo de busca pela perfeição e valorização do trabalho. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp

O prefeito de Jandira,  Geraldo Teotonio, também fez questão de registrar a sua admiração. “Para a nossa cidade, é um orgulho receber vocês”, disse. “Sei que conhecimento é importante, mas tem coisa fundamental que o Senai-SP consegue fazer: criar condições para que se desenvolvam cidadãos para um país melhor”.

As obras

O prédio recebeu nova fachada, rampa, elevadores adaptados para deficientes, área coberta destinada ao curso de operador de empilhadeira e mobiliário novos. Também houve reforma nos sanitários e na secretaria.

Na parte tecnológica, os investimentos contemplaram a troca de computadores, a aquisição de novas máquinas de CNC, fresadoras e de CLP, kits de eletroeletrônica e substituição das máquinas de costura. A escola também ganhou um laboratório de metrologia, modernização do ambiente de ensino de solda e um laboratório de automação predial.

A unidade do Senai-SP em Jandira oferece mais de 60 cursos para os segmentos de vestuário, construção civil, metalmecânica, eletroeletrônica, tecnologia da informação, automotiva, gestão e logística.

Os programas são voltados a jovens que buscam formação para o primeiro emprego, jovens e adultos que procuram qualificação técnica e interessados em formação básica, especialização ou atualização tecnológica.

As modalidades de cursos oferecidas são: Aprendizagem Industrial (Mecânico de Usinagem, Ferramentaria, Eletricista de Manutenção e Assistente Administrativo); Técnico (Rede de Computadores e Eletroeletrônica) e Formação Inicial e Continuada (várias ocupações).

Neste ano, a escola prevê atingir 10,6 mil matrículas que atenderão os municípios de Jandira, Itapevi, Barueri, Cotia e Santana de Parnaíba. Importante: depois dos investimentos, houve um aumento de 30% no número de matrículas.