‘Atleta do Futuro’ do Sesi-SP beneficiará 420 alunos em Jacareí e Campos do Jordão

Guilherme Abati, Agência Indusnet Fiesp, de Campos do Jordão e Jacareí

O Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) firmou, nesta quarta-feira (20/08), convênio para o desenvolvimento da formação esportiva do Programa Atleta do Futuro (PAF) em Jacareí e Campos do Jordão. A iniciativa atenderá 420 alunos nas cidades.

Em Jacareí, 220 jovens entre seis e 17 anos terão aulas de futebol, futsal, handebol, rugby e voleibol. O convênio foi oficializado no Centro de Atividades (CAT) Karan Simão Racy da cidade.

Para o diretor da Divisão de Esporte e Qualidade de Vida do Sesi-SP, Alexandre Pflug, o PAF é positivo porque muitas cidades não têm orçamento para criar e manter um programa esportivo de qualidade. O Sesi-SP dá essa oportunidade, na sua visão. “Os investimentos do Sesi-SP em formação esportiva são vastos. Com o programa, pretendemos que os jovens tenham experiência em diversas modalidades esportivas”, disse.

A assinatura do PAF em Jacareí: futebol, futsal, handebol, rugby e voleibol. Foto: Tâmna Waqued/Fiesp

A assinatura do PAF em Jacareí: futebol, futsal, handebol, rugby e voleibol. Foto: Tâmna Waqued/Fiesp


Na avaliação de Ricardo Esper, diretor do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp) de Jacareí, que esteve presente na solenidade, a indústria dá mais um passo para o estímulo da formação cidadã dos jovens na região com a formalização do projeto. “O bom brasileiro nasce na escola, através do esporte”, afirmou.

Para Sandra Lopes, secretária de Esportes e Recreação de Jacareí, que esteve na cerimônia representando o prefeito Hamilton Mota, o programa dará aos jovens uma formação humana completa.

Campos do Jordão

Em Campos do Jordão, o programa atenderá 200 alunos, nas modalidades futebol e atletismo. A parceria foi assinada na sede da prefeitura local, no gabinete do prefeito Frederico Guirdoni.

Na cidade, os professores já foram capacitados pela equipe do Sesi-SP da região.

Futuros atletas na assinatura do PAF em Campos do Jordão: programa deve ser ampliado na cidade em breve. Foto: Tâmna Waqued/Fiesp

Futuros atletas na assinatura do PAF em Campos do Jordão: programa deve ser ampliado na cidade em breve. Foto: Tâmna Waqued/Fiesp

Na cerimônia de formalização do convênio, o prefeito pediu que o Sistema Sesi-SP de Ensino passe a ser implantado nas escolas municipais de Campos. Há previsão de que o PAF seja ampliado já nos próximos meses.

Com mais os dois convênios, o programa do Sesi-SP alcança 270 municípios no estado, com 147 empresas parceiras. São 27 modalidades ensinadas, 20 delas olímpicas.

Sesi-SP designa patronos das novas instalações esportivas do CAT de Jacareí

Guilherme Abati, Agência Indusnet Fiesp, de Jacareí

Os patronos da quadra poliesportiva e do campo de futebol society do Centro de Atividades (CAT) do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) Karan Simão Racy, em Jacareí, foram oficialmente designados em cerimônia nesta terça-feira (25/02). O evento contou com a presença do presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e do Sesi-SP, Paulo Skaf.

A partir de hoje, o ídolo do basquete brasileiro nas décadas de 1960 e 1970, Ubiratan Pereira Maciel, o Bira, falecido em 2002, e o jornalista e radialista esportivo Ângelo de Paula Ananias cedem seus nomes para as instalações esportivas da unidade do CAT.

Nascido em Jacareí, Ângelo de Paula Ananias agradeceu a homenagem do Sesi-SP. “Estou emocionado por receber uma homenagem como essa. Ser um dos patronos deste complexo esportivo é uma grande honra para mim”, disse o jornalista.

A cerimônia que destacou os patronos do CAT em Jacareí: homenagem. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp

A cerimônia que destacou os patronos do CAT em Jacareí: homenagem. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp


100 mil jovens atendidos

“É um momento muito importante para o esporte do Sesi-SP. Vemos, em ocasiões como essas, o carinho que o Sesi-SP têm com os alunos”, disse Alexandre Pflug, o diretor de Esportes e Qualidade de Vida da instituição, durante a solenidade. Segundo ele, mais de 100 mil jovens são atendidos através dos programas esportivos do Sesi-SP.

O presidente da Câmara Municipal da cidade, Edinho Guedes, o jornalista esportivo Osmar Santos, e a nadadora do Sesi-SP Daynara de Paula também estiveram presentes.

“Esporte e educação, é do que todos precisam. Espero que os alunos agarrem essa chance que o Sesi-SP dá”, disse Daynara.

Jogos Estudantis 2013: esporte e integração em dia de festa na unidade do Sesi-SP de Jacareí

 Isabela Barros, Agência Indusnet Fiesp, de Jacareí

Era difícil encontrar alguém parado. Nas quadras, corredores e campos de futebol da escola do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) em Jacareí, a 82 quilômetros da capital paulista, o que mais se via, neste sábado (23/11), eram adolescentes correndo ou jogando nas quadras e campos da unidade. Alguns, inclusive, na companhia dos pais. O motivo da festa? A disputa da final dos Jogos Estudantis 2013, isso na fase estadual, decidida em Jacareí e em outras três cidades: Matão (também neste sábado, 23/11), Araçatuba (em 09/11) e Votorantim (a ser realizada em 30/11).

A competição incluiu as modalidades de basquete feminino, vôlei masculino e feminino e futsal masculino. Isso além de atividades diversas para quem quisesse só se distrair, como tênis de mesa, pebolim, oficina de malabares, futebol de sabão, oficina de bijuteria e até uma cabine para tirar fotos.

“Os Jogos Estudantis existem para promover a integração entre os alunos”, explica o diretor da escola do Sesi-SP em Jacareí, Paulo Coelho. “Em todo o estado, a rede estimula a prática de esportes, ajuda a despertar talentos”.

De acordo com Coelho, a animação em torno do evento é tanta que os estudantes “já estão perguntando pela edição do ano que vem”. “Pensamos na educação de forma completa, com ensino de qualidade em tempo integral”.


Jogo de vôlei feminino na final dos Jogos em Jacareí: incentivo ao esporte. Foto: Isabela Barros/Fiesp

Partida de vôlei feminino na final dos Jogos em Jacareí: incentivo ao esporte. Foto: Isabela Barros/Fiesp


Segundo Marques, cada aluno do Sesi-SP participa de pelo menos 12 eventos de esporte e cultura aos finais de semana ao longo do ano.

Treino de basquete

As amigas Tainá Cristine Machado de Assis e Rafaelly Pereira de Lins, ambas de 14 anos e alunas do Sesi-SP em Caçapava, eram provas de como os Jogos Estudantis atraem a atenção dos alunos da rede. Entre uma cesta e outra do treino de basquete com atletas da equipe de rendimento da instituição, elas eram só elogios ao dia de esporte e recreação em Jacareí.

“A gente se diverte e aprende ao mesmo tempo no treino”, diz Rafaelly. “E ainda dá para conhecer muita gente”, completa Tainá.

Respectivamente técnicos das equipes sub 17 e sub 15 de rendimento do basquete feminino do Sesi-SP, Renato Zanolla e Pedro Funck Gambaini confirmavam a animação.

“Esse intercâmbio entre escolas é muito bom e incentiva inclusive a captação de alunos para as equipes”, diz Zanolla. “Os alunos adoram, se divertem. Para nós, é mais uma oportunidade de ficar de olho em novos talentos”, conta Gambaini.

Da esquerda para a direita: Gambaini, Marques, Coelho e Zanolla na missão de despertar talentos para o esporte. Foto: Isabela Barros/Fiesp

Da esquerda para a direita: Gambaini, Marques, Coelho e Zanolla na missão de despertar talentos para o esporte. Foto: Isabela Barros/Fiesp

Segundo o orientador de Esporte da escola do Sesi-SP A.E.Carvalho, no bairro de Artur Alvim, em São Paulo, Joel Militão Ferreira, os Jogos Estudantis são um “grande momento” no ano para muitos jovens. “Eles sempre saem querendo mais”, diz.

Envolvimento

Estiveram em Jacareí hoje alunos do Sesi-SP de cidades como Mauá, Ribeirão Pires, Suzano, Garulhos, São José dos Campos, Caçapava, São Paulo e Mogi das Cruzes.

Dentro do grupo dos visitantes de fora e vindos da capital paulista, os alunos Vitor Gonçalves e Diego Moraes Batista, ambos de 16 anos, foram dois que não se cansaram de circular por todas as áreas da escola da rede em Jacareí.

“A gente vem de boa vontade, gosta”, afirma Gonçalves. “E se envolve, dá para conhecer muita gente”, diz Batista.

Pais de Natan, de 12 anos, aluno do Sesi-SP de Jacareí, a dona de casa Maria do Carmo Castro Santos, de 50 anos, e o aposentado José Carlos dos Santos, de 53, foram até a escola acompanhar o filho neste sábado (23/11). “É uma ideia ótima essa dos Jogos, eles ficam integrados o dia todo. O Sesi-SP ajuda os alunos a se desenvolverem”, diz Maria do Carmo. “Ele adora”, reforça Santos.

Santos e Maria do Carmo: companhia para o filho no sábado do Sesi-SP em Jacareí. Foto: Isabela Barros/Fiesp

Santos e Maria do Carmo: companhia para o filho Natan em Jacareí. Foto: Isabela Barros/Fiesp

A banda

Além dos alunos que jogam e daqueles que aproveitam as atividades recreativas oferecidas, os Jogos contam ainda com a participação de estudantes voluntários, que ajudam na organização e na realização do evento.

Foi o caso de Leonardo Martins, de 16 anos, e Rafael Santos, de 17, matriculados no ensino médio do Sesi-SP de Jacareí e que, junto com o universitário Gabriel Martins, de 21 anos, formaram a banda que animou a competição na escola.

“Canto sozinho e vou lançar o meu primeiro CD no final do ano. Nos reunimos apenas para tocar nos Jogos”, explica Martins. “Sempre tocamos aqui na escola, nos saraus, por exemplo”, diz Santos.

Fazendo sucesso entre os participantes das disputas, a banda era outro exemplo da integração promovida pela iniciativa. “Os Jogos existem para aproximar os nossos alunos”, resume o diretor de Esportes e Qualidade de Vida do Sesi-SP, Alexandre Pflug.


Jogos Escolares do Sesi-SP chegam à última fase com cerca de 2.400 estudantes

Agência Indusnet Fiesp

A fase estadual dos Jogos Escolares do Sesi-SP (JES) começa no sábado (09/11), em Araçatuba. As atividades prosseguem nos dias 23 de novembro, em Jacareí e Matão, e no dia 30 de novembro, em Votorantim. No total, é prevista a participação de aproximadamente 2.400 estudantes.

Cada um desses quatro municípios tem competições autônomas, agrupando, por critérios de proximidade geográfica, os representantes das oito escolas vitoriosas em cada modalidade esportiva na fase intermunicipal. Ao final, a fase estadual consagra quatro campeões – um por município. A fórmula visa evitar que os alunos se desgastem com longos deslocamentos.

A programação dos Jogos tem três modalidades esportivas: vôlei (feminino e masculino), basquete (feminino) e futsal (masculino). Conforme o regulamento, o sistema que define o campeão é o mesmo: equipes separadas em grupos nas fases eliminatórias e mata-mata nas finais.

A presença de atletas do Sesi-SP também é bastante esperada. São representantes de diversas modalidades convidados para ministrar oficinas de esporte. Eles têm ainda a missão de assessorar os times durante os jogos.

Já estão confirmadas as presenças do campeão de triatlon Reinaldo Colucci, em Matão, e de atletas dos times de badminton, judô e da base do vôlei em Araçatuba. Mais atletas devem ser confirmados até a data de cada um dos eventos.

Os Jogos Escolares do Sesi-SP são a maior competição esportiva estudantil de toda a rede Sesi de ensino, envolvendo alunos do 1º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio. A competição é organizado em quatro fases distintas: torneio infantil, fase intercalasses, intermunicipal e estadual.  As primeiras fases chegaram a contar com 38.000 alunos do Sesi-SP.

Serviço

Data dos Jogos

09/11/2013 – Araçatuba
23/11/2013 – Jacareí e Matão
30/11/2013 – Votorantim

Sesi-SP inaugura novas instalações em Jacareí; unidade do Senai-SP no município deve ficar pronta em 2015, diz Paulo Skaf

Alice Assunção, Agência Indusnet Fiesp

Além da reforma e novas estruturas da escola do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP), a cidade de Jacareí vai receber uma nova escola do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de São Paulo (Senai-SP).

A obra deve ficar pronta até meados de 2015.

O anúncio foi feito por Paulo Skaf, presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), do Sesi-SP e do Senai-SP, ao participar na manhã desta sexta-feira (24/05) da inauguração de novas instalações do Sesi-SP na cidade.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1537756626

Paulo Skaf cerimônia de inauguração do Sesi-SP Jacareí. Foto: Ayrton/Vignola/Fiesp.


Pouco depois das 9h, Skaf chegou à escola e foi recebido por professores, pela diretoria da unidade e pelos alunos.

Durante seu discurso de inauguração, ele anunciou a construção do Senai-SP.

“Vamos construir um Senai-SP aqui pertinho. Se tudo ocorrer como o esperado, vamos iniciar a obra em junho. É uma obra de pouco mais de um ano e meio. Então, provavelmente em 2015 teremos uma escola Senai-SP”, afirmou Skaf.

Sesi Jacareí

O projeto das novas instalações da escola do Sesi-SP inclui 19 salas de aula, uma área de convivência, uma biblioteca escolar com acervo atualizado, dois laboratórios de informática educacional, um laboratório de ciência e tecnologia, um laboratório de química, física e biologia, uma sala multidisciplinar, uma sala de atendimento aos pais, cozinha com despensa e refeitório e quadra poliesportiva coberta.

Dos 980 estudantes, 449 são atendidos em tempo integral de ensino. A unidade oferece ensino fundamental em tempo integral, o que permite que os alunos permaneçam nos períodos da manhã e tarde na escola realizando vivências complementares de esporte, arte, cultura e tecnologia, além das refeições diárias compostas de café da manhã, almoço e lanche da tarde.

A escola também oferece ensino médio para 190 alunos, sendo 88 deles também estudantes do ensino técnico do Senai-SP, e educação para jovens e adultos, beneficiando 215 pessoas.

Em seu pronunciamento, Skaf disse que a estrutura é importante, mas papel principal é do professor. “Se o professor não tiver a paciência, não oferecer equilíbrio, não adianta ter construções bonitas. Dentro das escolas do Sesi-SP, nós temos professores treinados, que realmente se preocupam em passar seus conhecimentos.”

“Aproveitem a escola, aprendam o máximo, pratiquem esportes, explorem essa escola”, aconselhou Skaf aos alunos que participaram da cerimônia de inauguração.


Ênfase na relação professor-aluno

Pouco antes, o superintendente do Sesi-SP e diretor regional do Senai-SP, Walter Vicioni Gonçalves, reafirmou o compromisso da entidade no crescimento pessoal dos alunos do Sesi do Senai a partir da sua relação com o professor.

“O desenvolvimento só pode acontecer com o crescimento das pessoas. O Sesi-SP e o Senai-SP têm um papel importantíssimo nesse processo”, afirmou.

O Sesi-SP desenvolve seu próprio material didático, aplicando a metodologia conhecida como Sistema Sesi-SP de Ensino, que engloba processos de ensino, aprendizagem e pesquisa.

“O nosso sistema de ensino tem foco principal na relação do professor com o aluno e se baseia no aprender e não no ensinar. Então os esforços dos nossos professores estão voltados para que o aluno aprenda da melhor maneira”, completou Vicioni.

O vice-prefeito de Jacareí, Adel Charaf Eddine também participou da ocasião e colocou a Prefeitura à disposição para apoiar novos projetos da Fiesp na área de educação na cidade.

“Para nós é importante que a Prefeitura esteja em parcerias com a Fiesp. Jacareí é uma cidade que cresceu muito e queremos crescer juntos com vocês”, afirmou Eddine ao diretores presentes e a Paulo Skaf.