Sesi-SP assina convênio para a formação esportiva de 460 jovens em Itapeva

Alice Assunção, Agência Indusnet Fiesp, de Itapeva

O Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) assinou mais um convênio para formação esportiva de crianças e adolescentes na manhã desta quarta-feira (02/07). Dessa vez, o Programa Atleta do Futuro (PAF) contemplou a cidade de Itapeva, a quase 300 quilômetros da capital paulista.

Cerca de 460 crianças devem ser treinadas por 21 professores, já capacitados pelo Sesi-SP, nas modalidades voleibol, judô, karatê, ginástica artística, futsal, basquetebol e futebol. 

Assinaram o convênio o prefeito de Itapeva, José Roberto Comeron, e o diretor da Divisão de Esportes e Qualidade de Vida do Sesi-SP, Alexandre Pflug. “O jovem precisa de educação e o esporte traz essa possibilidade”, disse Pflug. 

Pflug (o segundo da direita para a esquerda) e autoridades em Itapeva: “O jovem precisa de educação e o esporte traz essa possibilidade”. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp

Pflug (o segundo a partir da direita) e autoridades em Itapeva: “O jovem precisa de educação e o esporte traz essa possibilidade”. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp


Após assinar o convênio, o diretor do Sesi-SP se comprometeu a trazer atletas da instituição, como o judoca Bruno Mendonça, que integra a seleção brasileira, para realizar clínicas com os participantes do PAF. 

“O Bruno Mendonça vai ser de bom ganho para as crianças do judô de Itapeva”, disse Pflug. Há um grupo de atletas dessa categoria na cidade que disputa torneios regionais. “Atletas são exemplos positivos”, completou Pflug.

Na avaliação do prefeito Comeron, a implementação do PAF na cidade contribui para que “o esporte em Itapeva seja visto com outros olhos”.

O secretário de Esportes da cidade, Rogério Galvão, o Papita, também participou do momento da assinatura. Ele já participou de uma capacitação do PAF em São Paulo. 

“Participei de uma capacitação do PAF no Ibirapuera. Para gente que trabalha com esporte, esse projeto vem no momento certo, para massificar nossos departamentos menores e fortalecê-los”, disse.

Formação Esportiva

Voltado para crianças e adolescentes entre 6 e 17 anos, o Programa Atleta do Futuro abre as portas para a forma de potenciais atletas. O projeto é divido em três fases. 

No que se refere as crianças de seis a oito anos, os instrutores trabalham para promover qualidade de vida, integração e socialização por meio de jogos e brincadeiras lúdicas. A partir dos oito anos, os participantes do programa iniciam a prática esportiva, conhecendo diversas modalidades. 

Dos 11 aos 17 anos, o aluno escolhe uma modalidade e a passa cumprir treinos específicos. Nesta fase, os atletas podem representar a equipe do Sesi-SP em competições estaduais e nacionais. 

Sesi-SP inaugura escola em Itapeva. Em 2011, foram investidos R$ 700 milhões em educação

Edgar Marcel e Rosângela Gallardo, Agência Indusnet Fiesp

Foi inaugurada na manhã desta sexta-feira (2) a escola Sesi-SP em Itapeva (289 km de São Paulo), localizada na Avenida Kazumi Yoshimura, 430, Parque Industrial. A unidade inova com a implantação do ensino em tempo integral, que permite aos alunos do fundamental permanecer nos períodos da manhã e tarde na escola, realizando atividades complementares esportivas, artísticas, culturais e tecnológicas, além das refeições diárias compostas de café da manhã, almoço e lanche da tarde.

“A indústria está trabalhando para que as escolas do Sesi-SP ofereçam ensino de qualidade das 8h às 17h, com alimentação balanceada, diversas atividades nas áreas de música, esporte e lazer, além de saúde”, afirmou Paulo Skaf, presidente da Fiesp/Ciesp/Sesi e Senai-SP, durante a solenidade. Ele destacou que os alunos também terão acesso ao Ensino Médio e à Educação de Jovens e Adultos.

Skaf, que está inaugurando a segunda escola este ano, revelou que só em 2011 foram investidos R$ 700 milhões em escolas do Sesi e do Senai-SP. “Nunca a indústria paulista trabalhou tanto em prol da educação neste país”, sublinhou o presidente, ratificando que as instituições são os braços educacionais da indústria no Estado de São Paulo.

Na tarde desta sexta-feira (2), a cidade de Boituva também foi contemplada com uma escola do Sesi-SP (a terceira inauguração deste ano), localizada na Rua José Edson Machado de Oliveira, 105, Bairro Pau D’Alho.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1539779328

Vista parcial da escola do Sesi-SP em Itapeva. Somente em 2011, indústria paulista investiu R$ 700 milhões em educação.


“Minha experiência de 42 anos na área educacional, atuando também como consultor da Unesco e do Banco Mundial, me ensinou que o futuro depende do acaso e da vontade. A indústria paulista teve aporte para reunir estes dois componentes com Paulo Skaf, que é um líder que efetivamente tem vontade de fazer”, declarou Walter Vicioni, diretor regional do Senai-SP e superintendente operacional do Sesi-SP.