Encontro Cena Livre do Sesi-SP traz o tema Memória e Cidade

Agência Indusnet Fiesp

O Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) apresenta o Encontro Cena Livre 2014 – edição Memória e Cidade, que reúne 21 espetáculos teatrais em quatro municípios do Estado: Araraquara, Campinas Amoreiras, Itapetininga e Rio Claro, de 20 a 30 de novembro. A programação gratuita destaca novas montagens de diversos gêneros – produzidas pelos orientadores de artes cênicas e alunos do módulo Múltiplas Linguagens dos Núcleos de Artes Cênicas (NACs) da instituição.

Neste ano, que contou com inscrições de alunos de todo o Estado de São Paulo, cerca de 450 educandos desenvolveram estudos sobre a memória cultural e histórica de suas cidades. “O objetivo é estimular os participantes a uma reflexão sobre seus próprios ambientes, propondo a busca por algo importante na sua comunidade, que pode ser representado por meio do teatro”, afirma Álvaro Filho, gerente de projetos culturais do Sesi-SP.

De acordo com Maristela Teodoro de Sá, analista de projetos culturais da área de Artes Cênicas do Sesi-SP, o tema oferece a possibilidade de um rico diálogo da arte com as cidades e seus habitantes. “O tema foi pensado para que os participantes pudessem olhar para o ambiente onde estão, para que cada um pudesse apresentar sua cidade e se ver refletido nela”, complementa Maristela.

Há dois anos, o Módulo Múltiplas Linguagens conta com a assessoria de cinco renomados dramaturgistas, egressos do Núcleo de Dramaturgia Sesi-British Council, coordenado por Marici Salomão. Felipe de Moraes, Alessandro Toller, Murilo de Paula, Gustavo Colombini e Marco Catalão acompanharam os NACs durante todo o ano, ministraram oficinas, participaram de encontros e treinamentos e auxiliaram na pesquisa e na escrita dos textos encenados.

As sessões são seguidas por um bate-papo com os dramaturgistas. A expectativa é de cerca de 5.000 espectadores nos 21 espetáculos previstos para esta edição.

O Cena Livre integra um conjunto de ações artístico-pedagógicas e representa um modelo de excelência e qualidade em cursos livres de teatro no Brasil. “A iniciativa contribui para a participação efetiva da comunidade, dos alunos e de seus familiares, assim como promove a integração, o respeito e a inclusão, marcas da atuação do Sesi-SP no fomento às artes”, destaca Álvaro.

Maristela acrescenta ainda que a proposta é a experimentação dos mais diversos elementos da criação teatral para que o aluno possa, ao final do processo, apresentar um resultado artístico completo. “O evento é a oportunidade de unir os NACs de todo o Estado e compartilhar seus espetáculos com os colegas e o público em geral, um momento proveitoso para discutir os processos de aprendizagem, assim como o fazer artístico”, finaliza.

Sobre os NACs

Os Núcleos de Artes Cênicas (NACs) do Sesi-SP realizam atividades gratuitas de difusão cultural e ações pedagógicas de iniciação teatral por meio dos cursos livres promovidos anualmente. Os NACs estão localizados em 22 unidades do Sesi-SP na capital e no interior do Estado. O programa, criado em 1987, tem como objetivo melhorar a qualidade de vida dos participantes e colaborar com o exercício da cidadania – especialmente pela expansão de ideias que a produção artística proporciona.
Confira as peças que integram o projeto Cena Livre 2014:

• Casarão 82: um Voo Urbano (NAC Cidade A. E. Carvalho) – Duração: 60 minutos / Não recomendado para menores de 10 anos

• Os Ditos Sujos (NAC Araraquara) – Duração: 50 minutos / Não recomendado para menores de 14 anos

• A Senda e a Quimera (NAC Birigui) – Duração: 60 minutos / Livre para todos os públicos

• Agô, Licença para Contar (NAC Campinas Amoreiras) – Duração: 60 minutos / Não recomendado para menores de 12 anos

• Não Passasse aqui e Era Nada (NAC Franca) – Duração: 60 minutos / Não recomendado para menores de 10 anos

• Contos de Amores Esquecidos (NAC Itapetininga) – Duração: 70 minutos / Não recomendado para menores de 14 anos

• Vilamar (NAC Marília) – Duração:40 minutos / Livre para todos os públicos

• Estação Cidade (NAC Mauá) – Duração: 60 minutos / Livre para todos os públicos

• Belle Époque (NAC Mogi das Cruzes) – Duração: 65 minutos / Não recomendado para menores de 16 anos

• Ariedaval (NAC Osasco) – Duração: 45 minutos / Livre para todos os públicos

• Que História É Esta? (NAC Piracicaba) – Duração: 50 minutos / Livre para todos os públicos

• Pedro ou A Triste História sobre como um Escravo Livre Ascendeu à Santidade (NAC Ribeirão Preto) – Duração: 90 minutos / Não recomendado para menores de 14 anos

• Claustrum (NAC Rio Claro) – Duração:60 minutos / Não recomendado para menores de 14 anos

• A Outra Margem (NAC São José do Rio Preto) – Duração: 45 minutos / Não recomendado para menores de 16 anos

• Fragmentos de um Perímetro Poético, Urbano e Censurado (NAC Santo André) – Duração: 60 minutos / Não recomendado para menores de 12 anos

• Rio dos Santos Inocentes (NAC Santos) – Duração: 60 minutos / Não recomendado para menores de 12 anos

• Greve. Ação… Fusca Azul! (NAC São Bernardo do Campo) – Duração: 55 minutos / Livre para todos os públicos

• Memória dos Micuins (NAC São José dos Campos) – Duração: 80 minutos / Não recomendado para menores de 12 anos

• Terra dos Aflitos (NAC Vila das Mercês) – Duração: 60 minutos / Não recomendado para menores de 12 anos

• 299 – Uma História que Passa pelo Real mas É Totalmente Ficcional (NAC Vila Leopoldina) – Duração: 60 minutos / Não recomendado para menores de 16 anos


Serviço:

Encontro Cena Livre 2014 – edição Memória e Cidade

Período do evento: de 20 a 30 de novembro

Locais: Araraquara: (16) 3337-3100 | Campinas Amoreiras: (19) 3772-4184 | Itapetininga: (15) 3275-7949 | Rio Claro: (19) 3527-3120

Entrada gratuita

 

Mais informações do Encontro Cena Livre 2014 nos links com a programação de cada cidade: 

Araraquara: dias 22 e 23/11 – http://migre.me/mFMqr

Campinas Amoreiras: dias 20, 21, 22 e 23/11 – http://migre.me/mFMA6

Itapetininga: dias 29 e 30/11 – http://migre.me/mFMER

Rio Claro: dias 20, 21, 22 e 23/11 – http://migre.me/mFMKz

Sesi-SP abre mostra gratuita de cinema brasileiro

Agência Indusnet Fiesp

O Sesi-SP realiza, de 8 de outubro a 21 de novembro, mostra gratuita que reúne oito filmes vencedores do 10º Prêmio Fiesp/Sesi-SP de Cinema, entre os quais sete longas-metragens e um curta. A programação, com sessões semanais, vai passar por 24 unidades do Sesi-SP. Ao todo, serão 168 exibições digitais.

Grandes produções cinematográficas brasileiras e também filmes independentes, lançados em 2013, foram avaliados e reconhecidos em 13 categorias: Ficção, Documentário, Curta-Metragem, Diretor, Atriz, Ator, Atriz Coadjuvante, Ator Coadjuvante, Roteiro, Montagem, Fotografia, Direção de Arte e Trilha Sonora.

Nomes importantes do cenário artístico brasileiro foram contemplados na premiação, como Glória Pires, que conquistou o título de Melhor Atriz Principal pela atuação em Flores Raras, e Jair Rodrigues (1939-2014) pelo trabalho como ator coadjuvante de Super Nada, filme também premiado pela direção de Rubens Rewald e Rossana Foglia.

Entre os destaques da mostra estão os sucessos de público Faroeste Caboclo, inspirado na canção homônima da banda Legião Urbana, vencedor do Prêmio Fiesp/Sesi-SP na categoria Melhor Filme de Ficção; e O Tempo e o Vento, adaptação do clássico de Érico Veríssimo, que conquistou o reconhecimento por Melhor Direção de Arte, para Tiza Oliveira.

Prêmio Fiesp/Sesi-SP de Cinema é uma iniciativa da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo – Fiesp, do Serviço Social da Indústria – Sesi-SP e do Sindicato da Indústria Audiovisual do Estado de São Paulo – Siaesp. O objetivo é incentivar a produção cinematográfica nacional, facilitar o acesso às produções brasileiras e formar novos públicos.

“A mostra é uma ótima oportunidade para ver ou rever uma variada produção que tem na diversidade de propostas uma de suas marcas. Além disso, é uma ocasião para apreciar a pluralidade cultural do país e valorizar os talentos brasileiros”, destaca Álvaro Alves Filho, gerente de projetos culturais do Sesi-SP.

Confira as sinopses dos filmes que integram a mostra e a programação completa no site do Sesi Cultura.

Serviço

Mostra Vencedores do 10º Prêmio Fiesp/Sesi-SP de Cinema

Filmes longas-metragens: Faroeste Caboclo, As Hiper Mulheres, Flores Raras, O que se Move, Super Nada, Tatuagem e o Tempo e o Vento. Curta-metragem: Preto ou Branco!

Período: de 8 de outubro a 21 de novembro

Locais:

Grande São Paulo e litoral: Cotia (11) 4612-3323, Cubatão (13) 33632658, Mauá (11) 4542-8977 e São Caetano do Sul (11) 4233-8038

Interior do Estado: Araraquara (16) 3337-3100, Bauru (14) 3104-3911, Birigui (18) 3641-7370, Campinas (Amoreiras) (19) 3772-4184, Campinas (Santos Dumont) (19) 3225-7580, Cruzeiro (12) 3141-1550, Franca (16) 3712-1621/1620, Indaiatuba (19) 3875-9000, Itapetininga (15) 3275-7949, Jundiaí (11) 4523 5173, Marília (14) 3417-4500, Matão (16) 3382-6915, Piracicaba (19) 3403-5900, Presidente Prudente (18) 3222-7344, Rio Claro (19) 3527-3120, Santana de Parnaíba (11) 3146-9830, São José do Rio Preto (17) 3224-2499, Sumaré (19) 3854-5855 / 3832-7614, Tatuí (15) 3205-7946 e Taubaté (12) 3633-4699

Entrada gratuita

Exposição e feiras do projeto #Adotei percorrem o interior paulista até dezembro de 2014

Agência Indusnet Fiesp 

O projeto #Adotei, de incentivo à adoção de animais, liderado pela ativista e protetora Luisa Mell com o apoio do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP), segue a todo vapor pelo interior paulista, com agenda prevista para até o final de 2014. A primeira ação da parceria foi a realização, em dezembro de 2013, de uma exposição fotográfica com 17 imagens de personalidades, artistas e anônimos com seus bichinhos adotados.

A mostra ainda apresentou registros de sete resgates feitos por Luisa e sua equipe de trabalho, a Emergência Animal. As fotos mostram a transformação de cães que passaram por situação de abandono em animais felizes e saudáveis após a adoção.

Em março deste ano, a exposição/projeto alcançou o interior do estado. A meta é apresentar a iniciativa nos 54 Centros de Atividades do Sesi-SP até 2018.

“Após conhecer a exposição, nossos alunos trabalham esse tema em sala de aula e são incentivados a cuidar melhor dos animais. O impacto é muito positivo em função da credibilidade da instituição e de sua vocação na área educacional”, afirma Alexandre Pflug, diretor da divisão de Esporte e Qualidade de Vida do Sesi-SP.

Feiras

Paralelamente à exposição, o Sesi-SP promove feiras de adoção de cães e gatos em parceria com prefeituras e ONG´s. Em São José do Rio Preto, o evento foi realizado no dia 22 de março e teve como parceiro a ONG Fauna Protetora. O então presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e do Sesi-SP, Paulo Skaf,  foi  conferir a iniciativa na cidade ao lado de Luisa Mell. Na ocasião, o saldo foi a adoção de 33 animais.

A exposição #Adotei em São José do Rio Preto: 33 animais adotados na cidade. Foto: Everton Amaro/Fiesp

A exposição #Adotei em São José do Rio Preto: 33 animais adotados na cidade. Foto: Everton Amaro/Fiesp

 

Em Birigui, a feira foi realizada em dois momentos: no dia 16 de abril, nas dependências do CAT local, e no sábado, dia 17 do mesmo mês, na Praça da Prefeitura. A parceria foi realizada com a Associação Anjo Animal e foram adotados 34 animais.

Em Campinas I, a feira ocorreu em 14 de junho com os parceiros Focinhos Abandonados,  Instituto de Valorização da Vida Animal (IVVA) e grupo de Apoio ao Animal de Rua. O resultado foram 13 cães adotados.

Público

Os paulistas têm prestigiado a iniciativa. Até o momento, a exposição foi vista por 13.762 pessoas, sendo 3.595 no Centro Cultural Fiesp, na capital, 1.701 em São José do Rio Preto, 7.033 em Birigui e 1.433 em Campinas I.

E o que é melhor: o projeto segue percorrendo o estado em 2014. Abaixo, a agenda dos próximos eventos:

4 de julho a 3 de agosto – CAT Itapetininga

15 de agosto a 14 de setembro – CAT Tatuí

26 de setembro a 26 de outubro – CAT Americana

7 de novembro a 7 de dezembro – CAT Jundiaí