Conheça as invenções campeãs do Inova Senai 2011

Rosângela Gallardo, Agência Indusnet Fiesp

A sétima edição do Inova Senai, realizada de 7 a 9 de novembro no Pavilhão de Exposições do Anhembi, na capital paulista, terminou nesta sexta-feira (10) com a premiação de 25 trabalhos de alunos e docentes de 54 escolas da rede Senai no estado. Os projetos premiados passaram pelo crivo de 77 avaliadores de empresas, universidades, escolas técnicas e institutos de pesquisa.

A Escola Senai Mário Amato, de São Bernardo do Campo, ganhou quatro premiações, incluindo a primeira colocação na categoria Equipamentos, uma medalha de prata na categoria Materiais e Produtos e dois bronzes, respectivamente, nas categorias Processos e Materiais e Produtos.

A Escola Prof. Dr. Euryclides de Jesus Zerbini, de Campinas, levou as três medalhas da categoria Alimentos, e a Escola Senai Theobaldo de Nigris, da Capital, levou para casa o ouro com o trabalho Equipamento Didático produzido por docente e prata na categoria responsabilidade social, destinada a alunos.

A Escola Senai Márcio Bagueira Leal, do município de Franca, se destacou em duas das três categorias de docentes, conquistando dois bronzes nas categorias Produto Inovador e Processo Inovador.

Outra unidade que também conquistou premiações foi a Escola Senai Gaspar Ricardo Junior, do município de Sorocaba, com duas medalhas de bronze nas categorias Equipamento e Inova-Design.

O trabalho que conquistou a simpatia popular entre os mais de 14 mil votos depositados nas urnas eletrônicas do evento foi o Roupeiro para Cadeirante, da Escola Senai Almirante Tamandaré, de São Bernardo do Campo, que ainda conquistou a primeira colocação na categoria Responsabilidade Social.

Confira a lista completa dos vencedores.