Conselho Empresarial da América Latina discute panorama econômico da Argentina na Fiesp

Alice Assunção, Agência Indusnet Fiesp

Empresários se reuniram na tarde desta terça-feira (13/08) para discutir oportunidades de negócios entre o Brasil e a Argentina. Participaram do encontro representantes do Conselho Empresarial da América Latina (Ceal) e do Conselho Superior de Comércio Exterior (Coscex) da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

“A Argentina tem para nós um significado estratégico. Temos grande preocupação com o país”, afirmou Ingo Plögger, presidente do Ceal no Brasil.

Da esquerda para a direita: Lavagna, Zanotto e Plögger na reunião desta terça-feira (13/08)

A partir da esquerda: Lavagna, Zanotto e Plögger na reunião desta terça-feira (13/08). Foto: Julia Moraes/Fiesp

 

Uma preocupação do grupo é a falta de acordos de comércio do Brasil com países da América Latina, como a Aliança do Pacífico – bloco comercial que reúne México, Colômbia, Peru e Chile – e a trava que a falta desses entendimentos pode significar para os negócios do Brasil no exterior.

“Nós do Ceal ficamos de certa maneira surpresos com a dinâmica empresarial da Aliança do Pacifico, participamos de várias reuniões e os acordos que eles fizeram já estão sendo encaminhados”, explicou. “Quase 90% dos itens estão acordados”, afirmou Plöger. “A maior parte dos países tem acordo com os Estados Unidos e a União Europeia”, disse.  “Dentro dos próximos quatro anos isso vai favorecer essa parte da América Latina e nós estamos a ver navios”, alertou.

O ex-ministro da Economia e da Produção da Argentina Roberto Lavagna também participou do encontro na sede da Fiesp. Ele está lançando o livro O Desafio da Vontade. Treze meses cruciais na história argentina.

Os representantes do Ceal e o ex-ministro Lavagna foram recebidos pelo diretor-titular do Departamento de Relações Internacionais e Comércio Exterior (Derex) da Fiesp, Antonio Fernando Bessa, e pelo diretor-titular-adjunto Thomaz Zanotto.