‘Muito obrigado’, diz anúncio da Fiesp e Firjan aos visitantes do Humanidade 2012

Agência Indusnet Fiesp

Imagem relacionada a matéria - Id: 1539927521

Anúncio veiculado nos jornais.

Em alguns dos principais veículos impressos do país, a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e o Sistema Firjan, que representa o setor produtivo do Rio de Janeiro, publicaram neste final de semana anúncio com agradecimento aos mais de 200 mil visitantes que passaram pelo Humanidade 2012 – iniciativa idealizada em parceria com a Fundação Roberto Marinho, Sesi-SP, Sesi Rio, Senai-SP e e Senai Rio, entre os dias 11 e 22 de junho, no Rio de Janeiro, em paralelo à Rio+20.

O anúncio traz uma imagem aérea do edifício-andaime onde aconteceram as atividades do evento no Forte de Copacabana e também faz um agradecimento a colaboradores, palestrantes, empresários, artistas, jornalistas e autoridades.

O plano de mídia inclui veiculações em meia página na edição deste domingo (24/06) dos jornais Folha de S. Paulo, Estado de S.Paulo e O Globo, e em alguns dos principais diários do interior de São Paulo.

Também estampa páginas das revistas semanais Veja, Época e IstoÉ. Está acertada ainda uma veiculação na edição desta segunda-feira (25/06) nos jornais Valor Econômico e Brasil Econômico, e no jornal de bordo da TAM.

“É uma maneira de celebrar o enorme sucesso da iniciativa, que atraiu o dobro do público esperado”, diz Paulo Skaf, presidente da Fiesp.

“Isso sem contar as mais de 150 horas de mesas temáticas e debates com alguns dos palestrantes mais importantes quando o tema é desenvolvimento sustentável. Nas palavras da imprensa, de ministros, de autoridades e do público em geral, foi o evento mais democrático, atraente e surpreendente da Rio+20”, completa Skaf.

Veja no Flickr da Fiesp imagens ampliadas dos anúncios:

Paulo Skaf entrega comenda ao presidente do Quênia

 Agência Indusnet Fiesp

Paulo Skaf entrega comenda ao presidente do Quênia. Foto: Everton Amargo

Da esq. p/ dir.: Eduardo Eugenio Gouvêa (Firjan), Mwai Kibaki (Quênia) e Skaf (Fiesp)

Aproveitando passagem pelo Rio de Janeiro, por ocasião da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20), o presidente do Quênia, Mwai Kibaki, visitou o espaço do Humanidade 2012 no dia do encerramento do evento, nesta sexta (22/06), no Forte de Copacabana.
Mwai Kibaki foi recebido pelo presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, e pelo presidente do Sistema Firjan, Eduardo Eugenio Gouvêa Vieira.
Durante a visita, Skaf fez uma homenagem ao chefe de governo queniano, entregando a Ordem do Mérito Industrial.

A Ordem do Mérito Industrial foi criada em abril de 2007 e já condecorou autoridades como o presidente e o vice-presidente da República nos mandatos de 2003 a 2010, Luiz Inácio Lula da Silva e José de Alencar, respectivamente; a atual presidente da Argentina, Cristina Kirchner; e Michelle Bachelet, presidente do Chile no mandato de 2006/2010, entre outras autoridades brasileiras e mundiais.

Sobre o Humanidade 2012
Realização conjunta da Fiesp, Sistema Firjan, Fundação Roberto Marinho, Sesi-Rio, Sesi-SP, Senai-Rio, Senai-SP, com patrocínio da Prefeitura do Rio, do Sebrae e da Caixa Econômica Federal, o Humanidade 2012 idealizado com o objetivo de realçar o importante papel que o Brasil exerce hoje como um dos líderes globais no debate sobre o desenvolvimento sustentável.

Veja a cobertura da Rio+20 no site da Fiesp: http://www.fiesp.com.br/rio20


Vídeo: Alckmin, Celso Amorim, Edison Lobão e José Serra falam sobre Humanidade 2012

O Humanidade 2012, iniciativa idealizada pela indústrias paulista e fluminense, em parceria com a Fundação Roberto Marinho, que acontece em paralelo á Rio+20, impressionou diversas autoridades e personalidades da política brasileira que passaram pelo circuito expositivo no Forte de Copacabana.

Veja os depoimentos:

Governador de SP, Geraldo Alckmin

Ministro da Defesa, Celso Amorim

Ministro de Minas e Energia, Edison Lobão

José Serra

Humanidade 2012

O Humanidade 2012 é um evento da Fiesp e parceiros paralelo à Conferência das Nações Unidades sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20), que tem por objetivo realçar o importante papel que o Brasil exerce hoje como um dos líderes globais no debate sobre o desenvolvimento sustentável.

A iniciativa é resultado de uma realização conjunta da Fiesp, Sistema Firjan, Fundação Roberto Marinho, Sesi-Rio, Sesi-SP, Senai-Rio, Senai-SP, com patrocínio da Prefeitura do Rio, do Sebrae e da Caixa Econômica Federal.


Empresas brasileiras investem na preservação do meio ambiente, diz Paulo Skaf à Globo News

Talita Camargo, Agência Indusnet Fiesp 

Imagem relacionada a matéria - Id: 1539927521Em entrevista ao canal Globo News, o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, afirmou na tarde de quinta-feira (14/06) que a principal mudança entre a Rio 92 e a Rio+20 é a maior conscientização do setor industrial.

“Em 1992, as pessoas tinham a visão de que trabalhar e investir na questão ambiental era um ônus. Em 2012, a visão é a de que é um bônus”, disse Skaf à repórter Heloísa Gomyde.

Skaf explicou que essa mudança de comportamento gera maior competitividade. “Se você não produzir de forma mais limpa, você não só cumpre seu papel e sua obrigação com seu planeta, mas você produz gastando menos insumos.”

Respondendo a uma pergunta do âncora Guto Abranches, o presidente da Fiesp citou dois exemplos brasileiros para o mundo: a conservação da água (“75% das empresas praticam o reúso de água”) e a matriz energética brasileira, que emite muito menos gás carbônico (CO²), principal causador do efeito estufa, que a média de outros países (“Enquanto o mundo tem, em média, 17% de hidrelétricas, nós temos no Brasil 84%”).

Assista à entrevista na íntegra no site da Globo News.

Gestão de praias cariocas é discutida em seminário no Humanidade 2012

Edgar Marcel, Agência Indusnet Fiesp 

No primeiro dia (11/06) de programação do Humanidade 2012, a prefeitura do Rio de Janeiro deu início ao 2° Seminário Científico Internacional de Gestão Compartilhada nas Praias (Gescom), uma plataforma de discussão entre autoridades governamentais, empresariais e representantes da sociedade civil sobre a valorização da parceria público-privada na gestão das praias.

Nos trabalhos do Gescom de hoje, a prefeitura do Rio propôs uma parceria entre o governo municipal e empresas privadas para a administração e preservação da orla carioca. Especialistas mostraram ainda as ações de entidades e associações civis parceiras da prefeitura do Rio, como adoção de praias e suas faixas de vegetação.

Foi lançada também a candidatura da Prainha de Grumari (zona oeste do Rio) como praia-piloto do programa Bandeira Azul, que confere o certificado internacional de excelência socioambiental.

Segundo o secretário municipal de Meio Ambiente do Rio de Janeiro, Carlos Alberto Muniz, está sendo negociada a parceria com uma empresa privada para que haja mais uma praia incluída no programa. No Brasil, apenas a praia do Tombo (Guarujá, SP) é certificada.

O seminário prossegue nesta terça-feira (12/06) no Humanidade 2012, no Forte de Copacabana, em evento paralelo à Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável (Rio+20).

O Humanidade 2012 é uma realização conjunta da Fiesp, Sistema Firjan, Fundação Roberto Marinho, Sesi-Rio, Sesi-SP, Senai-Rio, Senai-SP, com patrocínio da Prefeitura do Rio, do Sebrae e da Caixa Econômica Federal.

Humanidade 2012: Fiesp e Firjan debatem governança da água e mudança do clima

Solange Sólon Borges, Agência Indusnet Fiesp

A Fiesp e Firjan iniciam sua programação no Humanidade 2012 com o debate “A Governança da Água”, na manhã desta quarta-feira (13/06). Na pauta, os avanços tecnológicos com soluções inovadoras no tratamento de água e efluentes, como a nanofiltragem, serão apresentados por empresas do porte da Huber Technology, GE Power & Water e Perenne. E foco para o abastecimento em regiões de escassez, além da dessanilização da água do mar e o reúso.

Estão confirmadas as presenças de representantes da Agência Nacional de Águas, Ana Cristina Barros (The Nature Conservancy) e Marilene Ramos (Instituto Estadual do Ambiente do Rio de Janeiro).

No mesmo dia, à tarde, o evento “Diálogos sobre Mudança do Clima: Cenários Nacional e Internacional” abordará as principais ações desenvolvidas para a redução da emissão de Gases de Efeito Estufa (GEE).

Entre os especialistas esperados, Thelma Krug (Intergovernmental Panel on Climate Change/IPCC), Andrea Correa do Lago e Luiz Alberto Figueiredo (Ministério das Relações Exteriores), Beatriz Espinosa (Petrobras), Benjamin Steinbruch (Companhia Siderúrgica Nacional/CSN) e Jacques Marcovitch (Universidade de São Paulo/USP), Carlos Henrique de Brito Cruz (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de SP/Fapesp) e Carlos Augusto Klink (Secretário de Mudanças Climáticas e Qualidade Ambiental do MMA).

Os debates fazem parte do Humanidade 2012, uma realização da Fiesp, do Sistema Firjan, da Fundação Roberto Marinho, do Sesi-SP, Senai-SP, Sesi-RJ e Senai-RJ, com patrocínio da Prefeitura do Rio, do Sebrae e da Caixa Econômica Federal, concebida para realçar o importante papel que o Brasil exerce hoje como um dos líderes globais no debate sobre o desenvolvimento sustentável.

O evento acontece no Forte de Copacabana, no Rio de Janeiro, entre os dias 11 e 22 de junho. O espaço de exposições é aberto ao público. Veja a programação completa no sitewww.humanidade2012.net. Todos os encontros serão transmitidos ao vivo pelo site. 

Infográfico: veja como será a exposição do Humanidade 2012

Talita Camargo, Agência Indusnet Fiesp

O circuito expositivo é uma das atrações do Humanidade 2012, evento paralelo à Rio+20 que começa na segunda-feira (11/06), no Rio – a iniciativa é da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e outros parceiros.

Instalado no Forte de Copacabana, o circuito terá diversas salas e espaços expositivos, com ventilação e iluminação naturais, integrados à bela paisagem da região – a assinatura é da diretora e cenógrafa Bia Lessa. A exposição fica aberta ao público, gratuitamente, entre os dias 11 e 22 de junho, de 9h às 18h, na Praça Cel. Eugênio Franco, Copacabana. Saiba mais no infográfico abaixo:

Imagem relacionada a matéria - Id: 1539927521

O Humanidade 2012 é uma realização conjunta da Fiesp com os seguintes parceiros: Sistema Firjan, Fundação Roberto Marinho, Sesi e Senai São Paulo, Sesi e Senai Rio e Fundação Roberto Marinho. O patrocínio é da Prefeitura do Rio e do Sebrae.

Conheça o Forte de Copacabana, palco do Humanidade 2012

Talita Camargo e Juan Saavedra, Agência Indusnet Fiesp

Um ponto de encontro entre a natureza e cidade. Assim pode ser definido o Forte de Copacabana, ponto turístico carioca que abriga os 12 dias de programação do Humanidade 2012 – iniciativa da Fiesp e parceiros concebida para realçar o importante papel que o Brasil exerce hoje como um dos líderes globais no debate sobre o desenvolvimento sustentável. O evento, paralelo à Rio+20, que acontece entre 11 e 22 de junho.

Inaugurado em 1914 para reforçar a segurança da então capital brasileira, o Forte de Copacabana está situado numa das pontas do bairro. Dali é possível avistar o Pão de Açúcar e a faixa de areia em arco de uma das praias mais visitadas do Brasil.

“Decidimos por esse local estratégico do Rio, em que se enxerga a montanha, o verde, a praia, o mar, as construções, o movimento, as pessoas. O evento não era para ter cara de empresa, nem de produto, nem de setor, e sim para ter cara de Brasil”, explica o presidente da Fiesp, Paulo Skaf, os motivos que levaram os realizadores a escolher o local.

O Forte de Copacabana também faz parte da história brasileira. O Levante do Forte de Copacabana, em 1922, manifestação militar contra a chamada Velha República, terminou com a morte de 16 das 18 pessoas que saíram pela orla de Copacabana dispostas a enfrentar as tropas do governo. O episódio ficou conhecido como “Os 18 do Forte”.

Atualmente, o Forte recebe aproximadamente 10 mil visitantes por mês – mesmo público esperado para as atividades do Humanidade 2012. Em 12 dias de programação, o Humanidade 2012 terá uma agenda repleta de palestras, fóruns e debates – algumas das atividades são desenvolvidas exclusivamente pela Fiesp.

O evento paralelo é uma realização da Fiesp, do Sistema Firjan, da Fundação Roberto Marinho, do Sesi-SP, Senai-SP, Sesi Rio e Senai Rio, com patrocínio da Prefeitura do Rio e do Sebrae.

O Forte de Copacabana fica na Praça Cel. Eugênio Franco, Copacabana, Rio de Janeiro, RJ.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1539927521

Entenda a participação da Fiesp na Rio+20

Juan Saavedra, Agência Indusnet Fiesp

Com a realização da Rio +20, a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, o Rio de Janeiro será o centro das atenções do mundo entre os dias 13 e 22 de junho.

São esperados mais de 100 chefes de estado e chefes de governo, todos com o desafio de definir a agenda do desenvolvimento sustentável para as próximas décadas.

O evento chama-se Rio +20 para marcar os vinte anos de realização da Rio-92, a Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento, também sediada no Rio.

Para abrir um espaço de convivência e reflexão sobre desenvolvimento sustentável, a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) idealizou o Humanidade 2012 – um evento paralelo ao da Rio+20.

O Humanidade 2012 tem como grande diferencial abrir o debate para a sociedade, ao contrário da Rio+20, onde, por força da própria presença de chefes de estado e de governo, a agenda é limitada a um número restrito de autoridades e assessores. O local escolhido é um dos cartões postais do Rio, o Forte de Copacabana.

“Decidimos por esse local estratégico do Rio, em que se enxerga a montanha, o verde, a praia, o mar, as construções, o movimento, as pessoas. O evento não era para ter cara de empresa, nem de produto, nem de setor e sim para ter cara de Brasil!”, afirma o presidente da Fiesp, Paulo Skaf.

Em 12 dias de programação, o Humanidade 2012 terá uma agenda repleta de palestras, fóruns e debates – algumas das atividades são desenvolvidas exclusivamente pela Fiesp. A expectativa é de receber diariamente cerca de dez mil visitantes.

O Humanidade 2012 é uma realização da Fiesp, do Sistema Firjan, da Fundação Roberto Marinho, do Sesi-SP, Senai-SP, Sesi Rio e Senai Rio, com patrocínio da Prefeitura do Rio e do Sebrae.