Nova escola do Sesi-SP proporciona educação a 672 estudantes de Hortolândia

Alice Assunção, Agência Indusnet Fiesp

A nova escola do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) em Hortolândia,  município a aproximadamente 116 km da capital, funciona desde o início do ano, mas na manhã desta sexta-feira (08/11) representantes da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e o presidente da entidade, Paulo Skaf, homenagearam os alunos e familiares em cerimônia que inaugurou oficialmente a unidade construída na cidade.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1544785190

Solenidade de inauguração. Indústria investiu ao menos R$12 milhões na construção da escola, de acordo com o superintendente do Sesi-SP, Walter Vicioni. Foto: Tâmna Waqued/Fiesp


Com 19 salas de aula, biblioteca, laboratórios de informática, ciência e tecnologia e quadras poliesportiva e de futebol society, o Sesi-SP de Hortolândia proporciona educação para 672 crianças e adolescentes da cidade. A nova unidade também oferece ensino em tempo integral, modalidade que permite ao aluno praticar atividades  complementares de exporte, arte, cultura e tecnologia.

Segundo o superintendente do Sesi-SP e diretor regional do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de São Paulo (Senai-SP), professor Walter Vicioni, a indústria investiu ao menos R$12 milhões na construção da escola.“Com a compra dos equipamentos, o valor deve chegar a R$14 milhões”, completou.

Para Vicioni, a construção da escola do Sesi em Hortolândia é uma resposta ao desenvolvimento econômico da cidade

Para Vicioni, a construção da escola do Sesi em Hortolândia é uma resposta ao desenvolvimento econômico da cidade. Foto: Tâmna Waqued/Fiesp

O presidente da Fiesp, do Sesi-SP e do Senai-SP participou da inauguração oficial da escola. Porta voz da indústria e presente em todas as inaugurações de novas unidades do Sesi-SP e do Senai-SP ocorridas no interior do Estado este ano, Skaf tem defendido que a iniciativa “faz parte do grande programa da indústria de dar educação de qualidade a milhares de alunos”.

Para Vicioni, a construção da escola do Sesi em Hortolândia é uma resposta ao desenvolvimento econômico da cidade.

“Isso se deu principalmente em razão do desenvolvimento econômico da cidade e dessa dinâmica industrial que tem sido puxada para cá”, disse. “Ao fato de ter a implementação de várias indústrias, o Sesi-SP dá a sua resposta, estando presente nessa formação da educação básica”, completou Vicioni.

Ele avaliou ainda que o aproveitamento significativo de uma formação profissional depende da educação de base.

“Acreditamos que, com uma bela educação de base, possamos construir ocupações qualificadas. O Sesi-SP é o primeiro passo para Hortolândia”, afirmou Vicioni.

Para o prefeito da cidade, Antonio Meira, “os pais são os mais privilegiados por terem seus filhos nesta escola”.

Durante a cerimônia de inauguração, Meira lembrou que a área cedida para a construção era “um pasto” no passado. “Com a vinda do Sesi-SP, conseguimos transformar essa região”, disse.

Sesi  Hortolândia

A escola do Sesi-SP foi projetada com 19 salas de aula, duas áreas de convivência, uma biblioteca escolar com acervo atualizado, dois laboratórios de informática educacional, um laboratório de ciência e tecnologia, um laboratório de química e biologia, um laboratório de física, uma sala de música, uma sala de artes cênicas, uma sala multidisciplinar, uma sala de treinamento, cozinha com despensa e refeitório, quadra poliesportiva coberta e um campo de futebol society.

Dos 672 estudantes, 576 são atendidos no ensino fundamental. A escola também oferece ensino médio para 96 alunos.

O Sesi-SP desenvolve seu próprio material didático. A escola foi construída em terreno com 30 mil metros quadrados.

Sesi-SP inaugura escola em Hortolândia nesta sexta-feira (08/11)

Agência Indusnet Fiesp 

Nesta sexta-feira (8/11), às 9h, o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e do Serviço Social da Indústria de São Paulo, Paulo Skaf, inaugura a Escola Sesi-SP de Hortolândia.

A nova unidade é mais um passo para a consolidação do novo modelo educacional da entidade iniciado em 2007, que prevê a oferta de ensino fundamental em tempo integral, ensino médio articulado com a educação profissionalizante do Senai-SP e a construção de 100 escolas no estado. Os prédios já entregues oferecem equipamentos modernos e ambientes amistosos para o processo de aprendizagem.

A unidade do Sesi-SP a ser inaugurada nesta sexta-feira (08/11) em Hortolândia: novo modelo educacional. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp

A unidade do Sesi-SP a ser inaugurada em Hortolândia: novo modelo educacional. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp


Neste ano, já foram inauguradas 21 escolas do Sesi-SP nos municípios de Presidente Epitácio, Mococa, Tambaú, Guararapes, Votuporanga, Vinhedo, Americana, Bragança Paulista, Pirassununga, Descalvado, Jacareí, Avaré, Sumaré, Porto Ferreira, Jardinópolis, Santa Cruz do Rio Pardo, Presidente Prudente, Cajamar, Lençóis Paulista, Osvaldo Cruz, Barra Bonita e três do Senai-SP, respectivamente, em Ourinhos, Pompeia e Mirassol.

Projeto diferenciado

A escola do Sesi-SP foi projetada com 19 salas de aula, duas áreas de convivência, uma biblioteca escolar com acervo atualizado, dois laboratórios de informática educacional, um laboratório de ciência e tecnologia, um laboratório de química e biologia, um laboratório de física, uma sala de música, uma sala de artes cênicas, uma sala multidisciplinar, uma sala de treinamento, cozinha com despensa e refeitório, quadra poliesportiva coberta e um campo de futebol society.

A nova unidade passará a oferecer ensino fundamental em tempo integral, o que permitirá que os alunos permaneçam nos períodos da manhã e tarde na escola realizando vivências complementares de esporte, arte, cultura e tecnologia, além das refeições diárias compostas de café da manhã, almoço e lanche da tarde.  Dos 672 estudantes, 576 serão atendidos no ensino fundamental. A escola também oferecerá ensino médio para 96 alunos.

O Sesi-SP desenvolve seu próprio material didático, um diferencial da metodologia da entidade que engloba processos de ensino, aprendizagem e pesquisa. Essa concepção educacional parte da perspectiva de que toda criança ou adolescente é capaz de aprender se lhe forem oferecidas boas situações de aprendizagem. A escola foi construída em terreno com 30 mil m².

Alunos do Sesi-SP em Hortolândia em roda de capoeira: educação, esporte e cultura. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp

Alunos do Sesi-SP em Hortolândia em roda de capoeira: educação, esporte e cultura. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp


Serviço
Inauguração da escola do Sesi-SP em Hortolândia

Data e horário: 8 de novembro de 2013, às 9h
Local: Rua Antonia Mancini Pinelli, 755 – Vila  São Francisco