Executivos do Facebook e do Google apresentam ferramentas para impulsionar negócios em Congresso da Fiesp

Amanda Viana, Agência Indusnet Fiesp

Representantes do Facebook e Google no Brasil, duas das maiores empresas de tecnologia de alcance global, apresentaram ferramentas para impulsionar negócios de maneira simples e acessível aos pequenos empreendedores no VIII Congresso da Micro e Pequena Indústria, realizado nesta quinta-feira (10/10), no Hotel Renaissance, em São Paulo. O terceiro painel do evento, “Mídia Digital – aprenda a usar esta ferramenta”, foi mediado pelo diretor do Departamento da Micro, Pequena e Média Indústria (Dempi) da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) , Augusto Dalman Boccia. E contou com a presença de Gustavo Donda, gerente de Pequenas e Médias Empresas do Facebook no Brasil, e Leonardo Assis, gerente de Novos Negócios do Google Brasil.

O VIII Congresso da Micro e Pequena Indústria é uma iniciativa do Dempi da Fiesp.

“O Facebook não é só uma rede social, é uma plataforma que conecta pessoas, amigos e familiares, apontando onde elas se organizam, criam conteúdo e compartilham eventos”, disse Gustavo Donda. Segundo ele, são 1 bilhão e 100 milhões de pessoas conectadas no Facebook. No Brasil, são 76 milhões de usuários ativos. Nesse sentido, a rede seria uma plataforma “poderosa e com várias opções de direcionamento”, onde é possível escolher falar apenas com o público que é realmente de interesse da empresa. “Não existe nenhuma mídia tão segmentada e que consegue falar com tantas pessoas”, afirmou Donda.

Há menos de um ano, o Facebook lançou uma ferramenta que dá a oportunidade para as empresas anunciarem seu produto no Feed de Notícias do usuário. Donda afirmou que este espaço alavancou os anúncios no Facebook, tendo, com isso, oito vezes mais engajamento e dez vezes mais recall. “Três coisas combinadas fazem com que o Facebook seja a ferramenta mais poderosa do mundo para pequenas empresas: muito alcance, com possibilidade de alta segmentação, alto grau de engajamento e a possibilidade de anunciar onde as pessoas realmente estão”, disse. “Qualquer negócio pode tirar proveito disso”.

Para Donda, o Facebook é uma plataforma que viabiliza e alavanca negócios, além de possuir múltiplas possibilidades que proporcionam ao empresário a mensuração e o controle de suas ações.

Para saber mais, acesse:

www.facebook.com/business
www.facebook.com/help

Para quem ainda não é anunciante, mas está disposto a começar a investir, o menor valor é de R$ 50 por mês em anúncios no Facebook. Basta se inscrever no programa Rota do Sucesso e contar com suporte pessoal para todos os processos de otimização.

www.facebook.com/business/rotadosucesso

De uma forma diferente

Todas as mídias tradicionais e anteriores à mídia online continuam sendo consumidas, mas de uma forma diferente.  “Hoje, temos uma complementaridade entre essas mídias. O desafio é saber onde, quando e como são impactadas pelas empresas”, afirmou Leonardo Assis, gerente de Novos Negócios do Google Brasil, em sua apresentação. Segundo ele, a maior parte do faturamento do Google, em índices mundiais, vem do pequeno empresário.

Assis: maior parte do faturamento do Google vem do pequeno empresário. Foto: Beto Moussali/Fiesp

Assis: maior parte do faturamento do Google no mundo vem do pequeno empresário. Foto: Beto Moussali/Fiesp


Para Assis, uma das formas para ter sucesso é investir em uma publicidade bem assertiva. Segundo ele, uma boa plataforma nesse sentido é o Google Adwords, serviço do site que vai além da busca.  “A busca dá muito resultado, e se assemelha, antigamente, aos classificados”, disse.  A ferramenta permite que todos os termos que se associam ao produto vendido pelo empresário apareçam na pesquisa online, sempre que alguém procurar por algo relacionado.

Qualquer estímulo que for gerado pelas outras mídias, segundo Assis, vai ter um impacto online. “Em mais de 60% de qualquer compra feita por um internauta, em algum momento, ele passou pelo meio online”, disse. “Ou seja, se você vende algum produto, esteja presente online”, afirmou Assis.

O executivo ainda destacou cinco passos para impulsionar os negócios usando os serviços da sua empresa: criar um site, criar uma campanha de pesquisa (busca), uma campanha de display, um canal no Youtube e uma página no Google +.

Mais informações:

www.google.com.br/adwords
novos.negocios@google.com