Piauí busca novas oportunidades de negócios

Flávia Dias, Agência Indusnet Fiesp

Imagem relacionada a matéria - Id: 1545043391

Governador do Piauí, Wilson Nunes Martins destacou oportunidades no estado para setor de agronegócio

“O Piauí é o País do presente. Estamos preparados para os grandes investidores. Oferecemos segurança absoluta para os empresários que desejam fazer ótimos negócios”, declarou nesta segunda-feira (8) o governador do estado do Piauí, Wilson Nunes Martins, na cerimônia de abertura do Investir Piauí 2011, sediado na Fiesp. O evento é uma iniciativa do governo piauiense para atrair investimentos e geração de empregos para o estado.

Na ocasião, o governador destacou as oportunidades para o setor de agronegócio, com a oferta de área de plantio a preço acessível. “Temos  mais de 1 milhão de hectares de terra prontos para serem leiloados”, afirmou. Além disso, Martins garantiu que o estado oferece incentivos fiscais para os novos investidores.

Grande entusiasta do projeto, Paulo Skaf, presidente da Fiesp, reforçou o apoio da federação ao projetoInvestir Piauí e disse que o estado é motivo de orgulho para todo o País. “Hoje é uma noite de festa para todos nós por estarmos recebendo a comitiva do Piauí”. E completou: “O que importa é o desenvolvimento do Brasil e para que isso aconteça nós temos que valorizar o potencial de cada estado e cada região. E, sem dúvida, há um potencial enorme no Piauí ”.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1545043391

Paulo Skaf, presidente da Fiesp, reforçou apoio da entidade ao projeto Investir Piauí


Pedro Novaes, ministro do Turismo, destacou  que o governo federal investiu no estado cerca de R$ 200 milhões, nos últimos oitos anos. Segundo o ministro, nos próximos anos serão investidos mais US$ 50 milhões. “Tenho confiança no estado do Piauí e no seu desenvolvimento. Peço que o empresariado paulista acredite no estado”, incentivou Novaes.

O evento contou com a participação de autoridades governamentais do estado do Piauí e de São Paulo.

Arte e história

Além de estimular os negócios, o Investir Piauí apresentou uma programação cultural diversificada, composta por danças folclóricas e a exposição de 20 peças de artes santeira, esculpida por artesãos piauienses, símbolo da cultura local.

De cores e formatos variados, a exposição de joias com gemas de opala impressionaram os visitantes. Pedra rara, apreciada em todo o mundo, a opala pode ser encontrada no solo da cidade de Pedro II, localizada no sul do Piauí.

Rodada de negócios

Nesta terça-feira (9), o Investir Piauí, com o apoio da Fiesp, promoverá uma rodada de negócios setoriais, para empresários interessados em investir nas áreas de agronegócio, turismo, mineração, indústria de transformação, serviços específicos e zona de processamento de exportações.

Durante o encontro, os empresários terão acesso a informações sobre possibilidades de investimento, além das potencialidades locais, como o agronegócio e a mineração.

Além da consultoria dos representantes das grandes empresas piauiense, como a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), Centrais Elétricas Brasileiras (Eletrobras), Banco do Brasil, Banco do Nordeste e Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra).