Apesar da tristeza, time quer trazer medalha para o Brasil

Ricardo Amorim, Agência Indusnet Fiesp.

Mesmo chateados com a derrota na semifinal, os jogadores do Sesi-SP prometeram empenho em quadra para trazer uma medalha para o Brasil. “É nossa primeira vez no Mundial de Clubes e temos que tentar essa terceira colocação. Queremos muito essa medalha”, afirmou Murilo, capitão do time. Para o atleta, o quarto set foi determinante para o mau resultado. “Perdemos a cabeça e eles nos venceram por uma diferença muito grande (25 a 13). Conseguimos nos recuperar no tie-break, lideramos até o oitavo ponto, mas eles foram bem nos contra-ataques e acabaram vencendo. Estão de parabéns”, concluiu. O técnico Giovane Gávio também fez questão de cumprimentar a equipe polonesa pela classificação à final e destacou o valor de subir ao pódio em um mundial. “Essa medalha é muito importante para nós e vamos buscá-la”, afirmou.

Leia mais:

Acompanhe as notícias do Sesi Esporte