Iniciativas Sustentáveis: Eurofarma – Diferenciais que Motivam

Imagem relacionada a matéria - Id: 1545068653

Por Karen Pegorari Silveira

Das 12 mil companhias cadastradas no programa Empresa Cidadã – que incentiva a ampliação da licença-maternidade de quatro para seis meses, só 80 atendem aos três requisitos do programa do Mulheres Trabalhadoras que Amamentam, do Ministério da Saúde, que são oferecer licença-maternidade de seis meses, creche e sala de amamentação no local de trabalho. Pouco, se pensarmos nos benefícios que estas ações podem propiciar às mulheres que trabalham e às suas famílias.

Entre estas empresas está a Eurofarma, uma das maiores farmacêuticas do país. Nesta companhia, há programas que garantem desde a alimentação até o apoio às mudanças emocionais ocorridas no período de gestação e amamentação. O ‘Encontro de Gestantes’, por exemplo, tem o objetivo de orientar e esclarecer dúvidas e dificuldades das futuras mamães; o ‘Programa Alimentação Fracionada’, oferece uma alimentação adequada e balanceada supervisionada por nutricionistas; e por meio do ‘Programa Nutrição Sabor & Saúde’ – as gestantes adquirem conhecimentos e hábitos saudáveis de alimentação. Na unidade da cidade de Itapevi, próximo a capital paulista, as colaboradoras dispõem ainda de ginecologista e ultrassom para o acompanhamento do pré-natal na própria empresa.

Outro serviço oferecido às colaboradoras é a ‘Sala de Amamentação’, um espaço reservado para a retirada e armazenamento do leite materno, que será administrado na creche ou levado para casa após o trabalho. As mães que participam do programa recebem ainda um kit amamentação, com frasqueira térmica, gelo, adaptador e frascos, e contam com a supervisão de técnicas de Enfermagem. O benefício também é estendido aos colaboradores (pais) e suas esposas.

A Sala de Amamentação da Eurofarma foi considerada a melhor e garantiu à empresa o certificado “Estratégia Mulher Trabalhadora que Amamenta”, da Secretaria de Saúde do Estado em parceria com o Ministério da Saúde e com a Sociedade Brasileira de Pediatria.

A coordenadora do Espaço Criança Eurofarma, Marcia Alves Teixeira Tanaka, diz que esse cuidado com os colaboradores e seus dependentes faz parte do DNA da empresa. “Procuramos oferecer toda a estrutura necessária para que o aleitamento materno seja realizado pelo maior tempo possível e com todo o conforto para as mães e crianças”, afirma.

Ainda para propiciar melhor estrutura para todos os trabalhadores da empresa, a Eurofarma possui uma política de igualdade dos gêneros que busca reconhecer e destacar a importância do trabalho de cada um, independentemente de sexo, etnia, origem e etc. Os benefícios e salários concedidos pela empresa para os mesmos cargos são iguais tanto para seus colaboradores homens como para suas colaboradoras mulheres e também contam com plano de saúde, creche ou auxílio bolsa, horário flexível, sextas-feiras mais curtas, auxílio farmácia, refeitório, salão de beleza, academia, licença-maternidade de 6 meses e paternidade de 10 dias.

A vice-presidente de RH, Mikiko Inoue, diz que a Eurofarma se orgulha de seus programas. “Ser uma empresa igualitária, podendo oferecer todas essas ações e benefícios que contribuem para a qualidade de vida de nossos colaboradores e ainda reconhecida como uma empresa que consegue sobrepor seus benefícios às leis é muito gratificante e comprova que nossos esforços pelo bem-estar de todos estão no caminho certo”, pondera.

Sobre a Eurofarma
É a primeira multinacional farmacêutica brasileira com capital 100% nacional. Está presente em 20 países, sendo 15 da América Latina. Existe há 43 anos e em seu portfólio constam mais de 200 produtos. É considerada uma das melhores empresas para se trabalhar, segundo o Great Place to Work, e conta com quase 6 mil colaboradores.