“O sucesso é o resultado dos erros do passado”, afirma Garry Kasparov

Flávia Dias, Agência Indusnet Fiesp

“Não tenho uma fórmula mágica com o segredo do sucesso, porém, acredito que ele é constituído por três vertentes: talento, que necessita de trabalho pesado; uma boa estratégia; e tática”, declarou o ex-campeão mundial de xadrez, Garry Kasparov, aos mais de 400 convidados, durante a palestra Sob a temática estratégica e liderança, nesta quinta-feira (01), no Teatro do Sesi São Paulo.

No encontro, ele compartilhou com os participantes suas experiências ao longo da sua carreira de enxadrista. Para Kasparov, o processo de decisão é o grande diferencial na conquista de uma vitória. “A decisão é uma coisa única, tal como o seu DNA. Por causa disso, cada jogo era uma batalha entre a minha criatividade e os meus adversários. Cada movimento era uma decisão que tinha uma motivação, um processo e uma consequência. Com isso, conhecemos os nossos pontos fortes e fracos, criando vantagens sobre os nossos oponentes”, analisou.

Ele acredita, no entanto, que o medo do ser humano de errar é o principal empecilho no processo de tomada de decisão, comprometendo o sucesso do individuo.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1545043079

Considerado um dos maiores enxadristas de todos os tempos, Garry Kasparov participou do evento do Sesi-SP

“Na verdade, o medo de errar é um grande erro que nós cometemos. É isso que nos impede de aplicar o nosso potencial. Se nós acabarmos com o erro, não creio que possam ser cometidos erros que comprometam o nosso futuro. Precisamos descobrir uma inspiração para correr riscos e encontrar uma motivação para continuar”. E completou: “Uma liderança não tem a ver com coragem ou tamanho de poder. Tem a ver com determinação, confiança e coragem. Com coragem e vontade, você pode criar um mundo novo”.

A adaptação do ser humano a novas situações também facilita o sucesso na vida profissional e pessoal, na opinião do ex-campeão mundial de xadrez: “Darwin deixou claro que os vencedores são mais adaptáveis às mudanças. Isso significa que você tem que ser vigilante e não complacente durante o processo”. Para isso, observou, o segredo é perguntar sempre: “A habilidade de fazer perguntas pode dar a você algo a mais. Um homem que sabe como sempre terá um emprego, mas o homem que sabe o porquê sempre será o chefe”.

Educação

Segundo Kasparov, o xadrez desempenha um papel educativo importante na formação dos estudantes, estimulando o raciocínio e o desenvolvimento de novas habilidades. “O xadrez abre a mente das crianças e ajuda a ter uma visão melhor do problema que elas têm diante de si, melhorando a disciplina, habilidade de ter a visão geral, atitude e autoestima”, sublinhou.

Walter Vicioni, superintendente do Sesi-SP e diretor regional do Senai-SP, concordou, e destacou a transformação na área de educação promovida pelas entidades. “O Sistema Sesi de ensino é fundamental na formação integral do ser humano. É pela educação que as pessoas assumem novas atitudes, e para isso precisamos de bons exemplos. Queremos, como Kasparov, inspirar pessoas, até porque acreditamos que são elas que fazem a revolução”, afirmou.

Durante a tarde desta quinta-feira, o ex-campeão mundial participará de uma partida simultânea de xadrez com 20 jogadores. Entre eles estão alunos do Sesi-SP, do Senai-SP e do Programa Atelta do Futuro (PAF).