Outubro Rosa: câncer de mama mata mais de 13 mil no Brasil por ano

Alice Assunção, Agência Indusnet Fiesp

O Brasil registra por ano mais de 570 mil novos casos de câncer. Desses diagnósticos, mais de 57 mil são câncer de mama, que mata ao menos 13 mil homens e mulheres brasileiras todos os anos.

As informações foram apresentadas na manhã desta quarta-feira (01/10) pela Ph.D Maira Caleffi, presidente da Federação das Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama (Femama), em uma palestra realizada na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

“Câncer de mama é um problema de saúde pública e queremos influenciar as políticas públicas com relação à saúde porque não vai bem”, afirmou Maira ao falar para funcionárias do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de São Paulo (Senai-SP).

Imagem relacionada a matéria - Id: 1539903563

Maira Caleffi: na maioria dos casos, o câncer de mama é silencioso. Foto: Tâmna Waqued/Fiesp


Segundo tipo de maior ocorrência no mundo, o câncer de mama acomete principalmente mulheres acima dos 40 anos. A doutora Maira alerta que toda mulher acima dessa idade deve fazer o exame de mamografia pelo menos uma vez ao ano.

Ela reiterou que o autoexame, no qual a mulher apalpa a própria em mama, não pode ser confundido como diagnóstico do surgimento ou não da doença. “Eu prefiro não chamar isso de autoexame, mas de autocuidado. Quem faz exame é o médico.”

Maira também afirmou que, na maioria dos casos, o câncer de mama é silencioso. “A gente só nota ele [tumor] na mão quanto já está com mais ou menos dois centímetros”, disse a doutora sobre o que seria o segundo estágio da doença.

Mesmo após o diagnóstico, 50,2% dos pacientes demoram até oito meses para iniciar algum tipo de tratamento, informou a médica.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1539903563

Presidente da Femama informou que tumores de dois a cinco centímetros têm 70% de chances de serem curados, enquanto nos casos com mais de cinco centímetros as chances de sobrevida são de apenas 40%. Foto: Tâmna Waqued/Fiesp

Segundo Maira, em casos de tumores com menos de um centímetro de diâmetro, as chances de sobrevida são de 98%, no caso dos tumores com um centímetro, as chances de cura são de 95%. Já tumores de dois a cinco centímetros têm 70% de chances de serem curados, enquanto nos casos com mais de cinco centímetros as chances de sobrevida são de apenas 40%.

A médica também comentou o aumento de mastectomias preventivas após a atriz Angelina Jolie anunciar que havia feito o procedimento nas duas mamas por conta de seu carregamento genético. A mãe da atriz morreu da doença aos 56 anos.

“Ela tinha o gene marcado, vários casos de câncer na família em mulheres jovens. Ela pensou no que poderia fazer pelo seu futuro”, comentou Maira. “Mas se você tem alguns casos na família e não herdou a mutação, porque hoje a gente consegue medir isso, para quê tirar tudo se você tem a mesma probabilidade que o resto da população?”, questionou.


Outubro Rosa

A palestra de Maira Caleffi foi um dos primeiros eventos oficiais do movimento Outubro Rosa para este ano. Nesta noite, a Fiesp vai exibir na fachada do prédio o laço rosa, símbolo da campanha de combate ao câncer de mama. Durante 19 dias, a Galeria de Arte Digital do Sesi-SP vai projetar o laço, sempre no período entre 20h e 6h do dia seguinte.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1539903563

Francisca Harley, presidente de Amigas Américas: associação já ajudou a realizar 280 mil exames de diagnóstico do câncer de mama. Foto: Tâmna Waqued/Fiesp

Também participou do lançamento oficial da campanha a Amigas Américas, iniciativa de brasileiros e norte-americanos para o combate ao câncer de mama.

De acordo com a presidente da Amigas Américas, Francisca de Paula Harley, a associação já ajudou a realizar 280 mil exames de diagnóstico do câncer de mama, além de doar 22 mamógrafos para 11 estados brasileiros.

O Sesi-SP também deve fazer sua contribuição para o diagnóstico precoce do câncer de mama. A primeira unidade de móvel da entidade para exames de mamografia também começa a fazer seus primeiros exames ainda este ano, provavelmente em dezembro.

>> Sesi-SP realiza ações de prevenção ao câncer de mama 

Foto: Galeria Digital do Sesi-SP mostra imagens de ‘Dom Quixote’ e Bispo do Rosário

Agência Indusnet Fiesp

Imagem relacionada a matéria - Id: 1539903563

Imagem de Dom Quixote e inscrições de Bispo do Rosário podem ser vistas por quem passa na avenida Paulista. Foto: Beto Moussalli/Fiesp


Para homenagear as referências culturais do espetáculo “O Homem de La Mancha”, que estreia neste sábado (13/09) no Teatro do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP), a Galeria Digital do Sesi-SP vem exibindo desde terça-feira (09/09) inscrições do Bispo do Rosário, presentes no cenário, e silhuetas de figuras do musical original e do romance de Cervantes: Dom Quixote, moinho e o castelo.

Com versão e direção de Miguel Falabella, o musical “O Homem de La Mancha” é resultado de uma realização do Sesi-SP e da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

Expressões Digitais entra em cartaz nesta dia 09/06 na Galeria Digital do Sesi-SP

Agência Indusnet Fiesp

De 9 de junho a 7 de julho, a Galeria Digital do Sesi-SP recebe a mostra Perfomance – Expressões Digitais. Exibida na fachada do edifício da Fiesp e do Sesi-SP, na Avenida Paulista, e na Alameda das Flores, a nova exposição explora o comportamento dentro da cultura digital. Aqui, o modo como as pessoas se exibem digitalmente é apresentado como uma performance moderna.

Na arte, uma performance é considerada um campo aberto e subjetivo onde diversas linguagens artísticas se misturam para passar uma mensagem. Como reflexo dos novos tempos, esse conceito se expandiu para a arte multimídia e para a web. Hoje, a performance de cada indivíduo se manifesta em rede.

Um dos temas abordados na mostra é o modismo “selfie” (expressão para autorretratos). O projeto “selfiecity”, do russo Lev Manovich, autoridade em novas mídias, terá sua edição paulistana depois de ter passado por Hong-Kong, Bangkok, Nova York, Moscou e Berlim.

Serão quatro atrações: uma obra visual generativa (conceito no qual a arte digital se transforma por meio da combinação de códigos ou algorítimos, por exemplo), duas performances multimídia e uma instalação interativa. E ainda uma série de apresentações musicais transformadas em imagens, num chamado “ritual tecnoxamânico para painéis de LED”. Além disso,n nos dias 25 e 26 de junho, das 18h30 às 22h30, será realizado o workshop Imagens movidas a som, com o artista multimídia Ricardo Palmieri.

Obra a ser exibida na nova mostra da Galeria Digital do Sesi-SP: reflexo dos novos tempos. Foto: Divulgação

Obra a ser exibida na nova mostra da Galeria Digital do Sesi-SP: reflexo dos novos tempos. Foto: Divulgação


Durante as oito horas de curso, serão apresentados desde visualizadores de frequências de som (media-players), passando por softwares de controle de som e finalizando com a integração entre análise de espectros sonoros com softwares de produção de imagens ao vivo (VJ/video-joquey).

As atrações irão se desdobrar numa exposição de rua – ilimitada e participativa. Confira a programação e não perca!

09/06 – Especial de estreia

20h

“Selfiecity” (5 minutos)

“Framing Body” e “Preto no Branco” com dançarinas e participantes (10 minutos cada)

“Thaeta” (20 minutos)

“RTP-LED” improviso musical (15 minutos)

Instalações interativas abertas ao público até as 22h.

Apresentações ao vivo (performances e shows)

Serão duas apresentações de até 30 minutos, sempre às 20h30 e 21h30

10/06 – Thaeta -StratoFysika (performance)

11/06 – Thaeta -StratoFysika (performance)

12/06 – Thaeta -StratoFysika (performance)

14/06 – RTP-LED com Batuntã

15/06 – RTP-LED com Quintal Brasileiro

21/06 – RTP-LED com Mel Azul

22/06 – Preto no Branco –  Samira e Rogério Borovik (performance 4 coreógrafos)

28/06 – RTP-LED com Superdose

29/06 – Preto no Branco – Samira e Rogério Borovik (performance 4 coreógrafos)

05/07 – RTP-LED Live2

06/07 – Superdose com VJ Spetto

Nos dias sem apresentações serão transmitidas a obra visual generativa “Selfiecity” e as instalações “Preto no Branco” e “Framing Body” intercaladas, entre 20h e 22h.

Das 22h às 06h, serão transmitidas versões em vídeos de todas as obras e performances.

9 de junho a 7 de julho

20h às 22h – Obras interativas abertas ao público

Preto no Branco

Framing Body

Intercaladas com a obra generativa “Selfiecity”

22h às 6h – Todas as obras em vídeo (em loop)

Mais informações sobre a mostra Performance – Expressões Digitais no site da Galeria Digital do Sesi-SP.

Foto: Galeria Digital do Sesi-SP apresenta mensagens de boas festas

Agência Indusnet Fiesp

Imagem relacionada a matéria - Id: 1539903563

Foto: Beto Moussalli/Fiesp


Em exibição desde o dia 9 de dezembro, a Galeria de Arte Digital do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) apresenta uma programação especial de Natal e Ano Novo.

As imagens, disponíveis a partir de 20h, ficam em exibição até o dia 2 de janeiro de 2014, na fachada do edifício-sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), na Avenida Paulista, 1313.

A Galeria Digital do Sesi-SP tem 26.241 clusters luminosos. Cada um deles é formado por quatro lâmpadas de led. A área de tela expositiva cobre 3.700 m2 da estrutura metálica que reveste o prédio.