Sesi-SP e Engenheiro Coelho assinam convênio para implantar o ‘Atleta do Futuro’

Juan Saavedra, Agência Indusnet Fiesp, de Engenheiro Coelho

Depois de Caconde e Itobi, o Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP), firmou na tarde desta terça-feira (01/07) mais um convênio do Programa Atleta do Futuro (PAF). Desta vez, com a prefeitura de Engenheiro Coelho, município a aproximadamente 168 quilômetros da capital paulista. O programa de formação esportiva beneficiará 200 alunos com a prática de futsal.

O acordo foi firmado pelo diretor de Esporte e Qualidade de Vida do Sesi-SP, Alexandre Pflug, e pelo prefeito Pedro Franco.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1539710574

O prefeito Pedro Franco com o convênio assinado em mãos ao lado do diretor de Esportes e Qualidade de Vida do Sesi-SP, Alexandre Pflug Foto: Ayrton Vignola/Fiesp

O PAF contempla crianças e jovens entre 6 e 17 anos e as atividades estão organizadas em três fases, adequadas para cada faixa etária. De acordo com a prefeitura, a prioridade nesse momento inicial serão as crianças de 6 a 10 anos. Nessa fase, entre seis e oito anos, os instrutores trabalham para promover qualidade de vida, integração e socialização por meio de jogos e brincadeiras lúdicas. A partir dos oito anos, os participantes iniciam a prática esportiva, conhecendo as diversas modalidades e suas diferenças.

“O objetivo é que elas participem do maior número de modalidades. Assim os instrutores acabam detectando um talento, uma habilidade e estimulando o desenvolvimento em uma habilidade mais adequada às características das crianças˜, explicou Pflug ao conversar com o prefeito.

Franco afirmou que a parceria só agrega para o município. “Sabemos que somos uma cidade ainda pequena. Isso só vem agregar. Vamos sensibilizar qual a vocação das crianças. E isso vai proporcionar várias atividades. Quem sabe, futuramente, não podemos ter alunos disputando as Olimpíadas˜, disse o prefeito.

Pflug sugeriu ainda encontrar uma empresa local para ser madrinha da iniciativa e recomendou promover um evento de lançamento com a presença dos pais dos alunos.

Metodologia

Dos 11 aos 17 anos, os alunos optam por uma modalidade e realizam treinos específicos. Nesta fase, os atletas podem representar a equipe do Sesi-SP em competições estaduais e nacionais.

Por se tratar de programa de formação esportiva com metodologia própria do Sesi-SP as aulas esportivas são complementadas por intensa programação nos finais de semana com a participação da família. Todos os profissionais envolvidos passam por capacitações e os alunos têm acesso a todos os materiais necessários para a prática de diferentes modalidades de esporte.

Além da prática esportiva, os alunos do PAF recebem orientação em temas transversais como saúde, trabalho, consumo consciente, meio ambiente e pluralidade cultural, dentre outros. Os instrutores trabalham para difundir valores como ética, superação, autoestima e socialização, com o intuito de ajudar o aluno a se desenvolver de modo pleno.

Sesi-SP vai formar 250 alunos em futsal, handebol e capoeira em comunidade do Guarujá

Alice Assunção, Agência Indusnet Fiesp, do Guarujá

Imagem relacionada a matéria - Id: 1539710574

Equipe do Sesi promove aula de capoeira no Guarujá. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp

Ao menos 250 crianças e adolescentes de Jardim Santo Antônio, no Guarujá, na Baixada Santista, vão receber formação esportiva do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) nas modalidades futsal, handebol e capoeira.

Na tarde desta sexta-feira (11/04), o presidente da instituição, Paulo Skaf, e a prefeita de Guarujá, Maria Antonieta de Brito, assinou o convênio do Programa Atleta do Futuro, iniciativa de formação esportiva do Sesi-SP que já beneficia mais de 90 mil crianças e jovens em todo o estado.

“A comunidade de Santo Antônio é a primeira do Guarujá a receber o Programa Atleta do Futuro. Quero agradecer a todo equipe do Sesi-SP. Obrigada por acreditarem”, afirmou Maria Antonieta.

Inicialmente o PAF atenderia a 100 crianças e adolescentes de 6 a 17 anos na modalidade futsal. Mas na ocasião da assinatura, o programa foi ampliado para mais 150 jovens e para mais duas modalidades: handebol e capoeira.

Skaf também anunciou uma parceria do projeto Alla Corda de musicalização do Sesi-SP com um grupo de ao menos 20 alunos de violão da comunidade de Santo Antônio.

“Na parceria do Alla Corda com o Santo Antônio, vamos apoiar o estudo de instrumentos”, afirmou Skaf. O convênio deve ter início no próximo mês, segundo o presidente do Sesi-SP.

Outro convênio também foi anunciado para a formação profissional da região. O Senai-SP deve aproveitar instalações em fase de conclusão na comunidade para oferecer cursos para as áreas de construção e manutenção. “A prefeita vai resolver a questão das salas e vamos oferecer curso de eletricista e para outras demandas a partir de junho”, disse Skaf.


Bons exemplos do judô

Imagem relacionada a matéria - Id: 1539710574

Equipe do Judô prestigiam o evento. Foto: Everton Amaro/Fiesp

Campeões de diferentes categorias do judô,  Bruno Mendonça, titular da seleção brasileira de judô, Bruno e Carolina Pereira Martins, irmãos e campeões paulistas, participaram da cerimônia de assinatura do PAF.

Para o treinador deles, Paulo Duarte, quanto mais programas como PAF houver em diferentes regiões, maior a chance de encontrar talentos do esporte.

“Quanto maior o contingente, maiores são as chances de encontrar apostas. E a iniciativa do Sesi-SP é fantástica porque a meta é que pelo menos um atleta de cada modalidade represente o Brasil em competições no exterior”, afirmou Duarte.

Sesi-SP assina convênio do Programa Atleta do Futuro em cidades do Vale do Paraíba

Ariett Gouveia, Agência Indusnet Fiesp, do Vale do Paraíba

O Programa Atleta do Futuro (PAF) chegou a mais três cidades nesta quinta-feira (20/03). Santa Branca, Jambeiro e Monteiro Lobato, todas na região do Vale do Paraíba, assinaram o convênio com o Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP), promovendo o acesso de mais de mil crianças à prática esportiva.

Em Santa Branca, serão atendidas 220 crianças e jovens nas modalidades natação, futsal e handebol. Na cidade de Jambeiro, as modalidades são voleibol, futebol e futsal, que serão oferecidas para 360 alunos. Já em Monteiro Lobato, a parceria será para atender 500 meninos e meninas na prática de futebol, basquete e hapkidô.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1539710574

Na Câmara Municipal de Santa Branca, Sesi-SP e Prefeitura assinam parceira do PAF. Foto: Tamna Waqued/Fiesp

“Vemos no olhar de cada criança a alegria de poder participar desse projeto”, disse o prefeito de Santa Branca, Adriano Pereira, que contou também com o apoio da empresa Usimabe – Usinagem e Ferramentaria, para implantar o PAF na cidade. “O Atleta do Futuro é um presente que a nossa cidade ganha do Sesi-SP e será um marco para todas as crianças e jovens, porque será fundamental para a promoção da cidadania e formação do caráter.”

Em Monteiro Lobato, os alunos fizeram uma demonstração do hapkidô, um dos esportes que vão contar com o apoio do PAF.

Para Paulo Skaf, presidente do Sesi-SP e da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), a indústria investe no esporte porque acredita que ele faz parte da educação integral. “Quando, desde cedo, a criança pratica esporte, isso fica para a vida toda. Esporte é saúde e esporte também é educação”, declarou.

“Com o PAF, além da estrutura esportiva do Sesi-SP, contamos também com a estrutura que já existe na cidade, para que ele seja utilizado ao máximo. Trazemos a metodologia do Sesi-SP, treinamos os professores locais, tudo para estimular que a moçada crie o hábito de praticar esporte.”

Imagem relacionada a matéria - Id: 1539710574

Presidente da Fiesp e do Sesi-SP, Paulo Skaf (3º da esquerda para a direita) assina convênio do Programa Atleta do Futuro em Monteiro Lobato. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp

Outros pedidos

Aproveitando a presença do presidente do Sesi-SP na cidade, o prefeito de Santa Branca fez outros pedidos de parceria: oferta de cursos profissionalizantes na cidade, criação de um curso de inclusão digital, implantação do sistema Sesi-SP de ensino nas escolas municipais e a realização das palestras do Programa Alimente-se Bem.

Skaf deu encaminhamento imediato aos pedidos do prefeito. Autorizou a contratação de um professor de informática para o curso de inclusão digital, que deve começar em maio; solicitou o agendamento de reunião com a secretária de educação de Santa Branca para iniciar o Sistema Sesi de Ensino já em 2015; pediu que a cidade seja incluída na programação do Alimente-se Bem e organizou um levantamento entre as empresas da região para verificar qual a demanda de cursos profissionalizantes.

Em Monteiro Lobato, o presidente também anunciou a criação do curso de inclusão digital em maio, utilizando o espaço e os equipamentos disponíveis na cidade.

Jogos Escolares do Sesi-SP chegam à última fase com cerca de 2.400 estudantes

Agência Indusnet Fiesp

A fase estadual dos Jogos Escolares do Sesi-SP (JES) começa no sábado (09/11), em Araçatuba. As atividades prosseguem nos dias 23 de novembro, em Jacareí e Matão, e no dia 30 de novembro, em Votorantim. No total, é prevista a participação de aproximadamente 2.400 estudantes.

Cada um desses quatro municípios tem competições autônomas, agrupando, por critérios de proximidade geográfica, os representantes das oito escolas vitoriosas em cada modalidade esportiva na fase intermunicipal. Ao final, a fase estadual consagra quatro campeões – um por município. A fórmula visa evitar que os alunos se desgastem com longos deslocamentos.

A programação dos Jogos tem três modalidades esportivas: vôlei (feminino e masculino), basquete (feminino) e futsal (masculino). Conforme o regulamento, o sistema que define o campeão é o mesmo: equipes separadas em grupos nas fases eliminatórias e mata-mata nas finais.

A presença de atletas do Sesi-SP também é bastante esperada. São representantes de diversas modalidades convidados para ministrar oficinas de esporte. Eles têm ainda a missão de assessorar os times durante os jogos.

Já estão confirmadas as presenças do campeão de triatlon Reinaldo Colucci, em Matão, e de atletas dos times de badminton, judô e da base do vôlei em Araçatuba. Mais atletas devem ser confirmados até a data de cada um dos eventos.

Os Jogos Escolares do Sesi-SP são a maior competição esportiva estudantil de toda a rede Sesi de ensino, envolvendo alunos do 1º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio. A competição é organizado em quatro fases distintas: torneio infantil, fase intercalasses, intermunicipal e estadual.  As primeiras fases chegaram a contar com 38.000 alunos do Sesi-SP.

Serviço

Data dos Jogos

09/11/2013 – Araçatuba
23/11/2013 – Jacareí e Matão
30/11/2013 – Votorantim

Vitórias do Sesi-SP no Futsal Sub 9 e Sub 11

Mesmo jogando na casa do adversário com a pressão habitual da torcida, as equipes sub 9 e sub 11 de Futsal do Sesi-SP não se intimidaram e venceram seus jogos contra o Clube São João de Jundiaí no último sábado (17).

Futsal Masculino Sub – 9

Os meninos do Sesi-SP começaram bem a partida e logo aos quatro minutos de jogo abriram o placar com Ronald. No segundo tempo, Renan, com um chute de fora da área, marcou mais um gol.

A vitória, que parecia consolidada, começou a ser ameaçada quando o adversário, na pressão total, fez um gol e foi com tudo para o empate. Só que era o dia do Sesi-SP, e aos 16 minutos Gabriel Viotto ampliou o placar para 3 a 1 e liquidou a partida.

O técnico Luiz Augusto Maciel Oliveira comentou no final da partida que o Sesi-SP vem evoluindo rapidamente, e isso o anima para as próximas competições da equipe: “Enfrentamos o 4º colocado na casa dele e suportamos bem a pressão. Os meninos estão muito bem!”.

Futsal Masculino Sub – 11

Após duas derrotas seguidas para o São Paulo e o Mogi, a equipe do Sesi-SP entrou no jogo sob pressão. Era preciso vencer ou vencer, para seguir na competição e dar a volta por cima.

Logo no primeiro minuto de jogo, Demethryus do Sesi-SP abriu o marcador, seguido de Lucas, que, dois minutos depois, fez 2 a 0 sobre o São João. A comemoração foi contagiante.

No início do segundo tempo, após bela triangulação, Victor fez mais um gol. Só que, durante a comemoração do Sesi-SP, a equipe adversária cobrou rapidamente a saída de bola e, do meio da quadra, diminuiu o placar para 3 a 1.

Animada com o gol, a equipe do São João foi para o ataque e o jogo ficou tenso. Mas Demethryus e Guilherme acabaram com a possibilidade de reação do adversário e ampliaram o marcador para 5 a 1. Ainda assim, o adversário fez mais dois gols e levou outros dois, dessa vez com Caio e Lucas. Final: 7 a 3 para o Sesi-SP.

Ficha técnica
Sesi-SP equipe Sub 9: Ygor (Batatinha), Bruno, Edson, Gabriel Sennosien, Gabriel dos Santos, Guilherme, Henrique, Julio Cesar, Leonardo Lanza, João, Rafael, Ronald, Miguel, Herbert e Nicolas

Sesi-SP equipe Sub 11: Maurício, Caíque, Thiago, Everton. Vinicius, Victor, Thiago Peixoto, Thiago Passo, Matheus, Everton, Lucas, Guilherme, Demethryus, Caio, Arthur e Luiz Augusto.

Técnico: Luiz Augusto Maciel Oliveira

Sesi-SP perde do São João no Futsal Sub 17

Agência Indusnet Fiesp

Em jogo válido pelo Campeonato Metropolitano de Futsal Sub 17, ocorrido no último sábado (17), no Clube São João em Jundiaí, SP, os meninos do Sesi-SP não foram bem e acabaram perdendo para o adversário por 9 a 5, apesar de estarem vencendo até os 17 minutos do primeiro tempo.

Neste jogo, o principal atrativo era o confronto entre o líder (Sesi-SP) e o 2º colocado (São João). No começo da partida, as duas equipes mostraram-se bastante ofensivas, alternando vários ataques e defesas dos goleiros, especialmente do sesiano Pedro Vinicius. Até que, aos 3:44 do primeiro tempo, o Sesi-SP abriu o placar. No entanto, menos de um minuto depois, o São João empatou e, aos 6:15, passou a frente do marcador.

Mesmo com a virada, o Sesi-SP não esmoreceu e começou a atacar sistematicamente. Aos 8:55, a equipe da indústria paulista empatou e manteve-se determinada e com garra, chegando ao terceiro gol aos 17:37 e devolvendo a virada que o adversário havia imposto minutos antes.

Mas os meninos da indústria se desconcentraram e isso foi decisivo para o destino da partida. Em menos de dois minutos, o Sesi-SP levou três gols e terminou o primeiro tempo em desvantagem no marcador (3 a 5).

No 2º tempo, apesar das orientações do técnico Jair Carlos Martins, a equipe não se acertou e desperdiçou mais quatro gols, perdendo pela primeira vez na competição: “Apesar do mau resultado, estamos confiantes de que reagiremos na próxima partida e avançaremos na competição”, diz Jair Carlos.

Ficha técnica
Sesi-SP x São João
Data: sábado,17 de abril
Local: Clube São João, Jundiaí, SP
Placar: 9 a 5 – São João

Sesi-SP Futsal – Sub 17 – Pedro Vinicius, Luan, Guilherme, Anderson, Bruno, Felipe, Felipe Valério, João Gabriel, Kauan, Marco Aurélio, Maurício, Paulo César. Técnico: Jair Carlos Martins