Fussesp e Senai-SP ampliam benefícios a alunos da rede pública

Alunos dos ensinos Fundamental e Médio de 40 municípios passam a ser beneficiados com o programa Pedalando e Aprendendo, desenvolvido pelo Fundo de Solidariedade e Desenvolvimento Social e Cultural do Estado de São Paulo (Fussesp), em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-SP).

Na manhã de quarta-feira (31), na sede da Fiesp, 20 prefeituras assinaram termo de compromisso para a realização de cursos de capacitação para o conserto de bicicletas, criando possibilidades de geração de renda para jovens do Ensino Médio matriculados na rede pública.

Outras 20 cidades foram contempladas com a doação de 1.800 bicicletas. As peças entregues pela Caloi, Marco Polo e Bradesco Seguros serão distribuídas a crianças que estudam no Ensino Fundamental e têm dificuldades de locomoção para chegar à escola.

Criado em 2007, o programa se propõe a oferecer qualificação inicial para o primeiro emprego a jovens com idade acima de 16 anos. O curso ministrado e com direito a certificação do Senai-SP tem duração de 100 horas e habilita os participantes a atuar nos processos de montagem e manutenção de bicicletas.

Ao final da solenidade, o presidente da Fiesp, Paulo Skaf, agradeceu a presença de todos os apoiadores da iniciativa e enfatizou a importância social do projeto. “Nosso grande desafio é oferecer ensino de qualidade e excelência, proporcionando aos jovens competência técnica e conceitos de empreendedorismo.”

Cidades contempladas com a doação: Álvaro de Carvalho; Alvinlândia; Aspásia; Arco Íris; Dirce Reis; Lupércio; Marabá Paulista; Mariápolis; Nantes; Nova Guataporanga; Nova Lusitânia; Planalto; Pontalinda; Pracinha; Pratânia; Queiroz; Sagres; Santa Mercedes; Uru e Vitória Brasil.

Cidades que vão oferecer o curso em parceria como o Senai-SP: Andradina; Araçatuba; Barretos; Guaratinguetá; Itapetininga; Limeira; Mogi das Cruzes; Mogi Guaçu; Mongaguá; Pindamonhangaba; Porto Ferreira; Ribeirão Preto; Rio Claro; Santos; São Roque; São Vicente; Taubaté e Votuporanga. Na capital, participam do acordo a Subprefeitura de Vila Prudente e o Instituto Criança Cidadã (Casa de Solidariedade II).

O Convênio entre Fussesp e Fiesp/Senai e a parceria com a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (Seesp) foi estabelecido em 2007. Desde então, certificou 718 alunos.