Senai vai qualificar profissionais em manutenção de máquinas agrícolas de precisão

O Senai-SP, a Fundação Nishimura de Tecnologia e a Prefeitura Municipal de Pompéia firmaram, na sexta-feira (24), convênio para realização de programas de educação profissional nas unidades mantidas pela Fundação.

O curso Técnico de Manutenção em Máquinas Agrícolas de Precisão é primeira ação da parceria. O treinamento terá dois anos de duração e será uma resposta à crescente demanda por profissionais com este perfil, em face da mecanização da atividade agrícola, que se tem utilizado de tecnologia digital e monitoramento por meio de GPS.

“Esta é uma parceria antiga que deve ser perpetuada”, destacou o presidente da Fiesp/Ciesp, Paulo Skaf, no ato de assinatura, ao lado do prefeito Oscar Yassuda e do presidente da Fundação e do Grupo Jacto, Jorge Nishimura.

“Aqui estão representados os valores da cultura japonesa, de respeito à família, à disciplina e ao trabalho”, acrescentou o líder empresarial, que horas antes havia inaugurado escola do Sesi em Paraguaçu Paulista e vistoriado obras de construção de outra unidade em Assis.

“Parcerias se estabelecem quando se tem uma relação de confiança”, discursou, por sua vez, Jorge Nishimura, em nome da família. O presidente do Grupo Jacto lembrou a figura materna, dona Chieko, e o trabalho incessante do pai, o imigrante Shunji Nishimura, pioneiro na indústria de Marília e região e hoje com 99 anos.


Parceria antiga

Com o novo convênio, a gestão do ensino no Colégio Técnico será feita pela Escola Senai José Polizotto, de Marília, onde são oferecidos os cursos de Mecânica e de Eletroeletrônica, que atendem 96 alunos.

O Senai-SP continuará ainda com a gestão e operação dos cursos de Aprendizagem Industrial ministrados na Escola Chieko Nishimura, inaugurada em janeiro de 2005, hoje com 96 alunos.

“Estes laços com a família e a empresa Jacto remontam aos anos 80, em convênios firmados ainda com o próprio Shunji Nishimura”, recordou o diretor do Senai-SP.

Desde esse período, a empresa tem patrocinado as participações do Senai paulista na Olimpíada do Conhecimento, nas fases nacional e internacional. No torneio mundial de 2005, na Finlândia, a Fundação foi premiada com medalha de prata na categoria Manufatura Integrada.