Sesi Americana vence maior torneio de robótica do mundo

Alex de Souza, Agência Indusnet Fiesp

No ano passado bateu na trave, com o vice-campeonato dos alunos do Sesi de Rio Claro. Mas este ano o lugar mais alto do pódio veio. A equipe Sesi Red Rabbit, de Americana, foi a campeã geral do maior torneio de robótica educacional do mundo, o World Festival, disputado no último sábado (21/4).

Além dos americanenses, subiram ao pódio os alunos da equipe Sesi Jedi’s, que conquistaram o terceiro lugar na classificação geral. A competição reuniu 108 times de todo o mundo. Além da premiação geral, o torneio ainda teve outros brasileiros fazendo bonito nos EUA. A equipe Big Bang, do Sesi de Birigui, ficou em primeiro lugar na apresentação do projeto de pesquisa. Já a equipe Thunderbóticos, do Sesi de Rio Claro, conquistou o segundo lugar em programação do robô.

Sobre a competição

O Torneio de Robótica FIRST LEGO League é um programa internacional que promove o ensino de ciência, tecnologia, engenharia, artes e matemática no ambiente escolar. A cada ano o torneio estimula o trabalho colaborativo, a criatividade e traz desafios do mundo real para os alunos.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540229292

Equipe Sesi Red Rabbit, de Americana, vence World Festival. Foto: Divulgação/Sesi-SP

Criado em 1998 pela FIRST – uma organização não governamental – em parceria com o Grupo LEGO, a competição propõe que estudantes sejam apresentados ao mundo da ciência e da tecnologia de forma divertida, por meio da construção e programação de robôs feitos inteiramente com peças da tecnologia LEGO Mindstorm.

Em cada torneio, os estudantes precisam realizar quatro tarefas. Uma delas é o Desafio do Robô, em que os estudantes colocam os robôs de Lego para cumprir determinadas missões. Os robôs, projetados e construídos pelos próprios alunos, também são avaliados na categoria Design do Robô. Os times podem utilizar sensores de movimento, cor, toque, controladores e motores. Os juízes levam tudo isso em consideração, além da estratégia e programação.

Conta pontos ainda o Projeto de Pesquisa com uma solução inovadora sobre o uso da água. Por fim, na categoria Core Values, os estudantes precisam mostrar que sabem trabalhar em equipe. A competição é voltada para estudantes de 9 a 16 anos, de escolas públicas ou particulares.

Para saber mais sobre o torneio, acesse: facebook.com/roboticasesi