Senai-SP quer mostrar importância da qualificação profissional na panificação

Guilherme Abati, Agência Indusnet Fiesp

Mostrar os serviços oferecidos pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de São Paulo (Senai-SP) para o público da Feira Internacional de Panificação, Confeitaria e Varejo Independente de Alimentos (Fipan 2014), considerada a maior feira do setor na América Latina e a quinta maior do mundo.

Este é um dos objetivos do estande da instituição no evento, aberto nesta terça-feira (15/07), de acordo com Silvia Helena Carabolante, diretora da escola Senai Horácio Augusto da Silveira, na Barra Funda.

“Nossa proposta é mostrar que todo o setor passa pela boa qualificação de profissionais”, disse a diretora.

Oficinas mostram como é a preparação de empanadas, entre outras receitas. Foto: Beto Moussalli/Fiesp

Segundo Silvia, as oficinas são muito procuradas, além de empresas, por pessoas comuns, de comunidade, que querem conhecer mais sobre as atividades e possivelmente entrar no mercado.

A formação profissional de mão de obra para o setor da panificação, de acordo com a diretora, é essencial para o Senai-SP. Além da escola da Barra Funda, unidades de Campinas e Marília também são voltadas para as áreas de panificação e confeitaria.

“Somente no Estado de São Paulo são mais de 12 mil padarias, ou seja, é um universo grande para atender em termos de formação.”


Oficinas do Sesi-SP

O estande do Senai-SP é dividido com o Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP). E uma das atrações é a programação de oficinas – as do Sesi-SP apresentam como preparar receitas do programa Alimente-se Bem.

“A escolha das oficinas ministradas por professores do Sesi-SP é baseada na praticidade. É uma forma de as pessoas degustarem os serviços que o Sesi-SP possui”, afirma Silvana Maria Sanvito, especialista em nutrição do Sesi-SP.

“Além disso, divulgamos aqui no estande os cursos que serão ministrados pelo Sesi-SP no futuro”, completou Silvana.

Setor da panificação precisa continuar a se aperfeiçoar, afirma diretor da Fiesp

Guilherme Abati, Agência Indusnet Fiesp

A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) marca presença na edição 2014 da Feira Internacional de Panificação, Confeitaria e Varejo Independente de Alimentos (Fipan), iniciada nesta terça-feira (15/07), no Expo Center Norte, em São Paulo.

A instituição disponibiliza aos visitantes da feira um estande com atendimento financeiro ao micro e pequeno empresário, além da realização de palestras e oficinas gratuitas.

Antero José Pereira (terceiro da esquerda para a direita), presidente do Sindicato da Indústria de Panificação e Confeitaria de São Paulo (Sindipan), durante a abertura do evento. Foto: Beto Moussalli/Fiesp

Para o diretor do Departamento da Micro, Pequena e Média Indústria (Dempi) da entidade, Augusto Dalman Boccia, o setor de panificação do Brasil é tradicional e tem um forte espaço na economia, passando por uma expansão nas últimas décadas, mas “precisa continuar se atualizando, sempre buscando inovação, tecnologia e novas práticas.”

“O mercado da panificação, apesar dos bons resultados, precisa de maior sinergia, para que o segmento possa crescer mais e atender seus objetivos”, disse.

>> Na Fipan 2014, Senai-SP quer mostrar importância da qualificação profissional na panificação
>>  Fiesp leva para a Fipan 2014 atendimento de crédito e ciclo de palestras gratuitas
>> Sesi-SP e Senai-SP têm oficinas gratuitas na Fipan 2014

A necessidade de inovação do setor, segundo o dirigente, é atendida com a realização da Fipan 2014, maior feira do setor na América Latina e a quinta maior do mundo. Para ele, a feira acerta ao dar bastante atenção à formação profissional. “Muitas empresas criaram espaço dedicados a educação, formação profissional, com capacitação, oficinas, palestras”, disse o diretor.

Com o objetivo de apoiar toda a necessidade do micro e pequeno empresário da indústria da panificação, o Dempi participa de vários eventos similares à Fipan 2014. “Os resultados têm sido ótimos, com aperfeiçoamento do relacionamento com os empresários da área”, afirmou Boccia.

Além de uma extensa programação com palestras e oficinas, o estande da Fiesp disponibiliza aos visitantes da feira um atendimento financeiro especial. “Temos uma espécie de sala de crédito, com pessoas especializadas para informar as pessoas que queiram expandir seus negócios sobre as mais variadas linhas de crédito disponíveis.”