4º Workshop Diálogos de Financiamentos Climáticos

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540080831

Acesse as apresentações dos palestrantes que participaram do 4º Workshop Diálogos de Financiamentos Climáticos.

O evento organizado pela Rede Brasil do Pacto Global com apoio da Fiesp teve como objetivo facilitar o acesso de empresas e organizações aos recursos financeiros e linhas de créditos voltado às mudanças climáticas.




Ciesp fecha parceria com Agência de Fomento Paulista

Mariana Ribeiro, Agência Ciesp de Notícias

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540080831

Alberto Goldman, governador de São Paulo. Foto: Pedro Ferrarezzi

O Ciesp assinou nesta terça-feira (28), em cerimônia no Palácio dos Bandeirantes, um convênio com a Nossa Caixa Desenvolvimento para integrar a rede de distribuição dos recursos da Agência de Fomento Paulista.

A parceria beneficia as 9 mil empresas associadas à entidade no repasse das linhas de financiamento a taxas de juros competitivas, que privilegiam projetos de inovação e sustentabilidade.

Desde sua criação, em março de 2009, a Agência de Fomento já realizou mais de mil operações com pequenas e médias empresas e ultrapassou os R$ 170 milhões em desembolsos. Mas, segundo o governador Alberto Goldman, a utilização dos recursos ainda está aquém do desejado. O capital disponível, segundo ele, pode alavancar R$ 8 bilhões em operações de crédito.

“A Agência já capitalizou R$ 600 milhões e pode atingir a sua meta, de R$ 1 bilhão. Mas esses R$ 400 milhões restantes, já empenhados no orçamento, ainda não chegaram porque não temos para quem emprestar. Precisamos do esforço dos parceiros para fazer o recurso chegar na ponta”, afirmou o governador. “É o nosso BNDES. Mas o objetivo é atingir as pequenas e médias empresas, que faturam entre R$ 240 mil e até R$ 100 milhões anualmente”.

Capilaridade

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540080831

Rafael Cervone, no exercício da presidência do Ciesp. Foto: Kenia Hernandes

A Nossa Caixa Desenvolvimento conta com 40 instituições parceiras e acaba de fechar novos convênios com outras quatro entidades representativas do empresariado, dentre elas o Ciesp, que acionará a sua rede de 43 diretorias no estado para intermediar o acesso das pequenas e médias indústrias ao crédito.

Para Rafael Cervone, no exercício da presidência do Ciesp, a missão da entidade agora é trabalhar a capilaridade no interior paulista e ser um facilitador do processo. “É uma parceria estratégica para nós, que pode ser utilizada de várias formas. Primeiro, disponibilizaremos aos nossos associados um grande volume de recursos a taxas competitivas, que vêm em um momento importante de retomada de investimentos na economia”, sublinhou Cervone.

“Além disso, estabelecemos a inovação como elemento estratégico para os próximos dois anos, e muitos projetos podem ser suportados com financiamentos da Nossa Caixa, que também é agente repassador de recursos do BNDES”, disse o dirigente.

Os empréstimos estão alocados em 37 municípios paulistas, e o segmento de máquinas e equipamentos detém 81% das operações, seguido do comércio (13%) e serviços (6%). Porém, segundo o presidente da Nossa Caixa Desenvolvimento, Milton Luiz de Melo Santos, com os novos convênios a Agência espera ampliar consideravelmente o alcance dos recursos no interior paulista, que concentra os Arranjos Produtivos Locais (APLs).

“A nossa capilaridade se realiza por meio das entidades parceiras, que são a ligação rápida e sem burocracia com as empresas que precisam do dinheiro para investir, mas encontram dificuldades na obtenção de crédito no sistema convencional. Queremos que os pequenos negócios consigam crescer e gerar emprego e renda”, resumiu Milton Santos.