Fiesp distribui redutores de vazão na 17ª Feira Internacional de Meio Ambiente Industrial e Sustentabilidade

Solange Sólon Borges, Agência Indusnet Fiesp

Duas das maiores feiras do setor ambiental, a Fimai, maior e mais importante da América Latina, e a Ecomondo, terceira maior na Europa, uniram-se para organizar a 17ª edição da Feira Internacional de Meio Ambiente Industrial e Sustentabilidade. Expositores apresentaram soluções para a indústria minimizar impactos ambientais, contemplando tecnologias sustentáveis de racionalização do uso da água, da energia e, ao mesmo tempo, reduzindo o custo de produção.

A Fiesp contou com stand na feira. Uma das ações da entidade foi a continuidade da campanha Água na Medida, com a distribuição de mais de mil kits compostos por quatro redutores de vazão de ½ polegada. O redutor plástico pode reduzir, no ponto instalado, em até 50% a vazão de uma torneira ou chuveiro, contribuindo de forma efetiva para minimizar o impacto da crise hídrica em residências, condomínios, prédios comerciais e industriais e escolas. Para demonstração junto ao público da Feira, em exposição o tanque que mostra o consumo de água com e sem redutor, que foi desenvolvido pelos alunos do Senai Mario Amato. Apoiada pela Fiesp, a campanha “Não Vou Pagar o Pato” – contra a criação de mais impostos – foi bem recebida pelo público.

Outra ação foi a distribuição de mais de 500 guias técnicos da Fiesp (Licenciamento Ambiental, Áreas Contaminadas e Produção e Consumo Sustentável)

Consumo da indústria

Ao menos 65% da indústria reutiliza a água em seus processos produtivos, segundo o Departamento de Meio Ambiente da Fiesp e do Ciesp. A conscientização e o incentivo a essa boa prática levaram a indústria, desde 2002, a reduzir em 47% a água utilizada na região de Campinas, tendo como base os volumes autorizados de uso de água superficial e subterrânea publicados no Relatório de Situação do Comitê de Bacias Hidrográficas Piracicaba, Capivari, Jundiaí (PCJ). Este é um bom exemplo.

Para o diretor do Departamento de Meio Ambiente da Fiesp e do Ciesp, Nelson Pereira dos Reis, “com o trabalho intenso de uso eficiente da água que tem sido feito, a indústria reduz cada vez mais a sua demanda e também os impactos provenientes da atual crise”.

Fiesp participa da maior feira ambiental voltada à indústria e sustentabilidade da América Latina

Agência Indusnet Fiesp

A Fiesp participará da 17ª edição da Feira Internacional de Meio Ambiente Industrial e Sustentabilidade,  organizada pela Fimai, maior e mais importante feira do setor ambiental da América Latina, e pela Ecomondo, terceira maior na Europa. Expositores apresentarão soluções para a indústria minimizar impactos ambientais, contemplando tecnologias sustentáveis de racionalização do uso da água, da energia e, ao mesmo tempo, reduzindo o custo de produção.

Uma das ações programadas pela Fiesp para seu estande é a distribuição de kits compostos por quatro redutores de vazão de ½ polegada. O redutor plástico pode reduzir, no ponto instalado, em até 50% a vazão de uma torneira ou chuveiro, contribuindo de forma efetiva para minimizar o impacto da crise hídrica em residências, condomínios, prédios comerciais e industriais e escolas.

Os negócios de soluções ambientais sustentáveis têm crescido em torno de 6% ao ano, segundo Simone Castelli, diretor de Negócios da Ecomondo. “O objetivo é apresentar equipamentos e soluções tecnológicas avançadas, já utilizadas no mercado internacional, para as empresas brasileiras”, apontou.

“A chegada da Ecomondo ao Brasil representa uma significativa cooperação nos seminários e congressos, com especialistas altamente qualificados compartilhando conhecimentos e orientando os profissionais brasileiros”, sintetiza Julio Tocalino Neto, idealizador da FIMAI, membro do Conselho do Meio Ambiente da Fiesp e um dos executivos brasileiros mais atuantes no setor de sustentabilidade industrial.

Nos debates serão abordados temas como novas normas, legislações, instrumentos de financiamento das inovações, além de técnicas e incentivos disponíveis à indústria. O Seminário Internacional de Meio Ambiente Industrial e Sustentabilidade e o Workshop “Gestão de Resíduos Orgânicos” tem o respaldo técnico do Comitê Científico composto por entidades como Cetesb, Fiesp, ABNT, Ibama, Sebrae, Abiplast, Abpcea, Abetre, Abrelpe, Confea, Cempre, Poli-USP e IPT.

Consumo da indústria

Ao menos 65% da indústria reutiliza a água em seus processos produtivos, segundo os departamentos de meio ambiente da Fiesp e do Ciesp. A conscientização e o incentivo a essa boa prática levaram a indústria, desde 2002, a reduzir em 47% a água utilizada na região de Campinas, tendo como base os volumes autorizados de uso de água superficial e subterrânea publicados no Relatório de Situação do Comitê de Bacias Hidrográficas Piracicaba, Capivari, Jundiaí (PCJ). Este é um bom exemplo.

Para o diretor do departamento de meio ambiente da Fiesp e do Ciesp, Nelson Pereira dos Reis, “com o trabalho intenso de uso eficiente da água que tem sido feito, a indústria reduz cada vez mais a sua demanda e também os impactos provenientes da atual crise”.

 

SERVIÇO

FIMAI ECOMONDO Brasil

17ª Feira Internacional de Meio Ambiente Industrial e Sustentabilidade

Local:  Expo Center Norte – Pavilhão Branco
Rua José Bernardo Pinto, 333 – Vila Guilherme, São Paulo-SP

Data: 11,12 e 13 de Novembro de 2015, das 13h00 às 20h00

Site: www.fimai.com.br/

Entrada franca. Os seminários são pagos, com inscrições prévias no site.

Foto: Fiesp participa da XVI Fimai

Agência Indusnet Fiesp

Imagem relacionada a matéria - Id: 1545141533

Mario Hirose, do DMA, participa da abertura da Fimai. Foto: Beto Moussali/Fiesp


Foi inaugurada nesta terça-feira (11/11), no Pavilhão Azul do Expo Center Norte, em São Paulo (SP), a Feira Internacional de Meio Ambiente Industrial e Sustentabilidade – XVI Fimai, que acontece até quinta-feira (13/11).

Considerada como a mais importante feira do setor de meio ambiente industrial na América Latina, a Fimai apresenta o que há de melhor e mais avançado em nível mundial, sendo um grande atrativo para investidores e empresários nacionais e internacionais que desejam estreitar contatos com empresas do setor, fazer negócios e expandir sua rede de relacionamentos comerciais.

Mario Hirose, diretor do Departamento de Meio Ambiente (DMA) da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), participou da solenidade de abertura da exposição.

Além do apoio institucional, a Fiesp possui um estande na feira para apresentar serviços e ações realizadas pela entidade no setor.

Fiesp lança 20º Prêmio Mérito Ambiental e estande em feira do setor no Expo Center Norte

Guilherme Abati, Agência Indusnet Fiesp

A 15ª Feira Internacional de Meio Ambiente Industrial e Sustentabilidade (Fimai) foi oficialmente aberta no início da tarde desta terça-feira (05/11), no Pavilhão Azul do Expo Center Norte, em São Paulo.

Presente à cerimônia de inauguração, o diretor titular do Departamento de Meio Ambiente (DMA) da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Nelson Pereira dos Reis, falou sobre a importância da feira e sobre o estande que a federação, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de São Paulo (Senai-SP), disponibiliza ao público.

O evento marca também o lançamento do 20º Prêmio Mérito Ambiental, iniciativa da Fiesp que premia indústrias com a melhores práticas ambientais.

“A feira está em sua 15ª edição”, disse Reis. “E tem parceira com a Fiesp desde o começo. É muito gratificante ver o crescimento do evento, com a participação de expositores estrangeiros”, completou.

Nelson Pereira dos Reis (o terceiro da esquerda para a direita): crescimento ao longo dos anos. Foto: Everton Amaro/Fiesp

Nelson Pereira dos Reis (o terceiro da esquerda para a direita): crescimento da feira ao longo dos anos. Foto: Everton Amaro/Fiesp

Segundo o diretor titular do DMA, a experiência dos outros países na área é importante para o crescimento da indústria nacional.

Sobre o prêmio, Reis disse que a iniciativa é uma inspiração para as empresas. “É bastante especial chegar à vigésima edição”, avaliou Reis.  “O prêmio é uma inspiração para as empresas, para que elas se desenvolvam, criem e inovem ainda mais na área ambiental. Temos cada vez mais empresas participando”, disse.

O diretor titular do DMA também ressaltou a importância e a evolução do prêmio. “Estamos na fase adulta da premiação. Hoje, após 20 anos, vemos que o caminho trilhado por nós valeu bastante a pena. O prêmio mostra essa evolução, que é fundamental, prova o comprometimento da indústria”, opinou.

A expectativa é alta para o próxima edição da iniciativa. “Teremos muitas atividades durante a semana que antecede o evento”, disse.

Estande Fiesp/Senai-SP

Poucos minutos após o evento ser aberto para o público, o estande da Fiesp e do Senai-SP já reunia muitos interessados.

“Temos um estande aqui, em parceria com o Senai-SP, que mostra as iniciativas do serviço  na área ambiental”, disse Reis.

O estande da Fiesp e do Senai-SP na Fimai, no Expo Center Norte: procura grande. Foto: Everton Amaro/Fiesp

O estande da Fiesp e do Senai-SP na Fimai, no Expo Center Norte: procura grande. Foto: Everton Amaro/Fiesp


No estande, dois trabalhos estão sendo expostos. Um deles é a criação de um novo tipo de verniz por William Osuka, aluno do curso superior em processos ambientais do Senai-SP. “É um verniz desenvolvido a partir de materiais produzidos à base de amido, que diminui os impactos ambientais”, explicou Osuka.

O segundo trabalho é o Eco forro, projeto gerenciado pelo professor Silvio Santos, coordenador de Meio Ambiente da Escola Senai João Martins Coube, de Bauru, e pelo professor Luiz Branco, do curso técnico de Edificações da mesma unidade.

“O foco do nosso trabalho é a reutilização de resíduos contaminantes, como isopor, pneus e sacos de cimento. O objetivo é fazer esses materiais voltarem a ser utilizados  pela indústria, sem impacto ao meio ambiente”, explicou Santos.

De acordo com Branco, as ações na linha estão ligadas às demandas da indústria. “O Ecoforro atualmente está sendo patenteado. A missão do Senai-SP é desenvolver e transferir tecnologia. Desenvolvemos produtos assim devido às demandas industriais”, completou.

Serviço

15ª Feira Internacional de Meio Ambiente Industrial e Sustentabilidade – Fimai
Local: Pavilhão Azul do Expo Center Norte, São Paulo – SP
Data: Entre 5 e 7 de novembro de 2013

20º Prêmio de Mérito Ambiental
Site: https://www.fiesp.com.br/agenda/20o-premio-fiesp-de-merito-ambiental-2014/


Feira Internacional de Meio Ambiente e Sustentabilidade será realizada em novembro, em São Paulo

Agência Indusnet Fiesp

Um das maiores feiras do setores de ar, água e solo na América Latina realiza a sua 15ª edição nos dias 5, 6 e 7 de novembro. A Feira Internacional de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Fimai) reúne, anualmente, centenas de expositores do Brasil e de vários pontos do mundo. Delegações da Alemanha, China, Suíça, Itália, França, Espanha e da Argentina, entre outros países, já confirmaram presença. O evento tem apoio institucional da Federação das Indústrias do Estado de São (Fiesp).

Na feira serão apresentadas as principais inovações em produtos e serviços para as muitas fases de gerenciamento e reciclagem de todo tipo de materiais com objetivo de fazer a gestão ambiental adequada do solo, da água e do ar.

Os setores participantes compreendem empresas de consultoria e prestação de serviços socioambientais, educação, ecopedagogia e comunicação ambiental, equipamentos, tecnologias limpas e soluções ambientais, fundos de investimentos, gerenciamento de resíduos industriais, laboratórios de análises químicas ambientais, mercado de créditos de carbono, inventário de emissões e segurança, saúde e higiene ocupacional, entre outros segmentos.

A entrada para o evento é franca. Mais informações no site www.fimai.com.br

Serviço

15ª Feira Internacional de Meio Ambiente Industrial e Sustentabilidade (Fimai)
Data e horário: 5 a 7 de novembro de 2013, das 13h às 20h
Local: Expo Center Norte (Pavilhão Azul)
Endereço: Endereço: Rua José Pinto, 333 – Vila Guilherme – SP
Transporte gratuito a partir do Terminal de Ônibus Tietê, das 12h00 às 21h00

Com estande e palestras, Fiesp participa da XV edição da Feira Internacional de Meio Ambiente Industrial de Sustentabilidade

Flávia Dias, Agência Indusnet Fiesp

O setor produtivo investe na criação de ideias inovadoras que estimulem a produção mais limpa. Pelo menos esta é a opinião do diretor-titular do Departamento de Meio Ambiente (DMA) da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Nelson Pereira dos Reis, que participou, nesta terça-feira (06/11), da solenidade de abertura da XV edição da Feira Internacional de Meio Ambiente Industrial de Sustentabilidade (Fimai), realizada no Expocenter Norte. O evento reúne 380 expositoras de 23 países que estimulam o fomento de tecnologias ambiental e negócios sustentáveis.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1545141533

Nelson Pereira dos Reis (3º junto à fita da esquerda para a direita) durante a abertura da Fimai. Foto: Everton Amaro.

“O caminho da sustentabilidade passa por soluções inovadoras. Por isso, é muito importante a realização de feiras onde são mostradas soluções em que a indústria se beneficia do ponto de vista de melhorar a sua performance e, também, da indústria que fabrica equipamentos que contribuam com a produção mais limpa”, avaliou Pereira dos Reis.

Presente na solenidade, o diretor da Fimai e da revista Meio Ambiente, Júlio Tocalino, destacou o pioneirismo da entidade que representa a indústria paulista. “A Fiesp é uma grande parceria e está conosco [Fimai] desde a primeira edição do evento. Há muitos anos a Fiesp levanta esta bandeira de defesa do meio ambiente, desenvolvendo ações para que o setor produtivo possa tomar medidas que evitem a poluição”, avaliou Tocalino.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1545141533

Estande da Fiesp: palestras e outras atividades.

Com um estande moderno e interativo, a Fiesp oferece palestras com especialistas da área de meio ambiente, além da distribuição de estudos técnicos para os visitantes. Nesta quarta-feira (07/11), o especialista em controle de poluição ambiental e Produção Mais Limpa (P+L), Eduardo San Martin, e o representante do Comitê de Jovens Empreendedores (CJE) da Fiesp, José Valverde, participam da palestra “Responsabilidade da Indústria em Função da Politica Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS)”.

Entres os eventos realizados no primeiro dia de feira, os destaques são as palestras sobre o desenvolvimento de texturas a partir de resíduos finos de rocha de mármore e granito, ministrado pelo docente do Senai-SP. Outra participação da entidade paulista foi a palestra sobre “Marketing Ambiental”. As atividades integraram o evento paralelo, o Seminário Internacional de Meio Ambiente Industrial e Sustentabilidade (Simai).

Indústria verde

Com ideias inovadoras e ecologicamente corretas, as empresas expositoras oferecem uma série de soluções ecológicas para os mais variados segmentos do setor produtivo. Entre os destaques está a estação compacta para tratamento e reuso de efluentes (ECO). Com um tamanho compacto e baixo custo de instalação, o maquinário – com fabricação 100 nacional – foi instalado num posto de combustível que oferece lavagem, contribuindo com a economia de água e redução do de produtos químicos.

A recuperação de água verificada em projeto piloto foi de 90%, o que representa economia de recurso hídrico de 267,30 m³/mês. Como comparação, este mesmo volume, pode atender durante um mês um total de 90 pessoas de um condomínio. O case ganhou o primeiro lugar da 7ª edição do Prêmio Fiesp de Conservação e Reúso de Água.

Segundo o coordenador comercial da divisão ambiental do grupo MetalSinter, Reinaldo José Ferreira, o prêmio proporcionou visibilidade para empresa, que ampliou, de forma significativa, a sua cartela de clientes.

“O prêmio foi um divisor de água dentro da área comercial, técnica e engenharia. Metal Sinter ficou muito grata e feliz pelo reconhecimento da Fiesp. ”

Feira Internacional de Meio Ambiente traz novas tecnologias e soluções

Solange Sólon Borges, Agência Indusnet Fiesp

A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) mantém parceria constante com a Feira Internacional de Meio Ambiente Industrial e Sustentabilidade (Fimai) desde suas primeiras edições. Considerada como a mais importante do setor, a 12ª Fimai acontece até esta quinta-feira (11), no Expo Center Norte.

O evento é dirigido a pequenas e médias empresas e oferece a oportunidade de contato com soluções e serviços ambientais, tratamentos de resíduos, água e solo, além de emissões atmosféricas e novas tecnologias.

“A sociedade está atenta e quer saber quanto um produto consome em termos de energia, quanto gera de resíduos. Essa conscientização é um processo irreversível, mas agrega retorno à imagem da empresa”, destaca Nelson Pereira dos Reis, à frente do Departamento de Meio Ambiente (DMA) da Fiesp, cujos técnicos integram o quadro de palestrantes da feira.

Para a indústria, a simplificação do processo de licenciamento é um imperativo para o desenvolvimento. “O ônus ambiental se dá no processo de licenciamento de nossas atividades, em função da burocracia e dos questionamentos muitas vezes sem propósito. A Fiesp tem defendido fortemente essa facilitação”, explica o diretor do DMA.

Senai

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) participa da Fimail com dois estandes, um da representação estadual e outra da nacional.

O objetivo é divulgar os Projetos Inova, os serviços oferecidos às empresas e a Faculdade Senai de Tecnologia Ambiental, por meio do I Workshop Rede Senai Provedora de Soluções Ambientais Tecnológicas.

12ª edição

De acordo com o diretor-executivo da Fimai e editor da Revista Meio Ambiente Industrial, Julio Tocalino Neto, a primeira edição da feira foi realizada em 1999, devido à necessidade de se lidar com pautas específicas.

De lá para cá, registrou-se não só a evolução das empresas no trato das questões ambientais como o crescente interesse pelo tema. Tanto que o número de visitantes da feira aumentou exponencialmente: dos 700 registrados na primeira edição pulou para 30 mil no ano passado, segundo Tocalino Neto, que até o final desta edição espera superar a última marca.

A 12ª Fimai conta com a participação de 400 expositores, sendo 280 de empresas brasileiras e 120 internacionais de 16 diferentes países, como Japão, Itália, Grã-Bretanha e África do Sul.

Serviço
12ª Fimai e Simai – Feira e Seminário Internacional de Meio Ambiente Industrial e Sustentabilidade
Data/horário: de 9 a 11 de novembro, às 21h
Local: Pavilhão Azul do Expo Center Norte
Endereço: Rua José Bernardo Pinto, 333, Vila Guilherme, Capital
Mais informações: www.fimai.com.br