12º edição do FILE surpreende pela interatividade e diversidade da cultura digital

Flávia Dias, Agência Indusnet Fiesp 

Simulador de tornado e karaokê interativo são apenas algumas das atrações da 12º edição do Festival Internacional de Linguagem Eletrônica (FILE), que acontecerá entre os dias 19 de julho e 21 de agosto, no Centro Cultural Fiesp – Ruth Cardoso, em São Paulo.

Diferente das tradicionais exposições de arte, em que o visitante não pode tocar nas peças, o FILE estimula a participação do público por meio de instalações interativas, games, animação, maquinemas e músicas eletrônicas, repleto de cores, luzes e sons que despertam as mais diversas sensações.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1544425928

Nemo Observatorium, do belga Lawrence, oferecerá ao público uma desconcertante experiência sensorial

Entre as inúmeras atrações, destaca-se a obra Nemo Observatorium, do belga Lawrence, que oferecerá ao público uma desconcertante experiência sensorial. Sentado numa cadeira dentro de um cilindro de PVC, o visitante se sentirá no centro de um tornado. A obra conquistou inúmeros prêmios internacionais como o Witteveen & Bos Art & Technology, o Golden Nica e o Prix Ars Electronica e o prêmio excelência no 13 º Japan Media Arts Festival, em Tóquio.

Já para aqueles que desejam vivenciar cenas marcantes da história do cinema a opção é o Body Hack, do japonês Eric Siu. Com a imagem do seu corpo sobreposta à cena do filme, o jogador incorpora ícones do cinema e da TV, imitando gestos e feições do personagem escolhido.

FILE PAI

Entre os dias 19 e 28 de julho, as obras do FILE prometem tomar conta da avenida mais famosa da cidade de São Paulo. Criado em 2010, o FILE Paulista Avenida Interativa (FILE PAI) reúne arte pública digital e obras interativas disponíveis nas estações de metrô e em outros espaços culturais localizados ao longo da avenida.