É preciso conhecer a rota de receita da empresa para aumentar vendas, afirmou especialista da FGV

Flavia Dias, Agência Indusnet Fiesp

Conhecer a rota dos pontos de venda da empresa é um quesito básico para o sucesso do seu empreendimento. Pelo menos esta é a opinião do especialista Antonio Almeida, do MBA Marketing da FGV Management, um dos painelistas convidados do seminário A indústria e a Necessidade de Conhecer o seu Mercado, evento realizado nesta quinta-feira (17/10) pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

Imagem relacionada a matéria - Id: 1544826631

Antonio de Almeida, da FGV Management. Foto: Everton Amaro

Durante sua explanação, Almeida enfatizou que os empresários precisam conhecer o perfil e os hábitos de consumo do seu público alvo. Para o especialista, as rotas de pontos de venda, sejam elas delimitadas por estados ou bairros, apresentam características diferentes e, por isso, carecem de estratégias específicas de consumo.

“É muito difícil montar o potencial de uma região e para cada lugar você precisa de um plano comercial diferente. É por isso que você consegue vender para países tão distintos como Honduras e Chile, por exemplo. Se você não entender este potencial fica muito difícil conseguir explorar a sua receita”, analisou o especialista.

Almeida lembrou que a Fiesp, por meio do Departamento de Competitividade e Tecnologia (Decomtec) , está disponibilizando gratuitamente às indústria associadas o aplicativo Inteligência de Mercado da Indústria, que oferece informações sobre demandas de produtos, canais de comercialização e dados socioeconômicos dos municípios em todo o Brasil.

“A minha dica para vocês [empreendedores] é que conheçam as rotas da receita, defina os critérios de potencial deste negócio e use o aplicativo [Inteligência de Mercado da Indústria] para saber quem é o seu cliente”, alertou Almeida.