Em noite animada por Chico Cesar, Sesi-SP premia industriários na quarta edição do Festival Sesi Música 2013

Agência Indusnet Fiesp, com informações de Adriana Santos

Um funcionário da Sabesp e outro da empresa Plastwal são os grandes vencedores do Festival Sesi Música 2013 – Edição São Paulo, concurso estadual direcionado aos trabalhadores da indústria paulista.

Com “Jogo de criança”, Wilson Alves, da Sabesp de Itapetininga, obteve o primeiro lugar na categoria “Composição Inédita”, em que o candidato precisa compor letra e música. Na categoria “Interpretação”, o principal prêmio ficou com Jota Carlos, da Plastwal (Cotia), com “O tempo não para”.

Vencedores confraternizam no palco do Sesi-SP Amoreiras. Foto: Divulgação/Fiesp}

Wilson Alves ficou emocionado com o reconhecimento. “Para mim foi uma emoção que não sei nem o que dizer. Aprendi muita coisa aqui. Aprendi a respeitar o talento dos outros. Tem muita gente talentosa aqui. Esse evento faz com que a gente não desista de compor, para quem é compositor e não desista de cantar, para quem é cantor”, declarou Alves. Ele tinha a companhia da filha, Beatriz Alves, uma das atrações do evento ao fazer uma declaração de amor ao pai momentos antes de ele subir ao palco para apresentar seu número.

De acordo com Jota Carlos, da Plastwal, a semana que precedeu a grande ajudou a formar muitas amizades. Participando pela terceira vez do festival, ele conquistou o principal prêmio na categoria “Interpretação”, com “O tempo não para”, de Cazuza. Trabalhando durante a semana e cantando às sextas-feiras a noite, Jota disse que ganhar o primeiro lugar significa a realização de um sonho. “Tinha muita gente boa aqui, mas eu acreditava no meu potencial e trabalhei para isso.”.

O resultado foi conhecido na noite deste sábado (26/10), no palco do Teatro do Sesi-SP, na unidade Amoreiras, em Campinas, em decisão do júri composto pelos cantores Fernanda Porto, Paulo Padilha e Maria Alcina. A final contou com dez finalistas.

Acompanhados por uma banda profissional do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP), os candidatos entusiasmaram a plateia, que torceu com cartazes, faixas e declarações de amor em família.

Os três mais bem colocados em cada categoria recebem premiações em dinheiro: 1º lugar (R$ 5 mil), 2º lugar (R$ 3 mil) e 3º lugar (R$ 2 mil).

No final, os participantes ainda assistiram ao show do cantor e compositor Chico Cesar, que encerrou a noite com sucesso como “Pensar em você”, “Mama África” e “Alma não tem cor”.

Os vencedores na categoria “Composição Inédita”

● 1º lugar: Wilson Alves com “Jogo de Criança”, da Sabesp de Itapetininga;
● 2º lugar: Aroldo Moreira com “Santa água”, dos Correios de Ribeirão Preto;
● 3º lugar: Reinaldo Zambao, com “Prenda o Cão”, dos Correios de Piracicaba.

Os vencedores na categoria “Interpretação”

● 1º lugar: Jota Carlos com “O tempo não Para”, da empresa Plastwal;
● 2º lugar: Elaine Cristina com “Sangrando”, da empresa FBA (Tatuí);
● 3º lugar: Carlos Morais com “Primavera”, da empresa Cruzeiro Papéis.

Centro Cultural Fiesp exibe festival de curtas nesta sexta-feira (07/06)

Nesta sexta-feira, dia 7, o Centro Cultural Fiesp – Ruth Cardoso vai exibir seis curta-metragens nacionais, em sessões gratuitas, a partir das 14h. Os filmes concorrem ao IX Prêmio Fiesp/Sesi-SP de Cinema, que terá os ganhadores divulgados no dia 11 de junho.

As sessões acontecem no Espaço Mezanino, Avenida Paulista, 1.313. A capacidade da sala é de 50 lugares. Na programação, estão os filmes: “A Equação do Amor”, “A Descoberta”, “Piove, il film di Pio”, “Garota Explosiva”, “Pety pode tudo” e “A noite dos palhaços mudos”.

Veja mais informações sobre os curtas desta sexta (07/06):

Filme: A Equação do Amor
Horário: 14h
Diretor: Fábio Allon
Duração: 13 minutos
Classificação indicativa: livre

Sinopse: Colégio Cecília das Flores. 9h15 da manhã. Sala de aula do 3º ano. Prova de Recuperação. Ian pensa namorar Nina, que pensa várias outras coisas menos namorar Ian, que delira com sua amada e se complica na resolução da prova que pode selar seu destino – conseguirá nosso anti-herói sul-americano resolver seus problemas e não deixar esta página da sua vida em branco? O curta é uma fábula aquele amor infantil que nos marcou e deixou lembranças por toda a vida.


Filme:
A Descoberta
Horário: 14h
Diretor: Ernesto Molinero
Duração: 15 minutos
Classificação indicativa: livre

Sinopse: Em uma pequena cidade, um menino não entende porque seu cachorro desapareceu. Enquanto ele tem que se desfazer dos objetos do melhor amigo, vai mergulhar no mistério da morte.


Filme: 
Piove, il film di Pio
Horário: 14h
Diretor: Thiago Brandimarte Mendonça
Duração: 15 minutos
Classificação indicativa: livre

Sinopse: “Piove” não é um retrato de Pio Zamuner, cineasta esquecido que dirigiu os doze últimos filmes do comediante Amácio Mazzaropi. É o estabelecimento de uma relação entre dois diretores e a explicitação de suas regras. O retrato de uma paixão compartilhada por duas gerações em um botequim da Boca. Mas quem dirige quem?


Filme:
Garota Explosiva
Horário: 16h
Diretor: Evandro Scorsin
Duração: 13 minutos
Classificação indicativa: livre

Sinopse: Thiago está apaixonado pela menina que todas as noites aparece em seus sonhos. Obcecado pelo desejo de encontrá-la, o garoto não consegue mais dormir.


Filme:
Pety pode tudo
Horário: 16h
Diretor: Anahí Borges
Duração: 13 minutos
Classificação indicativa: 14 anos

Sinopse: Pety é uma menina com um majestoso sentimento de controle de tudo que está ao seu redor. Um dia, a caminho da escola, acredita receber um aviso do anjo Gabriel prenunciando a morte do seu coelho de estimação chamado Perninha. O medo da perda e o desejo de controle a impulsionam na olímpica tentativa de driblar o destino profetizado.


Filme:
A noite dos palhaços mudos
Horário: 16h
Diretor: Juliano Luccas
Duração: 15 minutos
Classificação indicativa: 12 anos

Sinopse: Adaptação para as telas de uma história de um dos maiores artistas de quadrinhos do Brasil: Laerte. Dois palhaços mudos perambulam à noite com a missão de resgatar um companheiro que fora sequestrado por uma organização que tem como objetivo o extermínio da classe. O filme é uma fábula contemporânea, recheada de humor contra a intolerância.

Inscrições abertas para 1º edição de Concurso Nacional de Arranjos Instrumentais do Sesi-SP

 Danusa Etcheverria, Agência Indusnet Fiesp

Até o dia 10 de outubro, o Sesi-SP recebe inscrições para o Festival Ars Brasilis Sesi-SP, concurso inédito de âmbito nacional voltado para arranjadores instrumentais. A competição, que homenageará o cantor e compositor Milton Nascimento, é direcionada a estudantes e músicos (arranjadores e regentes), industriários e comunidade em geral de todo o Brasil com idade a partir de 18 anos.

O projeto, com inspiração nas palavras em latim ars, que significa “arte, técnica, saber”, e brasilis, que representa “aquele ou aquilo que provém de terras brasileiras”, tem como objetivo promover o debate sobre o cenário musical e valorizar a criatividade e a sofisticação da música brasileira.

A programação do festival, que acontece de 26 de novembro a 1º de dezembro no Sesi Itapetininga (170 km de São Paulo), inclui apresentações musicais, debates, oficinas e workshops. Todas as atividades são abertas ao público e gratuitas. A grande final acontece no dia 1º de dezembro com show de encerramento de Milton Nascimento – que em 2012 comemora 50 anos de carreira, 70 anos de vida e 40 anos do movimento musical mineiro Clube da Esquina.

Para participar, os interessados devem escolher uma composição de Milton Nascimento e criar um novo arranjo instrumental tendo como base a obra do artista homenageado e os instrumentos que contemplam o formato big band.

Os candidatos classificados para a final em primeiro, segundo e terceiro lugares receberão R$ 10 mil, R$ 7 mil e R$ 5 mil, respectivamente. A inscrição pode ser individual ou ter até dois participantes por música.

No dia 1º de dezembro, os dez finalistas terão seus arranjos instrumentais executados por uma big band formada exclusivamente para o projeto, quando serão definidos os três primeiros colocados. Após a apresentação, acontece o show com Milton Nascimento e, em seguida, a cerimônia que premiará os vencedores.

Etapas:
1ª fase – Preliminar: resultados em 22 de outubro de 2012 pelo site www.sesisp.org.br/cultura/editais
2ª fase – Final: 1º de dezembro de 2012

Serviço:
Festival Ars Brasilis Sesi-SP 2012 – Edição Milton Nascimento
Inscrições: de 6 de setembro a 10 de outubro apenas via correio para o endereço av. Paulista, 1.313, andar intermediário – 01311-923 – São Paulo (SP). Enviar o material aos cuidados do Setor de Música da Divisão de Desenvolvimento Cultural e destacar no envelope a seguinte informação: “Festival Ars Brasilis Sesi-SP 2012”.
A ficha de inscrição, formulários e o regulamento do concurso estão disponíveis no site www.sesisp.org.br/cultura/editais.

Leia mais
Acompanhe a programação cultural do Sesi-SP no site: www.sesisp.org.br/cultura

Última semana do File no Centro Cultural Fiesp – Ruth Cardoso

Agência Indusnet Fiesp

O Sesi-SP realiza, até 19 de agosto, a 13ª edição do File – Festival Internacional de Linguagem Eletrônica, maior encontro do país sobre arte digital. Com entrada gratuita, a exposição pode ser conferida na Galeria de Arte do Sesi, localizada no Centro Cultural Fiesp – Ruth Cardoso, na avenida Paulista, 1313.

 

Rejane Cantoni e Leonardo Crescenti - Túnel (Brasi)

Iniciada no dia 17 de julho,  a extensa programação do File 2012 ocupou, além da Galeria de Arte, o Teatro do Sesi-SP, o Espaço Fiesp, o Espaço Mezanino, por onde já passaram mais de 47.400 pessoas.

As atrações também se espalharam por outros pontos da cidade, como o Museu da Imagem e do Som (MIS) e as estações Consolação e Trianon-Masp do metrô. E o público teve a oportunidade de conferir diferentes mídias eletrônicas, entre as quais animações, instalações interativas, aplicativos para tablets, games, performances, workshops, mesas-redondas, encontros com artistas internacionais e maquinemas (games produzidos com estética cinematográfica).

Saiba mais sobre a 13ª edição do File.

Serviço
File – Festival Internacional de Linguagem Eletrônica
Local: Centro Cultural Fiesp – Ruth Cardoso
Endereço: Av. Paulista, 1313 (Metrô Trianon-Masp)
Informações: tels. (11) 3146-7405 / 7406
Classificação indicativa: livre
Entrada franca

Exposição (Galeria de Arte do Sesi-SP)
Data/horário: De 17 de julho a 19 de agosto de 2012 (de terça a sábado, das 10h às 20h; às segundas-feiras, das 11h às 20h; e aos domingos, das 10h às 19h)

 

Leia mais

16º Festival Brasileiro de Cinema Universitário: lista de selecionados

Agência Indusnet Fiesp (com informações de ANCINE)

O Festival Brasileiro de Cinema Universitário (FBCU) divulgou a lista de 42 curtas-metragens que farão parte da Mostra Competitiva Nacional. Na edição deste ano foram inscritos mais de 300 curtas de diversos estados brasileiros.

O festival acontece no Rio de Janeiro, de 27 de julho a 7 de agosto, no Centro Cultural Correios e na Caixa Cultural. O evento também ocorre em São Paulo, onde será realizada a Mostra Competitiva Internacional, que acontece de 8 a 14 de agosto no Cine Sabesp, CinUSO e Cine Olido. Todas as sessões do FBCU são gratuitas.

Veja abaixo a lista dos filmes selecionados para a Mostra Competitiva Nacional:

1. A Greve – Mauricio Ramos Marques (CINETVPR – Escola Superior Sul Americana de Cinema e TV)
2. Ano Zero – Lucas Baptista (UNESA – Universidade Estácio de Sá)
3. Arenceles – Melo Viana (UNESPAR – Universidade Estadual do Paraná)
4. Banheiro – Experimento Estético # 1 – Leandro Goddinho (UAM – Universidade Anhembi Morumbi)
5. Cachorro Morto – Francisco Franco (UFJF – Universidade Federal de Juiz de Fora)
6. Cão – Iris Junges (USP – Universidade de São Paulo)
7. Caos – Fábio Baldo (FAAP – Fundação Armando Álvares Penteado)
8. Carrossel de Concreto e o Abismo de Veludo – Rodrigo Fernandes e Victor Furtado (UFC – Universidade Federal do Ceará)
9. Com 7 Letras – Gabriela Baptista (UFF – Universidade Federal Fluminense)
10. Contagem – Gabriel Martins e Maurilio Martins (UNA – Centro Universitário UNA)
11. Copyright Cops – Julio Secchin (PUC-RIO – Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro)
12. Cores e Botas – Juliana Vicente (FAAP – Fundação Armando Álvares Penteado)
13. Curvex – Felipe Ferreira de Almeida (UFF – Universidade Federal Fluminense)
14. Decisão Real – André Senna (FAP – Faculdade de Artes do Paraná)
15. Descompasso – Jasmin Tenucci (USP – Universidade de São Paulo)
16. Despedida – Matheus Peçanha, Rafael Mattos, Bruno Roger e Mariana Ramos (UFF – Universidade Federal Fluminense)
17. Distantes – Bruno Peres (BAU – Campos Santo Amaro)
18. Duas Fitas – Lucas Camargo de Barros e Felipe Miguel (FAAP – Fundação Armando Alvares Penteado)
19. Duas Vidas para Antonio Espinosa – Caio D’Andrea e Rodrigo Fonseca (FAAP – Fundação Armando Álvares Penteado)
20. Flash – Alison Zago (USP – Universidade de São Paulo)
21. Floresta Negra – Anderson Meinen (UNISINOS – Universidade do Vale do Rio dos Sinos)
22. Fui à Guerra e não te Chamei – Leonardo Mouramateus, Roseane Morais e Luana Lacerda (UFC – Universidade Federal do Ceará)
23. Il Giorno della Vendetta – Raquel Gandra (UFRJ – Universidade Federal do Rio de Janeiro)
24. Instrução para Matar Maía – Guilherme Ghussn (UFSCAR – Universidade Federal de São Carlos)
25. Itapoanama – Bernardo Segreto (UNESA – Estácio de Sá)
26. Joãozinho, Bu! – Rafael Martins; Animador: Leonardo Bourscheid (UNISUL – Universidade do Sul de Santa Catarina)
27. Lugares Comuns Que Nunca Sonhamos – João Gabriel de Queiroz (UNISINOS – Universidade do Vale do Rio dos Sinos)
28. Mais Denso que o Sangue – Ian Abé (UFCG – Universidade Federal de Campina Grande)
29. Menarca – Mariana Tesch (UNB – Universidade de Brasília)
30. Monique ao Sol – Wellington Sari (FAP – Faculdade de artes do Paraná)
31. Noites da Primavera – Leonardo Hwan (FAAP – Fundação Armando Alvares Penteado)
32. O Silêncio do Mundo – Bárbara Cariry (UNIFOR – Universidade de Fortaleza)
33. Obsoleto – Heitor Mendonça, Leandro Henriques e Victor Mendonça (UVA – Universidade Veiga de Almeida)
34. Pétala – Vitor Dourado (UAM – Universidade Anhembi Morumbi)
35. Princesa – Rafaela Diógenes (IFCE – Instituto Federal de Educação do Ceará)
36. Reminicências – Aly Muritiba (CINETVPR – Escola Superior Sul Americana de Cinema e TV)
37. Rotina Matinal – Daniel Donato (UNISINOS – Universidade do Vale do Rio dos Sinos)
38. Tentáculos – Alvaro Victorio, Beto Paiva, Beth Soares, Leandro Batista, Thiago e Animação: Quadros, Rafael Carvalho, Vinicius Lewer (UVA – Universidade Veiga de Almeida)
39. Um Conto à Deriva – Germano Oliveira (UNISINOS – Universidade do Vale do Rio dos Sinos)
40. Viagem à Lua – Daniel Pech (UFF – Universidade Federal Fluminense)
41. Vó Maria – Tomás von der Osten (FAP – Faculdade de Artes do Paraná)
42. Vuvuzelas de Madureira – Vitor Medeiros (UFF – Universidade Federal Fluminense)

Sesi premia compositores e intérpretes da indústria de todo o Brasil

Agência Indusnet Fiesp

Após terem passado pela etapa estadual do Festival Sesi de Música 2009 em seus Estados de origem, os finalistas apresentaram suas composições e interpretações na edição nacional do concurso, realizada no último dia 20, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília (DF).

Entre os vencedores está Paulo Pelissari, de Cotia, que conquistou o segundo lugar, na categoria Composição Inédita, com Nosso Amor Chegou ao Fim. Ana Claudia Ferreira da Silva, de Itapetininga, obteve a terceira colocação com a interpretação de Rosa, letra de Otávio de Souza e Pixinguinha.

Ainda na categoria das canções inéditas, o brasiliense Aroldo Moreira foi o grande vencedor, com Eu Tagarelaria, Nós Tagarelaríamos. E a música Isabelas, de Marcos Pereira, do Espírito Santo, ficou com a medalha de bronze.

No quesito Interpretação, a música Faz Uma Loucura Por Mim, de Chico Roque e Sérgio Caetano, conquistou o primeiro lugar na voz do operador de máquinas de Minas Gerais, Gleison Reis. Já a consagrada Maria, Maria, de Milton Nascimento, foi interpretada pela catarinense Beatriz das Chagas Barros, que ficou com a segunda colocação.

Mais de 2.000 pessoas estiveram presentes na etapa nacional do festival, que além das exibições dos finalistas, também contou com os shows de Hamilton de Holanda e Quinteto, Ivan Lins e Roberta Sá.