Fiesp e Sesi-SP recebem convidados para pré-estreia de ‘A Madrinha Embriagada’

Ariett Gouveia e Talita Camargo, Agência Indusnet Fiesp 

A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e o Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) receberam na noite de quarta-feira (14/08), no Centro Cultural Fiesp, centenas de profissionais do teatro, da TV e das artes, entre outros convidados, para a pré-estreia da comédia musical  “A Madrinha Embriagada”. A estreia para o público está marcada para sábado (17/08), com ingressos (gratuitos) já esgotados.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540174276

Paulo Skaf e Miguel Falabella na estreia para convidados de 'A Madrinha Embriagada'. Foto: Julia Moraes/Fiesp

O presidente da Fiesp e do Sesi-SP, Paulo Skaf, esteve presente no evento e falou sobre a importância do projeto para a indústria do teatro. “O Sesi-SP abraçou a ideia do projeto em teatro musical porque há muito a ser feito nessa área no Brasil. Além da peça ‘A Madrinha Embriagada’, o projeto engloba um trabalho completo, com a formação de atores em musical e oficinas nas escolas”, explicou.

O evento contou com a participação do diretor do espetáculo, Miguel Falabella, responsável pela adaptação da peça original “The Drowsy Chaperone”, e de dois dos quatro autores do espetáculo – Don McKellar (que assina o texto ao lado de Bob Martin) e Lisa Lambert (autora das músicas ao lado de Greg Morrison). Ambos vieram ao Brasil especialmente para a pré-estreia.

“O teatro musical é muito bonito, une dança, interpretação e canto. Mas é caro, no mundo inteiro, e não são todos que têm acesso a um espetáculo como esse. O diferencial é que, durante 45 semanas, todas as pessoas vão ter acesso a essa peça porque a indústria está oferecendo ao povo de São Paulo”, afirmou o presidente.

Elogios dos convidados também não faltaram, ao espetáculo, ao elenco e à iniciativa do Sesi-SP. Confira abaixo.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540174276

Oscar Magrini, ator. Foto: Julia Moraes/Fiesp

Oscar Magrini, ator

“É um ‘presentaço’ do Sesi-SP! A cultura do Brasil é televisiva; depois, ir ao cinema e, se sobrar um tempo, dinheiro e vontade, aí ir ao teatro. Então, esse projeto do Sesi-SP é convidativo para quem não tem oportunidade de ir ao teatro porque é caro. E essa peça maravilhosa, tudo o que o Miguel [Falabella] faz, é fantástico. Adorei muito. São quase duas horas de pura diversão!”

Fause Haten, estilista e figurinista da peça ‘A Madrinha Embriagada’

“Ver o trabalho pronto, no palco, é muito gostoso. Para mim, que venho da moda e estou acostumado a fazer desfiles tão rápidos, é muito prazeroso ver uma obra que vai ficar quase um ano em cartaz. Além disso, trabalhar com o Miguel [Falabella] é incrível e esse elenco é muito especial. Estou muito feliz.”

Fernanda Chamma, coreógrafa

“Faltava isso não só para o Brasil, mas para o mundo, porque a gente não vê uma iniciativa desse porte em nenhum lugar. Algo que já começa com uma qualidade incrível como essa é um estímulo, um incentivo e, para nós, profissionais da área, é um presente. Quanto mais se estimula o gênero, mais plateia, mais espetáculos, mais espaços, mais elenco. Só temos que agradecer e torcer para que tudo continue correndo bem. Hoje, os internacionais têm vindo para o Brasil e nos elogiam e copiam ações e projetos. Esse projeto de Teatro Musical do Sesi-SP é para o mundo. É uma nova fase do teatro musical brasileiro. Estou orgulhosa do projeto, de ser brasileira, de a gente ter conseguido chegar onde a gente chegou.”

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540174276

Amilcare Dalevo, presidente da Rede TV. Foto: Julia Moares/Fiesp

Amilcare Dallevo, presidente da Rede TV

“É extremamente importante essa iniciativa do Paulo Skaf porque o teatro musical é muito incipiente no Brasil ainda. Hoje, não estamos aqui só para assistir uma peça, mas começar um conceito novo, de treinamento e desenvolvimento de atores e autores. É um momento muito importante para o teatro brasileiro.”


Nando Prado, ator de musicais

“O projeto do Sesi-SP é um marco. Aprendemos muitas coisas com as grandes produções de fora, mas temos uma criatividade diferente. É uma grande vitória e dá muito orgulho ver que podemos mostrar a qualidade do trabalho que a gente tem, mas que estava restrita a um público muito pequeno e de condição financeira privilegiada. Parabéns à produção, à Fiesp, ao Sesi-SP e a todo o elenco por essa conquista.”

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540174276

José Possi Neto, diretor de teatro. Foto: Julia Moraes/Fiesp

José Possi Neto, diretor de teatro

“A peça é deliciosa, muito engraçada. Ela traz um estilo dos anos 20, de interpretação, de impostação. E, acima de tudo, é uma peça instrutiva e formadora de público. Acho fantástica a iniciativa do Sesi-SP de criar uma escola de musical, para formar atores. O mercado brasileiro se abriu para isso e o país é o terceiro mercado de musical no mundo, passou a Austrália e a Alemanha. Era algo que nós não tínhamos como segmento, mas veio crescendo nos últimos 15 anos. O Sesi-SP teve a sensibilidade para criar um espetáculo assim, que instrui o público para gostar de musical, e ter essa escola, que vai criar elenco para nós, que produzimos e dirigimos.”

Jacqueline Dalabona, atriz e apresentadora de TV

“A peça é maravilhosa! Leve, pra cima e com um toque de realidade, que vem por meio do narrador. A maneira que a gente tem de extravasar as frustrações da vida, como acontece com ele na peça, é pela arte, participando da vida dos personagens. O figurino está lindo, a luz está incrível e a adaptação do Miguel [Falabella] é sensacional. O projeto me chama muita atenção pelo cuidado com a educação voltada para a área do teatro. Para se formar, os atores procuravam os complementos para poder cantar ou dançar em estradas paralelas. Poder centralizar isso em um lugar, com a credibilidade do Sesi-SP e da Fiesp e sob a batuta do Paulo Skaf, não tem como esse projeto não dar certo.”


Imagem relacionada a matéria - Id: 1540174276

Suzana Pires, atriz. Foto: Julia Moraes/Fiesp

Suzana Pires, atriz

“Assisto tudo que o Miguel Falabella faz, sou apaixonada pelo trabalho dele, pela pessoa que ele é e pelo que pensa de teatro. A versão dele para ‘A Madrinha Embriagada’ é incrível, com a figura do narrador, que faz observações que fazem parte de cada um de nós. Esse é o grande mérito do Miguel: ele olha para o público e por isso consegue nos encantar. É um elenco bárbaro, uma produção muito caprichada. Estamos no nível da Broadway. A iniciativa do projeto é a cara do Sesi-SP, que já dá um apoio fundamental ao teatro há algum tempo. Já temos grandes talentos na área do musical e agora é o momento de expandir. Parabéns ao Sesi-SP!”

Ingressos

Os ingressos para “A Madrinha Embriagada” são disponibilizados de forma inteiramente gratuita para reserva on-line no site do Sesi-SP pelo link http://www.sesisp.org.br/meu-sesi.

Para as apresentações em agosto, os ingressos já estão esgotados.

Os ingressos para os próximos meses da temporada serão disponibilizados a partir do dia 20 do mês anterior.

O sistema será utilizado ao longo das 325 apresentações agendadas para a temporada – a última apresentação está programada para  29 de junho de 2014.